Início / Américas / América do Norte / México / Dicas práticas do México: tudo para quem vai se mudar para o país

Dicas práticas do México: tudo para quem vai se mudar para o país

Separei algumas dicas práticas do México para quem vai ou pensa em se mudar para o país. Antigamente, o México não era um destino muito procurado para quem tem interesse se mudar para o exterior. Na América do Norte, geralmente os destinos mais procurados para esse tipo de mudança eram os Estados Unidos e Canadá. Mas, atualmente já não é mais assim.

Ocorre que o México vem cada vez mais ganhando destaque nesse tipo de pesquisas. O número de pessoas que querem mudar-se para o país cresceu e vem crescendo significativamente nos últimos anos.

Par quem cogita essa possibilidade, é muito importante reunir o maior número de informações possíveis. As dicas que darei a seguir são uma super ajuda para esclarecer algumas das principais dúvidas nesse sentido. Confira.

Planeje sua viagem​ => Melhores hotéis all-inclusive do México

Quanto custa o seguro viagem para a América do Norte?

 

Dicas práticas do México

Dicas práticas do México
Cidade do México

Quando vamos mudar de país surgem várias dúvidas. Por isso, preparei uma lista com dicas práticas de temas que todo mundo tem dúvida quando está de mudança para o México. Como alugar um imóvel, como abrir conta em banco, como comprar, carro etc. Confira!

Saiba mais => Qual é o custo de vida no México?

 

Como alugar um imóvel no México

Aluguel imóveis México

Uma das primeiras coisas que se pensa quando estamos de mudança para outro país é: “onde vou morar?” Sem dúvida, a moradia é um  ponto crucial nesse início de nova etapa.

É claro que todos precisam ter uma moradia. Mas o local escolhido irá depender e muito das condições econômicas e do estilo de vida de cada um.

Por exemplo, alguns preferem  que esse custo inicial seja o mais reduzido possível. Com isso, ao invés de alugar um imóvel, preferem dividir as despesas com outra pessoa que já possui o local. Um bom exemplo disso são os chamados “roomies”, isto é, colegas de quarto. No México, essa prática é muito comum, principalmente entre os mais jovens que buscam um roomie para dividir as despesas.

Uma das vantagens de já chegar ao México com um local para morar, dividindo com o roomie, é que não será preciso preocupar-se com  a parte burocrática da locação. Basta entrar, pagar e morar.

Contudo, se a intenção é não dividir o local e alugar um por conta própria, é preciso estar preparado para a burocracia.

 

Passos para alugar imóvel no México

Preço dos imóveis no México

Para alugar um imóvel no México, o primeiro passo é começar pesquisando por alguns sites de imóveis locais. Após escolher os imóveis de sua preferência, é preciso agendar uma visita com um corretor. Geralmente, o contrato de aluguel é feito pelo período de 1 ano. Mas pode ser renovado, com o valor do aluguel sendo reajustado a cada período.

Algumas imobiliárias pedem que o cliente assine um documento chamado de carta oferta. Nele, o futuro inquilino se compromete a alugar o respectivo imóvel.

Após a escolha final, elabora-se o contrato de locação, que em termos gerais não difere muito dos modelos de locação utilizados no Brasil. Geralmente, nesse tipo de contrato estão incluídas cláusulas que tratam da responsabilidade sobre as despesas extras, tais como água, condomínio, gás natural, imposto predial, etc.

Também é exigido do locatário a comprovação de renda. Em  alguns casos, dependendo da imobiliária, é exigida uma garantia para o aluguel,  como uma espécie de fiança.

Uma dica que eu sempre costumo dar é: leia muito bem o contrato, se não entender algo, pergunte! As dúvidas são muito comuns, principalmente em contratos firmados com estrangeiros que não entendem muito bem o idioma.

Ainda com dúvidas sobre as atrações turísticas?
 

Ademais, é preciso sempre estar em alerta. Assim como em outras partes do mundo, existem sempre aqueles mais espertinhos aplicando golpes de contrato de locação. Por isso, fique sempre atento.

Confira => Melhores cidades do México para morar

 

Como abrir conta em banco

Como abrir conta no banco no México

Não é muito complicado para um estrangeiro abrir conta em banco no México. Mas é necessário que seja residente temporal ou permanente. Um dos primeiros documentos solicitados pelas instituições é a forma migratória, ou seja, o documento que credite a legal permanência no país. Por falar nisso, saiba quais são os tipos de visto para viajar para o México.

Uma conta bancária permite ao estrangeiro uma maior liberdade para movimentar sua vida financeira no México, com a  obtenção de cartão de crédito, débito, benefícios fiscais, etc.

Conforme eu mencionei, para abrir uma conta no México é preciso que o interessado se encontre no país na condição de residente temporal ou residente permanente. Pessoas em condição de turista não podem abrir conta.

Resolvida essa questão da permanência legal , basta o interessado escolher uma instituição bancária que melhor se encaixe nos seus interesses e possibilidades. Após a escolha, é preciso procurar a agência e basicamente os documentos exigidos são: comprovante de salário, passaporte vigente, documento migratório, CURP  e comprovante de endereço.

Geralmente, para abrir uma conta os bancos pedem um deposito inicial de aproximadamente 5.000 pesos mexicanos, o que em reais seria em torno de R$ 1.000.

Ademais, se o interesse for de abrir uma conta vinculada à uma atividade comercial, é preciso anexar também toda a documentação referente ao negócio, seja ele uma empresa ou  um comércio.

Saiba mais => Trabalhar no México

Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5, é só clicar no botão.
 

 

Como comprar um carro no México

Dirigir no méxico

Comprar um carro no México não é tarefa das mais difíceis. Basicamente, irá depender de como essa compra será feita.

Muitas vezes, os interessados conseguem economizar uma certa quantia em dinheiro e pretendem comprar o carro à vista. O que, sem dúvida, é um ótimo negócio que permite aproveitar a vantagem de comprar carros no México. No país os automóveis são bem mais baratos que no Brasil.

Se a pessoa dispõe de dinheiro para comprar à vista não há maiores mistérios. Basta fazer uma pesquisa na internet ou percorrer pessoalmente as lojas de automóveis para escolher o modelo pretendido.

Contudo, se a intenção é comprar o carro parcelado, é preciso procurar a concessionária e escolher o melhor plano de prestações que se encaixa no orçamento. Se for assim, é preciso dar uma entrada e parcelar o restante, que pode ser em 12, 24 ou 36 meses.

Ademais, diversos bancos oferecem também planos de financiamento de veículos com taxas de juros bem atrativas. Para isso, é preciso procurar a instituição desejada e simular os melhores planos e prazos para  pagamento.

A parte burocrática disso tudo é que serão solicitados documentos para o financiamento. Os principais são os extratos bancários, comprovante de salário, comprovante de endereço, documentos pessoais. Sendo estrangeiro, é solicitado também o respectivo documento de estadia legal.

Conheça => Curiosidades sobre o México

 

Como dirigir no México

Preços dos carros no México

Para dirigir no México também não há grande mistérios. O principal é ter  paciência no trânsito!

Se o estrangeiro já possui a Carteira Nacional de Habilitação ele precisa procurar um centro de mobilidade. Lá apresentará os documentos exigidos de acordo com a categoria que deseja. Como por exemplo, motorista particular, motociclista, ou motorista profissional.

Após definida a categoria, basta ir pessoalmente a um centro de mobilidade e apresentar o passaporte vigente, habilitação brasileira, documento de residente temporal ou permanente, comprovante de endereço e comprovante de pagamento da taxa, que custa em torno de 700 pesos mexicanos, isso é, R$ 150 e período de validade de validade da licença é por dois anos.

Para aqueles que não possuem habilitação brasileira e desejam fazer o procedimento no México é preciso apresentar passaporte vigente, comprovante de endereço, documento de residente temporal ou permanente, certificado de condução, e comprovante de pagamento da taxa que custa 600 pesos (R$ 120). A licença é valida também por dois anos.

Como funciona​ => Aluguel de carro do México

 

Tirar documentos

Morar no México documentos obrigatórios

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha 10% OFF para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.
 

Para um estrangeiro tirar documentos no México, assim como em todas as situações anteriores, ele precisa ser residente temporal  ou residente permanente no pais.

Os documentos que todo o mexicano possui são:

  • Credencial de Eleitor ( Utilizada para votar e também como documento oficial)
  • CURP ( Controle Único de Registro  de População )
  • RFC ( Registro Federal de Contribuinte)

Para  um estrangeiro tirar a Credencial de Eleitor não basta ele ser residente temporal ou permanente, ele precisa  ter se naturalizado mexicano. Para isso, ele precisa passar por um procedimento burocrático a fim de obter a naturalização.

Somente um estrangeiro naturalizado pode obter a Credencial de Eleitor já que este é documento  de uso exclusivo do mexicano nato.

O que providenciar para morar no México

Já o CURP é o Controle Único de Registro de População. Esse documento identifica cada pessoa e é concedido aos estrangeiros em condição de residência temporal ou permanente. Geralmente, o próprio Instituto Nacional de Imigração Mexicana tramita esse documento que já vem gravado no cartão de residente.

E por fim, o RFC é como se fosse o CPF Brasileiro. Ele é concedido a todo estrangeiro que  desenvolve atividade econômica. Ou seja, se o estrangeiro trabalha formalmente em uma empresa, ou é dono do seu próprio negócio ele pode tramitar o RFC.

Para  solicitar esse documento basta comparecer no Serviço de Administração Tributária. Ele não possui custo.

Os documentos necessários para tramitar o RFC são: o comprovante de endereço, documento de Residente temporal ou permanente, passaporte vigente e documento que comprove o número de identificação fiscal no país em que reside, por exemplo, o CPF.

Turismo => Melhores passeios no México

 

Dicas úteis para se mudar para o México

Mudar de país com certeza é um passo muito  significativo na vida de qualquer pessoa. Por isso, é muito importante sair do Brasil já com uma certa infraestrutura e com algum planejamento dos trâmites básicos que irá encontrar com a chegada no país de destino.

Além disso, é fundamental permanecer legalmente no país para desfrutar de todo bem-estar e direitos. Então, antes de dar os primeiros passos no México pesquise e pesquise muito! Em geral, os trâmites para uma nova vida no país não são tão complicados, basta apenas informação.

Você está se preparando para morar no México? Quais são suas principais dúvidas?

 

Leia outros artigos do México:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Andréia Teixeira

Andréia Teixeira, advogada, redatora e pós graduanda em Direito do Trabalho e Previdenciário. Apaixonada por leitura, viagens e desafios. Atualmente morando no norte do México e totalmente encantada com a cultura local. Saludos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *