Morar na Argentina: o que você precisa saber antes de se mudar

por Franco Chirizzi

Morar na Argentina: o que você precisa saber antes de se mudar

Se você está procurando informação sobre morar na Argentina, é importante saber o local pode te oferecer e o custo de vida de morar no país.

Este artigo é para você que tem interesse em conhecer mais sobre esse país vizinho da América do Sul.

O país do tango, do churrasco e do Maradona tem uma forte mistura cultural, o que faz com que o argentino seja muito aberto a receber imigrantes e turistas do mundo todo.

E, apesar do futebol ser uma rivalidade, a mesma fica só na zueira e eles recebem muito bem os brasileiros, seja como viajantes ou como moradores. Não é a toa que muitos brasileiros querem ou estão de mudança para Argentina.

Neste artigo você saberá informações importantes como as melhores cidades para morar na Argentina, como é morar na Argentina e o custo de vida e se há trabalho para brasileiros na Argentina, além de outras dicas importantes para se dar bem no país. Confira!

Planeje-se =>  Como ficar conectado a internet para viagem

Saiba mais sobre seguro viagem América do Sul »

Como é morar na Argentina

Muitos classificam a Argentina. como um país “nível hard” para morar. O motivo é a instabilidade da economia. Por outro lado, a cultura, o idioma e a culinária fazem com que mais de 2 milhões de estrangeiros tenham escolhido Argentina para morar. Isso sem falar nos belos pontos turísticos da Argentina.

CLIQUE AQUI para fazer remessa online de dinheiro para exterior »

Idioma

Que o idioma da Argentina é o espanhol, praticamente todo mundo já sabe.

Mas para morar na Argentina é importante saber que o sotaque dos argentinos, principalmente os de Buenos Aires e arredores, é bem particular. Isso faz com que seja bem diferente de outros países hispanofalantes.

A pronúncia do Y, por exemplo, é bem diferente e faz com que muitos estrangeiros que não conhecem bem o idioma fiquem confusos. Um argentino vai falar sho, em lugar de yo, como é comumente ouvido em outros países como Colômbia ou México.

Vale lembrar que no interior da Argentina essa pronúncia não é tão comum. 

Devido à forte influência italiana na Argentina – quase metade da população argentina veio deste país da Europa – tem muitas palavras que derivam do italiano e o tom do sotaque do argentino é bem parecido com o italiano também.

Além do sotaque, os argentinos também são muito expressivos e gesticulam muito com as mãos, o que às vezes assusta aos brasileiros pois parece que estão brigando, mas é bem comum e não representa uma ameaça para ninguém.

Conheça => Excursão a pé em Buenos Aires

Peso Argentino/Dólar

morar na argentina custo de vida
Peso argentino está desvalorizado.

A economia argentina tem sido muito prejudicada nos últimos anos, com uma forte depreciação do dólar, mas isso não é uma coisa recente. A moeda na Argentina tem estado em uma situação bem complicada há muitos anos.

Por isso, as pessoas poupavam seu dinheiro comprando dólares e não nos bancos. Isso pela segurança e a estabilidade que o dólar proporciona, junto com a desconfiança que tem nos bancos pelas diferentes crises acontecidas.

Quase metade dos argentinos não possui uma conta bancária e pouco mais de um quarto da população adulta tem acesso a um cartão de crédito.

Por isso, é bem comum que as pessoas paguem em dinheiro qualquer coisa, no restaurante, nos kioscos, no supermercado ou para dividir a conta com uns amigos para o churrasco.

Para compras maiores, como um carro ou uma casa, é comum cotar em dólar diretamente e pagar nessa mesma moeda.

 
 

Aqui estão alguns dos principais motivos do porquê recomendamos de olhos fechados esses passeios da GetYourGuide na Argentina. Temos certeza de que ao contratar tours e excursões, você vai amar sua experiência:

  • Milhares de atividades imperdíveis para todas as idades e interesses;
  • Os preços mais baixos, garantidos - sem taxas de reserva ou cobranças ocultas;
  • Faça a pré-reserva de ingressos e pule a fila nas principais atrações com o inventário exclusivo de ingressos;
  • Mantenha-se flexível com cancelamento fácil até 24 horas antes;
  • Pagamento e bilhetes otimizados para celular para reservas onde você estiver;
  • Atendimento ao cliente amigável e experiente, disponível 24/7 no seu idioma.
 

Briga interior/capital

morar em mendoza
Região de Buenos Aires concentra quase 50% da população do país | Foto: QVM.

Igual a muitos outros países, na Argentina há uma grande concentração da população – na verdade, quase metade do país – na área metropolitana de Buenos Aires. Isso resultou em desigualdade e até hoje há brigas entre interioranos e portenhos.

Não é uma briga séria, guerra e nem nada do tipo, é mais coisa da internet e de piadas. Mas tem gente que é bem sensível sobre essa situação e não gosta de levar em brincadeira, principalmente no interior.

Por isso, fique atento a esses costumas se vai morar na Argentina.

Onde mais você vai perceber essa diferença é no acesso à tecnologias, meios de transporte e até em lojas, pois a maioria se concentra em Buenos Aires e no resto do país, que, exceto talvez Córdoba, Rosário e Mendoza, não tem muitas opções.

Visto de trabalho na Argentina

morar na argentina 2019
Você pode tirar o visto do Mercosul.

Argentina é um país que tem uma legislação muito permissiva no que se refere a receber imigrantes, por isso tem uma comunidade muito grande de vizinhos como Bolívia, Paraguai e Chile, mas também italiana, espanhola e chinesa.

Você pode entrar no país como viajante, usando apenas seu RG – que deve ter menos de 10 anos de emissão – e ficar por 3 meses e pedir uma extensão por mais 3. Já se você decide ficar no país para morar e trabalhar é necessário tirar um visto.

 
Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a America Chip, você ganha 10% de desconto com o cupom QUEROVIAJARMAIS para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão 4G de ALTA VELOCIDADE em diversos países. Conheça as vantagens:

  • Receber o chip na sua casa ainda no Brasi;
  • A configuração do chip é extremamente fácil;
  • Os planos têm excelente custo-benefício, com preço a partir de USD 31,00;
  • Muita economia, porque você contrata apenas os dias que for usar;
  • É sem dúvida a opção mais fácil, prática e segura para ter a melhor internet 4G;
  • Já falei internet ilimitada? ;)
 
   

Com as recentes modificações em acordos bilaterais, esse visto ficou bem simples. Você pode tirar o visto do Mercosul, que os argentinos também podem no Brasil e é muito prático.

A documentação sai no mesmo dia. Tem alguns documentos obrigatórios que você precisa obter legalizados no Brasil para apresentar.

A única situação mais complexa é que não há muitas tecnologias e muitas vezes você precisa fazer grandes filas e solicitar alguns papéis como certificado de antecedentes penais acordando bem cedo para garantir ser atendido.

Horários dos argentinos

Uma das coisas que mais choca aos brasileiros, é o fato de que os argentinos costumam fazer tudo muito tarde e sem um horário bem programado.

É comum almoçar tarde e jantar também. Um almoço não começa antes das 13 ou 14 horas, e o jantar normalmente é depois das 22 horas.

Já as festas, as que são mais cedo abrem suas portas à meia-noite mas a maioria das pessoas começa a chegar perto das 2 horas, depois de fazer um “esquenta” em casa com os amigos. Logo, a festa dura até umas 6 horas.

Também é importante saber que na maioria das cidades do interior da Argentina as pessoas fazem a siesta.

Se você nunca ouviu falar, nada mais é que um cochilo que, geralmente, é feito entre as 13 e às 17 horas. Todo o comércio fecha as portas nas cidades.

As pessoas voltam para casa para almoçar e dormir e logo retornam para o trabalho que vai até umas 20 ou 21 horas. Logo será uma rotina sua após morar na Argentina.

Roupas e tomada na Argentina

tomadas na Argentina
Tomada na Argentina é bem específica | Foto: QVM.

Talvez você não tenha a roupa adequada para passar um inverno na Argentina, já que nessa estação é bem comum que em várias cidades as temperaturas desçam até temperaturas perto dos 0°C. O que não é muito comum no Brasil.

Por outro lado, exceto no extremo sul, como Santa Cruz ou Ushuaia, no verão os termômetros chegam a casa dos 40°C, sendo um calor bem sufocante para muita gente.

Por isso, fique atento ao clima da cidade da Argentina que você escolheu morar para saber o que levar na mala.

Também fique atento às tomadas na Argentina, pois a maioria das conexões elétricas é de 220v e tem uma tomada bem específica que é o formato australiano, que quase não se usa no Brasil.

Uma dica é comprar o adaptador antes de viajar para, mas caso seja necessário, será fácil encontrar, principalmente na Calle Florida, em Buenos Aires ou saber se no seu hotel, ela não é adaptada para dois plugs redondos (como na foto acima).

Gosto pelo antigo

dicas de Rosário
Argentinos gostam de antiguidades.

O que para você pode parecer velho, para os argentinos os itens antigos são um clássico. Os carros na Argentina costumam ser bem antigos, tanto que um modelo 2010 é considerado novo por muita gente.

Normalmente você vai encontrar carros das décadas de 1960 e 1970, funcionando normalmente pelas ruas, assim como prédios clássicos.

Além dos carros, os objetos de antiguidades são muito comuns, como relógios, roupas, e até eletrodomésticos de casa.

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom PAI, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

Isso não quer dizer que os objetos sejam ruins ou não funcionem, a realidade é que tem muita gente que trabalha consertando esses aparelhos, pois o valor sentimental é muito forte para os argentinos.

   

Um dos lugares para conhecer essa paixão com detalhe é na feira de San Telmo, em Buenos Aires, que acontece aos finais de semana e ocupa várias quadras do lindo bairro que tem uma aparência bem antiga, como tinha no começo do século XX.

Custo de vida na Argentina

Por conta do câmbio e pela depreciação do peso argentino, muitas coisas parecem mais acessíveis economicamente na Argentina. Mas, a realidade é que a inflação e os salários na Argentina não se atualizam tão rapidamente.

Por isso, é importante calcular seu custos de vida em pesos e não em reais na hora de planejar sua mudança.

Por exemplo, Buenos Aires é considerada uma das cidades mais baratas para morar na Argentina e uma das 10 cidades mais baratas do mundo, mas mesmo assim tem algumas coisas que para um argentino comum são caras, como o transporte público, ainda que custe na média quase a metade do que no Brasil.

Educação na Argentina

Argentina é um país que tradicionalmente oferece educação gratuita e de qualidade para a maioria da sua população, por isso o acesso aos diferentes níveis educativos, principalmente universitário é muito defendido pelos argentinos.

A Universidade de Buenos Aires, por exemplo é responsável pela formação de 4 Prêmios Nobel, a maior quantidade recebida por uma instituição de ensino na América Latina, o que demonstra o nível alcançado.

Nos últimos anos, muitos brasileiros estão procurando estudar nas universidades argentinas, inclusive algumas como a Universidade de La Plata, que se encontra a uma hora de Buenos Aires, tem quase metade dos matriculados no curso de Medicina nascidos no Brasil.

Dicas para morar na Argentina

Na hora de planejar sua mudança para Argentina é importante pesquisar e entender todas as informações legais para evitar qualquer tipo de problema. 

Checar em algum dos consulados argentinos no Brasil é uma opção, pois você receberá informação correta e até tem a possibilidade de tirar o visto diretamente por aí.

Entender o melhor possível o idioma também é muito importante, ainda que os argentinos sejam mais do que receptivos com os brasileiros e gostem de explicar as coisas com calma, você terá que se acostumar com o sotaque deles.

Não esqueça de pensar que o custo de vida na Argentina é bem diferente, caracterizado pela alta inflação e que isso influencia muito nas suas atividades diárias. E se você quiser conhecer um pouco mais sobre o dia a dia argentino, leia o artigo sobre as curiosidades da Argentina, com a cultura, costumes e hábitos locais.

E para confirmar o que falei sobre a paixão dos argentinos pelo antigo, veja esse vídeo produzido pelo site oficial de turismo da Argentina:

Achou interessantes as informações? Compartilhe nos comentários a sua opinião!

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Franco Chirizzi

ESCRITO POR

Franco Chirizzi

Franco Chirizzi, 26 anos, argentino, professor de português e escritor freelancer. Mora no Brasil há mais de 3 anos, primeiro em Porto Alegre e, logo, apaixonado por praia, se mudou para Floripa. Gosta de Marketing Digital e de encontrar novas experiências ao redor do mundo.

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Hotéis na Neve

Hospede-se em hotéis exclusivos para curtir destinos de neve

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Hotéis na Neve

Hospede-se em hotéis exclusivos para curtir destinos de neve

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Roteiro de Viagem

Confira tudo sobre o que fazer durante seus dias no destino

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. mario

    sinceramente, pra mim desconheço essa historia de tirar um cochilo. nada fecha na argentina pra cochilo

  2. Polly Batista

    Oi, Mario. Tudo bem? Em Buenos Aires nunca vi também, mas em Mendoza, Bariloche, Ushuaia e até El Calafate já presenciei esse fechamento do comércio. Se era para cochilo, não sei. Porém, as lojas só reabriam depois das 15 ou 16h. Obrigada por contribuir com a sua experiência!

  3. Isanara Chrystine

    Quero me mudar para Argentina pra cursar medicina. Mas tenho muitoo medo de n conseguir me adaptar, com o idioma principalmente!! Estou muito confusa a respeito mais é algo que quero muito.

  4. Kezia

    Oi, que lugar da Argentina as pessoas fecham o comércio para tirar um cochilo?

  5. Polly Batista

    Oi, Kezia. Tudo bem? As cidades menores costumam cultivar essa tradição. Vi em Mendoza, El Calafate e Bariloche. Em Buenos Aires, não. No centro de Mendoza, por exemplo, muitas lojas realmente só abrem lá pelas 15:30h. Já Rosário, Córdoba e Ushuaia têm menos adeptos. Obrigada pelo comentário.