Morar na França: o que você precisa saber antes de se mudar

Morar na França: o que você precisa saber antes de se mudar

Está pensando em morar na França e gostaria de descobrir mais sobre o que você vai encontrar no país? Então, leia este artigo, pois vou te dar algumas informações para tirar suas dúvidas antes de você se instalar em território francês.

É natural se sentir preocupado e ansioso antes de novos desafios e mudar de país é uma decisão que traz diversas incertezas e medos.

Contudo, a verdade é que não temos o controle de como vai ser nossa futura experiência. Portanto, o melhor que podemos fazer é se informar e se planejar.

A França é um país maravilhoso para morar. Sou suspeita pra falar uma vez que sempre fui apaixonada pelas lindas paisagens, cultura e língua francesa. Todavia, viver em solo francês, assim como em qualquer outro país, te afasta completamente da sua zona de conforto e te apresenta desafios diários.

Assim, há várias vantagens e desvantagens de morar na França, em outro país da Europa ou em qualquer destino fora da sua terra natal. Este artigo é para você que está em busca do melhor lugar para morar na França.

Nele vou falar um pouco sobre minhas impressões sobre viver por aqui e o que considero importante que você saiba antes de aterrissar em terras francesas, como custos, mercado de trabalho para brasileiros e, claro, as melhores e mais baratas cidades para morar na França.

Conectado => Internet na França

Seguro viagem Europa »

 

Tudo sobre morar na França

Desvantagens de morar na França
Morar na França é muito bom e vale a pena.

Começo o artigo dizendo que morar na França é muito bom e vale a pena. Aqui você encontra segurança, sistema de transporte eficiente, um bom sistema de saúde pública, educação de qualidade, uma cultura fascinante e lugares maravilhosos.

E esse é um conjunto de itens faz toda diferença. E mesmo com todos os desafios e aprendizados diários, que não são fáceis, nós, brasileiros, conseguimos enxergar claramente o valor de ter qualidade de vida. Para começar, estude o mapa da França para entender as regiões.

Recomendo ainda a leitura dos artigos sobre: melhores cidades para morar na França e cidades mais baratas para morar na França. Além do custo de vida na França para auxiliar na sua escolha.

CLIQUE AQUI para fazer remessa online de dinheiro para exterior »

 

O que saber antes de morar na França

Qualidade de vida

Morar na França com filhos
Qualidade de vida na França é, inegavelmente, superior a de boa parte do mundo.

A França vem atraindo muitos estrangeiros nos últimos anos e uma das razões principais é a qualidade de vida. Acho que o primeiro ponto a se ressaltar aqui é, sem dúvida, a segurança. Poder andar na rua sem medo de ser assaltado ou ter a possibilidade de usar seu celular, joias e computador em espaços públicos não tem preço!

E olha que a França está longe de ser o país mais seguro do continente europeu. No entanto a segurança pública está em níveis incomparáveis com o Brasil. O sistema saúde pública não é totalmente gratuito. Ainda assim é mais barato quando comparamos com os planos de saúde brasileiros, e é acessível a todos, além de ser qualidade.

O mesmo podemos dizer a respeito da educação, que é gratuita, de qualidade e em tempo integral para as crianças. Sem falar no ensino superior que atrai a cada ano mais estudantes estrangeiros devido ao baixo custo e à boa qualidade das universidades públicas francesas.

O transporte público atende muito bem a população na grande maioria das cidades e é muito eficiente. Todos esses fatores são pontos muito positivos e um importante diferencial que fazem da França um ótimo país para morar. E, mesmo que você não for morar na capital, é importante entender como funciona o transporte público em Paris.

Ingressos => Passeios na França

 

Acesso à cultura

cidades do interior da frança para morar
Visite os melhores museus da França.

O acesso à cultura na França é fácil, democrático e muitas vezes gratuito. Seja nas cidades grandes ou nas cidades do interior, durante todo o ano, existe uma programação extensa com shows, exposições, festivais e atividades culturais em espaços públicos.

Essa facilidade ao consumo cultural na França é uma das coisas que mais aprecio no país; é muito interessante ver como a população francesa se apropria dessa oferta cultural. A maioria das cidades francesas é um livro de história, com um passado que pode ser revivido nas ruas por meio de locais históricos, construções, monumentos, arquitetura etc.

Sem falar nos museus! Há inúmeros museus e centros culturais muito interessantes a serem visitados, como os museus de Paris. Eles têm diferentes temas que resgatam a história e cultura francesa a preços acessíveis ou mesmo gratuitos. Alguns museus separam um domingo do mês e liberam a entrada gratuita para os visitantes.

Se você gosta de cinema, prepare-se para assistir filmes dublados. Como fã de cinema, sempre gostei de assistir filmes na sua língua original, mas aqui na França é mais difícil encontrar filmes legendados no cinema, o que me impede de ir ao cinema com frequência. Mas, por outro lado, é uma boa oportunidade para treinar o francês!

Além disso, há diversos passeios imperdíveis em Paris e muitas cidades perto de Paris para visitar de trem, como Giverny, Chantilly, Fontainebleau, Angers, Auvers-sur-Oise, entre outras.

Se contar passeios como:

 

Gastronomia

morar na frança custos
Macarom é um típico doce francês.

A gastronomia francesa é conhecida como uma das melhores do mundo e não é à toa. Ser conhecida pelos queijos, baguetes, croissants e vinhos não faz jus ao imenso e delicioso repertório de comidas típicas da França. De Norte a Sul, você encontra uma infinidade de especialidades e pratos maravilhosos para degustar.

É, sem dúvida, uma culinária riquíssima e você come muito bem em qualquer região do país. Sem falar na confeitaria, que deveria ser considerada uma obra de arte. Se assim como eu você gosta de doces, a França vai ganhar muitos pontos com você nesse quesito.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na França. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Veja onde tomar café da manhã em Paris. Contudo, aviso que você vai sentir falta do nosso tempero, do arroz com feijão e de todos outros pratos brasileiros maravilhosos que você ama ou nem gosta tanto. É o que a distância faz com a gente.

Mesmo gostando muito da comida francesa, sinto muita, mas muita falta da comida do Brasil, especialmente da minha querida Minas Gerais. A boa notícia é que vivemos em uma era globalizada, então é possível encontrar lojas brasileiras por aqui.

E se você não tem acesso às lojas físicas na sua cidade, é possível encomendar seus produtos pela internet. Você ainda não vai se sentir no Brasil, mas já dá para matar um pouquinho da saudade da nossa culinária!

Divertido => Jantar com champagne e show no Moulin Rouge em Paris

 

Clima

Viver em países da Europa
Clima na França varia um pouco de acordo com as regiões.

A França tem vários climas diferentes. Mas basicamente no Norte faz muito frio no inverno (com muitos dias nublados e chuvosos) e no Sul os verões são bem quentes chegando a temperaturas de até 40 graus. Para entender o clima do país, veja quando ir para a França.

Com o aquecimento global, todo o território francês tem sofrido com ondas de calor (Canicule) nos últimos anos e até mesmo as cidades do norte, que possuem verões amenos, estão sendo afetadas com altas temperaturas. Nós, brasileiros, estamos acostumados com dias ensolarados e de calor.

E, por mais que a gente adore um inverno brasileiro, acredite, o inverno francês é frio demais! Exceto se você mora no sul do país e conhece as temperaturas mais baixas do Brasil. Aí com certeza você vai se adaptar mais facilmente.

Eu adoro o sul da França. Em termos de clima, é sem dúvida o melhor lugar para morar, caso você esteja em busca de um clima mais parecido com o do Brasil. Veja as belas cidades do sul da França.

Para se ter uma ideia, você encontrará muitas pessoas do norte da França que vêm tentar a vida no sul do país justamente a procura de um clima melhor. Mas, em todo o caso, a França continua sendo um dos países europeus com climas mais adaptáveis para os brasileiros.

Se o clima é um fator de grande relevância pra você, é interessante saber que no norte do país você terá mais dias chuvosos, nublados e frios. Já no Sul, até mesmo no inverno, você terá dias ensolarados.

Outra curiosidade é que no inverno amanhece por volta das 8 horas e escurece por volta das 17 horas. E no verão anoitece por volta das 22h30.

Tour => Excursão para Les Baux-de-Provence

 

   

Língua francesa

Dicas Europa
Falar francês, sem dúvida, irá aumentar sua chances de ter sucesso na França.

Estudei francês por anos antes de vir para França e apesar de ser uma das mais belas línguas do mundo, posso dizer que não é a mais fácil pra se aprender. Mesmo com todos seus tempos verbais, os sotaques diferentes – que às vezes parecem ser outra língua – e sua pronúncia complicada, você deve aprender o idioma para morar na França.

Ela vai ser essencial pra sua comunicação, para conseguir um emprego melhor e para sua adaptação de uma forma geral.

Aprenda nem que seja o básico antes de vir pra França, já vai ser muito útil na sua jornada. Não conte somente com o inglês pra se virar por aqui, porque acredite ou não, muitos franceses não falam a língua inglesa.

Falar mais de uma língua é enriquecedor e aprender o francês vai te abrir muitas portas e facilitar sua vida em vários aspectos.

E a beleza disso tudo é que o aprendizado de uma língua é eterno, pois mesmo vivendo aqui por muito tempo, todos os dias você vai ter a possibilidade de aprender uma palavra ou uma expressão nova. Saiba mais sobre estudar na França etrabalhar na França.

Confira => Internet rápida na Europa

 

Mentalidade francesa

brasileiro na frança
Hábitos dos franceses é diferentes dos brasileiros | Foto: Square du Temple.

Eis um assunto que pode gerar uma longa discussão com diferentes perspectivas. É muito difícil e delicado qualificar a mentalidade de uma população, especialmente por causa dos estereótipos. Os franceses têm a fama de serem pessoas fechadas e um pouco rabugentas.

Contudo, isso varia muito de região para região e, é claro, de pessoa para pessoa. Mas uma coisa é certa, eles são pessoas bem mais fechadas se comparados aos brasileiros que são pessoas sorridentes e mais abertas a um bate-papo. Fazemos amigos e criamos um ambiente de familiaridade mais rapidamente do que eles.

Aqui é mais difícil de se integrar, de uma maneira geral. A diferença começa nos pronomes de tratamento, uma vez que não se deve tratar uma pessoa desconhecida por “você” e sim por “vós”, seja ela jovem ou idosa. Toda essa cerimônia já te coloca em uma situação de formalidade que nós brasileiros não estamos acostumados.

 

Dica

Uma boa dica para quem vem morar na França é sempre usar as palavras Bonjour e Merci ao entrar e ao sair de qualquer lugar. Os franceses apreciam a cortesia, mesmo não sendo as pessoas mais educadas do mundo. Você verá que será melhor atendido do que se não disser estas palavrinhas mágicas.

Outro ponto que sempre me chamou muita atenção é a sinceridade. Eles falam o que pensam, doa a quem doer! Para não criar problemas com um francês evite tocá-lo ao conversar com ele. Eles não são pessoas táteis e não gostam de serem tocados durante uma conversa ou mesmo para chamá-los.

E acostume-se com uma sequência estranha de beijos no rosto para cumprimentar as pessoas. De Norte a Sul você deve dar de 1 até 4 beijos no rosto para cumprimentar alguém. Preste atenção com o lado em que você começa o cumprimento, pois eles variam de acordo com a região.

Tour => Passeio a pé por Lyon

 

Burocracia Francesa

Morar na França: burocracia
Burocracia francesa pode lhe causar algumas dores de cabeça.

Talvez você esteja surpreso com esse tópico, mas a França é conhecida como o país dos papéis e esse título é merecido. Prepare-se para lidar com muita burocracia na França. Tudo que envolve documentos vai te dar muita canseira e gerar um gasto de energia enorme.

Desde abrir uma conta no banco até um rendez-vous na prefeitura podem ser processos chatos e longos.

Afinal, se pode complicar, pra quê facilitar, não é mesmo? Para abrir um conta no banco, por exemplo, eles podem te pedir uma lista de documentos e comprovantes, como uma cópia do seguro da sua casa.

E essa lista de documentos varia de banco pra banco. Assim, pode ser uma longa jornada até encontrar um banco que aceite seu dossiê. Para muitas coisas eles ainda utilizam papéis.

Há várias situações nas quais você deverá enviar uma carta para resolver seus problemas como alterar seu endereço em certas instituições ou cancelar um serviço.

E, por falar em papelada, para se mudar para a França você precisa ter um visto específico. Saiba mais sobre o tema no artigo visto para Europa e a imigração em aeroportos.

 

Dica

Uma dica importante para quem vem morar na França é, uma vez que você encontrou uma casa, providenciar comprovantes de moradia. Conta de telefone, internet, seguros e tudo que possa provar que você possui residência fixa.

Esses comprovantes são necessários pra quase todos os processos administrativos e devem provar que você reside no país há algum tempo (geralmente pedem no mínimo 3 meses).

A segunda dica aqui é: para tudo que for fazer se informe antes e tente reunir todos os documentos necessários e suas traduções juramentadas, se possível, com antecedência.

Prático => Aluguel de carro na França

 

   

Mercado de trabalho na França

Emprego na França
Se você tem a intenção de trabalhar na França, atente ao tipo de visto.

A França é uma das potências econômicas mundiais e possui empresas de diversas áreas, estatais e privadas que atraem muitos estrangeiros. A jornada de trabalho na França é em média de 35 horas semanais. As horas suplementares são pagas e opcionais.

O salário mínimo bruto é de 1.521,22 euros (2019) e o líquido é de em média 1.202,92 euros. É fundamental possuir um visto que te autorize a trabalhar em território francês. Pode ser um visto de trabalho, de férias e trabalho (PVT), de casamento com europeu ou a nacionalidade europeia.

Você pode encontrar empregos onde só o inglês é necessário, mas é importante aprender a língua, pois isso facilita sua integração ao país. Se você pretende trabalhar no comércio, por exemplo, dominar o francês é essencial. Em determinadas áreas, falar outras línguas é um plus.

Ter um currículo em francês atualizado e objetivo é o primeiro passo para começar a sua busca por emprego. Acostume-se a fazer cartas de motivação direcionadas pra cada vaga de emprego que você postula. Você encontra vários sites de emprego na França para enviar currículos como Indeed, Neuvoo e Glassdoor.

Além disso, você pode criar um perfil no site do Pole Emploi, que é a Agencia Nacional de Emprego da França. Ela oferece diversas vagas e serviços como conselheiros para encontrar vagas que tem mais a ver com seu perfil. Veja qual moeda levar para França e entenda como funciona o “dinheiro” no país.

Turístico => Ônibus turístico em Paris

 

Adaptação

Costumes franceses
Para não ter problemas, esteja aberto ao novo e ao diferente.

Quando mudamos de país é como se um novo mundo se abrisse a nossa frente com várias oportunidades e desafios. Acredito que um dos desafios mais complicados seja a saudade de casa. E mesmo morando em um país maravilhoso como a França, estar longe das pessoas que amamos não é algo fácil.

Estar fora da nossa zona de conforto, do seu povo, dos seus hábitos, da sua cultura é muito desafiador, mas, ao mesmo tempo, é engrandecedor. A França e o Brasil possuem algumas similaridades, mas ainda assim somos bem diferentes em diversas questões e a adaptação é um processo, que pode ser mais ou menos longo.

Como seres únicos e individuais possuímos diferentes backgrounds e raízes e carregamos conosco uma carga de crenças, padrões e paradigmas que são confrontados a todo momento em um país diferente e nem sempre é fácil lidar com isso.

 

Dica

Uma dica preciosa é tentar sempre ver o mundo com os olhos do outro e não somente a partir da sua perspectiva. Significa ter empatia, consideração e valorizar o que é diferente de você. Isso pode tonar o processo de adaptação mais suave e interessante.

Morar na França pode te fazer conhecer mais sobre a nossa história e ter orgulho dela. Pode também te fazer valorizar mais o Brasil em diversos aspectos assim como os franceses valorizam sua história, monumentos e cidades.

A França preserva muito da sua cultura e passado por meio de símbolos, praças, museus que abrigam alguns dos monumentos mais famosos do mundo.

Tire suas dúvidas => Comprar euro online

 

Faça suas malas para morar na França

Eu trouxe nesse artigo algumas informações que considero importantes você saber antes de se mudar para França. É fundamental se informar e tirar suas dúvidas antes de ir morar em outro país. Isso gera mais segurança e afasta algumas incertezas.

Sou suspeita pra falar, mas, na minha opinião morar na França vale muito a pena! Porém, essa escolha é muito individual e vários aspectos devem se considerados antes de tomar sua decisão.

Ter em mente tudo que você considera importante na sua vida, prioridades, o que te agrada ou não, seu estilo de vida, entre outros aspectos é fundamental para se fazer uma análise e decidir o que você deseja para seu futuro no seu novo país.

Confira esse vídeo do site oficial de turismo da França sobre as belezas do país:

Espero que este artigo tenha te ajudado e clareado algumas das suas dúvidas. Se você gostou, compartilhe em suas redes sociais!

Até + !!!

 

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Bruna Correia

ESCRITO POR

Bruna Correia

Bruna, 30 anos, é mineira, turismóloga e reikiana. Aquariana e sonhadora, desde criança sempre teve em mente que o mundo é muito grande para se criar raízes em apenas um lugar. Adora viajar, descobrir novas culturas e escrever sobre suas aventuras.

Organize sua viagem

10 dicas para você
planejar sua viagem

Separamos as principais ofertas dos nossos parceiros para você economizar.
Clique nos itens abaixo e confira:

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Janete Santos

    Gostei muito do artigo. Completo e com excelentes dicas pra quem esta pensando na mudança.