Compras no exterior: limites, impostos, restrições e dicas de sites

por Guilherme Tetamanti

Compras no exterior: limites, impostos, restrições e dicas de sites

Ao fazer um viagem para fora do Brasil é impossível resistir as tentações e não fazer compras no exterior. Entre os itens mais comprados pelos viajantes estão lembranças, eletrônicos e roupas para uso pessoal.

Além disso, sempre temos que guardar espaço quando estamos arrumando as malas, devido aos pedidos de amigos e parentes. Por isso é tão importante saber quais são os limites, impostos pagos e restrições.

E assim evitar um grande problema com taxas e impostos na chegada ao Brasil, seja devido ao excesso de peso das bagagens ou ao exceder o limite de 500 dólares (ou equivalente em outra moeda), que é a cota que se pode trazer de produtos do exterior.

Vai viajar e pretende fazer compras no exterior – sobretudo ao Estados Unidos? Então, leia o artigo até o final para ver nossas dicas para conseguir trazer todas as suas compras sem ter problemas na alfândega.

Planeje sua viagem => Melhores ofertas de hotéis do mundo

Como contratar um seguro de viagem »

 

Tudo sobre compras no exterior

Qual o limite para compras no exterior?
Fazer compras é um grande prazer dos viajantes.

Fazer compras no exterior durante viagens, seja de lazer ou a trabalho, é um dos prazeres que todos os viajantes tem em comum.

Seja para presentear amigos e parentes, fazer enxoval de casamento ou de bebê, encontrar as novidades em eletrônicos ou apenas trazer itens da cultura local como lembrança.

Por isso, qualquer lugar do mundo pode ser um bom local para compras no exterior, mas, é claro, que existem locais que são o paraíso para todo viajante.

Algumas delas são Miami e Nova York, no Estados Unidos, Dubai, nos Emirados Árabes, Londres, na Inglaterra, Paris, na França, Hong Kong, na China, Tokyo, no Japão entre outras.

Para tirar suas dúvidas sobre o tema, neste artigo falarei sobre os seguintes tópicos relacionados a compras no exterior:

  • Como fazer compras no exterior?
  • O que é proibido trazer
  • Qual o limite para compras no exterior?
  • Qual limite de compras pela internet?
  • Qual o melhor site para compras no exterior?
  • Tax Free
  • Compras no Free Shop
  • Compras no exterior: itens não declaráveis
  • Onde fazer compras no exterior

Antes de conhecer as regras e dicas de compras no exterior, te convido a ver o vídeo do setor de turismo na Flórida, o Visit Flórida, que mostra um dos locais mais famosos de compra nos EUA, a Lincoln Road Antique & Collectible Market em Miami Beach.

CLIQUE AQUI para agendar os melhores passeios pelo mundo »

 

Como fazer compras no exterior?

Qual o melhor site para compras no exterior?
Há regras de quantidade e limites em compras no exterior.

Há algumas regras básicas para quem vai compras no exterior como limite de valor, limite de alguns tipos de objetos e ainda uma lista de itens que é proibido trazer ao Brasil vindo de qualquer país do mundo.

Sendo assim, quando estiver planejando a sua viagem e tiver a intenção de fazer compras, sobretudo itens de maior volume, mais caros ou exclusivos daquela localidade, é importante checar a lista de proibições na Receita Federal.

Assim como se houve alterações no limite de valor, pois há muitas regras e normas sobre o tema. E, as vezes elas sofrem alterações.

Lembre-se ainda que além do valor limite das compras você possui regras para excesso de bagagem. Não adianta não ultrapassar a cota, mas voltar com três malas pesadas e pagar uma multa alta por excesso de bagagem.

No fim, o item pode ficar mais do que comprado no Brasil. Fora isso, ressalto que há produtos que você não pode trazer em grande quantidade, não importa se está na cota e você tem família grande, porque caracteriza importação para revenda.

Saiba como => Comprar dólar e euro online

 

O que pode é proibido trazer

sites de compras no exterior
Não pode trazer bebidas brasileiras com venda exclusiva no exterior.

É preciso ficar atento à lista de itens que ficarão retidos na Aduana e podem trazer problemas ao viajante. Evite trazer grande quantidade de cigarros, brinquedos e réplicas de armas de fogo.

Além de produtos pirateados, drogas e entorpecentes, que nem devem estar na sua lista de compras. No site da Receita Federal a lista completa do que é proibido trazer do exterior.

Itens proibidos de trazer de viagens ao exterior:

  • Cigarros e bebidas fabricados no Brasil, destinados à venda exclusivamente no exterior;
  • Cigarros de marca que não seja comercializada no país de origem;
  • Réplicas de arma de fogo;
  • Espécies animais da fauna silvestre sem um parecer técnico e licença;
  • Espécies aquáticas para fins ornamentais e de agricultura, sem permissão do órgão competente;
  • Produtos falsificados e/ou pirateados;
  • Produtos contendo organismos geneticamente modificados;
  • Agrotóxicos, seus componentes e afins;
  • Mercadoria atentatória à moral, aos bons costumes, à saúde ou à ordem pública;
  • Substâncias entorpecentes ou drogas.

Fonte: Receita Federal.

Além dos itens proibidos por serem perigosos, falsificados ou mesmo que prejudiquem o meio ambiente do país, como é o caso e de plantas e animais, a Receita ainda possui outra lista.

Dessa vez são itens que podem ser trazidos de suas compras no exterior, porém, com um limite para que não caracterize importação para que seja revendido no Brasil.

Afinal, quem compra produtos importados para revender precisa pagar os impostos específicos, sendo assim, incompatível com compras durante viagem de férias, por exemplo.

Itens em quantidade restrita para trazer de viagens ao exterior:

  • Bebidas alcoólicas: 12 litros no total (via aérea ou marítima)/ 12 litros no total (via terrestre ou fluvial)
  • Cigarros de fabricação estrangeira: 10 maços, no total, contendo cada um 20 unidades (via aérea ou marítima)/ 10 maços, no total, contendo cada um 20 unidades (via terrestre ou fluvial)
  • Charutos ou cigarrilhas: 25 unidades no total (via aérea ou marítima)/ 25 unidades no total (via terrestre ou fluvial)
  • Fumo: 250 gramas no total (via aérea ou marítima)/ 250 gramas no total (via terrestre ou fluvial)
  • Bens não relacionados acima: Inferiores 10 dólares até 20 unidades, no máximo 10 idênticos (via aérea ou marítima)/ Inferiores a 5 dólares até 20 unidades, no máximo 10 idênticos (via terrestre ou fluvial)
  • Bens não relacionados acima: Superiores 10 dólares até 20 unidades, no máximo 03 idênticos (via aérea ou marítima)/ Superiores a 5 dólares até 10 unidades, no máximo 03 idênticos.

Fonte: Receita Federal.

Dicas =>  Como viajar com pouco dinheiro

 

Qual o limite para compras no exterior?

limite de compras no exterior
Cota de compras no exterior é de 500 dólares.

Atualmente o viajante pode trazer, sem a necessidade de pagar impostos, mercadorias que totalizem 500 dólares ou o valor equivalente na moeda local.

Além dessa cota, há uma outra específica para compras em Free Shop ou Duty Free (ou Loja Franca como é nominada no site da Receita Federal) localizados nos aeroportos ou portos de desembarque no Brasil.

Nesse caso, as compras podem somar 1 mil dólares para Free Shop em aeroporto ou porto e 300 dólares para essas lojas em fronteiras terrestres (para este último a cota é renovada a cada 30 dias).

As compras em cruzeiro marítimo, feitas nas lojas localizadas dentro do navio, seguem as regras do Free Shop/Duty Free.

Tudo o que ultrapassar os valor estabelecidos pela Receita Federal haverá cobrança de impostos de importação – correspondente a 50% do valor excedente ao limite de isenção da cota.

Lembrando que as cotas são individuais e intransferíveis. Você não pode repassar sua cota, caso não queira comprar nada, para ninguém. Não há nenhuma exceção nesse sentido.

Tudo sobre => Chip internacional

 

Limite para compras no exterior pela internet?

vale a pena fazer compras no exterior
Itens comprados online e entregues no hotel entram na cota de 500 dólares.

No caso de compras no exterior pela internet há duas situações distintas: comprar em sites estrangeiros para receber na sua casa, no Brasil, ou comprar nos mesmos sites estrangeiros mas encaminhar a entregar para seu hotel ou airbnb no destino.

Sendo assim, a resposta para a pergunta acima – qual o limite para compras no exterior pela internet – é bem diferente. É claro que, se você compra algum item para entregar na sua casa, provavelmente não estará viajando.

Portanto, não caberia exatamente no tema deste artigo, que são as compras no exterior em viagem. Seria, na verdade, dentro das regras de importação. Mas, não custa entender as regras, não é mesmo?

Para compras no exterior pela internet para receber na sua casa no Brasil há duas categorias. Para itens que totalizem até 3 mil dólares é aplicado o regime simples de tributação, que cobra uma taxa de impostos de 60% do valor total da compra.

 
Sabia que o Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Além de ser obrigatório nos países da Europa, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 20% de desconto usando o cupom BFRIDAY, é só clicar no botão.

Conheça as principais vantagens:

  • Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
  • Assistência médica e hospitalar, seguro de cancelamento e atraso de voos, seguro bagagem, reembolso com despesas médicas e muito mais;
  • É mais barato do que comprar direto nas seguradoras;
  • Cancelamento da contratação sem taxas até 48 horas antes da viagem;
  • Parcelamento em 12x sem juros nos cartões de crédito;
  • Compras com boleto bancário têm 5% de desconto;
  • Atendimento ao cliente 24hs em português.
 

Se as compras ultrapassarem a cota de 3 mil dólares a tributação deixa de ser simplificada, que é essa que reúne em apenas uma taxa, e você pagará cada taxa separada como imposto de importação, ICMS, PIS/Cofins, entre outros impostos.

compras no exterior que são isentas de impostos
Compras online no exterior entregues no Brasil, na sua casa, tem outras regras.

Agora, se você vai viajar e quer facilitar a sua vida – aos invés de fazer compras em lojas físicas, comprar tudo online e pedir para entregar na sua hospedagem – os valores de cota são aqueles que citei acima no artigo.

São 500 dólares de cota. Isso porque, mesmo que você tenha comprado pela internet como irá cruzar a fronteira com o produtos em mãos, não valem as regras e valor de importação online.

Assim, essa opção é mais para quem quer praticidade, mas as regras de compras no exterior são as mesmas para quem foi as lojas no destino.

Inclusive, se vai para qualquer cidade norte-americana, leia mais sobre o limite de compras nos Estados Unidos.

Ressalto ainda que, antes de optar por comprar na internet e entregar no destino, cheque com o hotel ou com o anfitrião da hospedagem se essa possibilidade é viável.

Como levar => Dinheiro em viagem internacional

 

Qual o melhor site para compras no exterior?

Isso depende um pouco do que você irá comprar e um pouco do seu gosto, mas, no geral, sobretudo nos Estados Unidos há muitas opções de lojas online.

Os sites mais famosos são o E-Bay, o Best Buy e a Amazon, que você deve conhecer porque possui uma versão nacional, a Amazon Brasil.

Se você tiver conhecido que resida no país que será seu destino de viagem, uma boa ideia é perguntar a ele quais são os sites locais que ele costuma utilizar. Assim, você garante estar comprando em uma loja online de confiança.

App => Cotação para dólar e euro

 

Tax Free

tax free
Tax Free é o reembolso de Imposto Sobre Valor Agregado (IVA).

Vou deixar a opção de compra pela internet no exterior de lado, afinal, acredito que durante uma viagem ao exterior, sempre estamos dispostos a fazer compras em lojas físicas mesmo. É divertido, não dá para negar.

Se a viagem é paga pela empresa, damos a desculpa: “não estou gastando nada, vou torrar minha grana com compras”. Se a viagem é de férias: bom, não há desculpas, afinal ralamos tanto é para aproveitar.

Mas, sempre é bom conseguir algumas dicas para economizar na viagem. Geralmente o que compramos no exterior é bem mais barato do que aqui no Brasil.

Nossa carga de impostos é fora do comum e temos o direito de comprar lá fora. Se ficarmos atentos a legislação de cada país, poderemos economizar ainda mais.

Isso porque, como forma de incentivar as exportações, muitos países reembolsam ao turista uma porcentagem do valor da compra. Este é o famoso Tax Free, ou reembolso de Imposto Sobre Valor Agregado (IVA).

países que tem tax free
Reembolso é na alfândega local | Foto: Ralf Roletschek, Via Wikimedia Commons.

O valor do reembolso varia de acordo com o país, tipo de produto e preço da mercadoria. As lojas onde é possível solicitar o benefício são identificadas com um selo colado na vitrine.

Antes de comprar algum produto, pergunte ao atendente se a loja oferece o formulário de solicitação de devolução do imposto e apresente o seu passaporte, o que é obrigatório. Junte todos os formulários e comprovantes de pagamento.

Você precisará mostrar tudo na alfândega do aeroporto no exterior. Após tudo ser aprovado, irão encaminhá-lo para fazer o pagamento do serviço (é só uma taxa. Calcule se vale a pena de acordo com seu montante de compras).

Todo o procedimento é bastante demorado devido às filas. Chegue cedo ao aeroporto e tenha dinheiro para pagar a taxa. Isso evite entrar na fila das pessoas que irão informar os dados do cartão.

Veja quais os países que oferecem o Tax Free:

  • Argentina;
  • Canadá (reembolso inclusive sobre as diárias de hotéis);
  • Estados Unidos (apenas na Louisiana e a cidade de Oregon);
  • Todos os países da União Europeia;
  • Japão;
  • Fiji.

Como é um sistema para favorecer os produtores locais, somente conseguirá o benefício para os produtos feitos no país. Os serviços geralmente estão fora do Tax Free, porém mantenha-se informado sobre a legislação de cada país.

Para mais informações, leia o artigo sobre como funciona o Tax Free na Europa e dicas do que comprar e da devolução do imposto em compras no Uruguai, compras no México e ainda compras em Buenos Aires.

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?
Compare preços e compre online na Confidence Câmbio »

 

Compras no Free Shop

Compras no Free Shop
Free Shop ou Dutty Free tem outra cota | Foto: Coolcaesar, via Wikimedia Commons.

Como citado anteriormente, todo viajante que desembarca no Brasil, pode adquirir a quantia de 1 mil dólares com isenção de impostos, nos Free Shops dos portos e aeroportos.

Este valor não será incluso na cota que podemos trazer do exterior, que é aquela de 500 dólares. Existem também limites sobre a quantidade de cada item, que podem ser visualizados no site da Receita, onde há todas as informações oficiais sobre o tema.

Itens em quantidade restrita para comprar em Free shop:

  • Bebidas alcoólicas: 24 unidades, sendo o máximo de 12 unidades por tipo de bebida;
  • Cigarros: 20 maços;
  • Charutos ou cigarrilhas: 25 unidades;
  • Fumo: 250 gramas;
  • Artigos de toucador (perfumes, creme, maquiagem, etc): 10 unidades;
  • Relógios, máquinas, aparelhos, equipamentos, brinquedos, jogos ou instrumentos elétricos ou eletrônicos: 3 unidades.

Fonte: Receita Federal.

 
Sabia que aprender através de cursos on-line nunca foi tão fácil?

Assista seus cursos pelo computador, tablet ou até mesmo pelo celular!

Devido a nossa parceria com a Learn Café, você terá acesso a cursos para todas as áreas do conhecimento, com alta qualidade, comodidade e de forma acessível. Cursos online para você:

  • Aprender rápido e ganhar dinheiro;
  • Se preparar para um novo emprego;
  • Melhorar seu currículo;
  • Continuar aprendendo sempre!
 

Recomendo que você deixe para fazer as compras do Free Shop na volta de sua viagem. Já que os itens comprados na ida, serão inclusos nas regras de mercadorias trazidas do exterior, cuja cota é bem menor.

O ideal é levar uma lista de itens que pretende comprar e verificar o preço do Free Shop na ida, assim você pode checar se encontrar preço ou mesmo cotação da moeda local mais atrativo para sua compra.

Se o valor não for muito menor que não valha a pena gastar a cota de compras local, deixe para comprar no Free Shop quando retornar ao Brasil.

Fique atento somente se o item que você deseja comprar não tem quantidade limitada ou muita procura por ser um lançamento, porque nesse caso, você pode chegar no Free Shop na volta e o produto ter acabado.

Viagem internacional => Dinheiro ou cartão?

 

Compras no Exterior: itens não declaráveis

itens não declaráveis em compras no exterior
Uma unidade de câmera pode ser não declarável.

No final de 2010, a Receita Federal alterou as regras de isenção de impostos das compras feitas no exterior. Essas regras, que citei ao longo do artigo, valem para quem chega ao Brasil em qualquer meio de transporte – navio, avião, carro ou ônibus.

Confira a lista de itens que não precisamos declarar, pagar imposto ou incluir na cota (aquela de 500 dólares ou equivalente na moeda do destino chegando de avião ou 300 dólares por outras vias):

  • 1 relógio;
  • 1 telefone celular (inclusive smartphones);
  • 1 máquina fotográfica;
  • 20 presentes com valor até 10 dólares cada (3 unidades de cada tipo).

Claro que sempre queremos comprar outras mercadorias que valem bastante a pena trazer do exterior; computadores, roupas e outros eletrônicos.

Vejas as dicas para não precisar incluir esse itens em sua declaração (estes procedimentos são por conta e risco do viajante):

  • Utilize o computador na viagem: insira fotos, configure o outlook, baixe músicas e programas;
  • Retire as etiquetas de todas as roupas e não traga nenhuma caixa;
  • Deixe outros eletrônicos para incluir em sua declaração.

Tenha cuidado para não se empolgar com as compras. Apesar de ter sido liberada a entrada de diversos itens, a Receita Federal ainda tem a preocupação de conter os contrabandistas.

Como funciona =>  Imigração em aeroportos

 

Onde fazer compras no exterior

o que comprar em tokyo
Tokyo é um ótimo local para comprar novidades em eletrônicos.

Acredito que qualquer destino pode ser ideal para compras no exterior, afinal há sempre um artesanato local ou algum outro produto típico que você não encontra ou outros destinos mundo afora.

Além disso, há destinos com tradição em determinados produtos como os diamantes da Antuérpia, por exemplo. Equipamentos eletrônicos raros ou recém lançados, principalmente videogames, são as mais comuns compras no Japão.

Quem busca de eletrônicos também tem outros destinos possíveis e nem precisa ir tão longo, pode fazer suas compras no Paraguai, na América do Sul.

Quem vai para a Coreia do Sul poderá se divertir com itens como cosméticos quase milagrosos, bugigangas asiáticas, roupas diferentonas, eletrônicos e itens relacionados ao k-pop quando for fazer suas compras em Seul.

compras no exterior outlets
Lojas tipo outlets são muito procuradas pelos viajantes.

Um dos destinos considerado o paraíso das compras é Dubai, nos Emirados Árabes. Sua lista de compras em Dubai pode ter tecidos, perfumes, especiarias, ouro, vendidas nos souks, os mercados locais, ou artigos de luxo nos gigantescos shoppings do emir.

Por falar em paraíso, os Estados Unidos possui diversos locais com esse título. Além de enormes lojas e mercados de todos os tipos de produtos, no país é muito comuns haver regiões ou shoppings com diversas lojas tipo outlets.

Reuni alguns dos artigos sobre o tema aqui do blog:

Vale a pena? => Seguro viagem de cartão de crédito

 

Como funciona o processo de compra no exterior?

Comprar no exterior é muito mais barato. Roupas, eletrônicos e diversos outros itens sempre estão na lista de desejos de quem embarca para outro país.

Claro que você precisa ter noção do preço do produto que você quer no brasil, sobretudo se for itens mais caros como eletrônicos e smartphones, e comparar com o preço final de acordo com o câmbio. Assim verá se compensa a compra no exterior.

Você pode utilizar seu jeitinho brasileiro e pechinchar, mesmo no exterior. Pechinchar funciona e poderá economizar muitos dólares.

E, caso você esteja em um destino que a pechincha é quase um esporte, como os países árabes, será ainda um divertido desafio conseguir um bom preço.

Fique atendo, porém, aos mais comuns golpes em viagens para não ficar no prejuízo. Não existem melhores dicas para economizar na viagem.

Procurando dicas para fazer compras e economizar no exterior? Ainda tem dúvidas? Gostaria de contar suas experiências? Deixe suas dicas e comentários!

Até + !!!

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

ESCRITO POR

Guilherme Tetamanti

Paulistano de 37 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Organize sua viagem

10 dicas para você
planejar sua viagem

Separamos as principais ofertas dos nossos parceiros para você economizar.
Clique nos itens abaixo e confira:

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes de Viagem

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Ingressos

Reserve as entradas para tours, atividades e espetáculos

 

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. Rosi

    Guilberme voce conhece sites confiáveis em San Diego California que vende on line e entrega no Brasil com despacho constando como presentes???

  2. Guilherme Tetamanti

    Oi Rosi, Geralmente quem aceita enviar como presente está no Ebay.com, aíé só procurar se há alguém de San Diego. Lojas infelizmente não conheço. Um abraço

  3. Guilherme Tetamanti

    Eu fiquei lá :) Muito bom!!! Acho que vale mais a pena comprar uma bike usada no Craiglist, talvez uns US$ 50,00. Ou procura alguma loja por lá, lembro de algumas. Depois vc tenta vender p alguém que vai ficar mais tempo ou nessas lojas.

  4. Natalia

    Siiim, Vantaggio, desculpe rsrs. É fácil alugar uma bike lá? Obrigada.

  5. Natalia

    Olá Guilherme, Estou indo estudar 4 semanas em San Diego, agora em Setembro. Estou adorando as dicas do site, estou há hooooras lendo. Infelizmente o dolar está MUITO alto e eu perdi uma certa grana na conversão, agora parece que tudo que vejo não está valendo muito a pena comprar rsrs. Uma dúvida sobre transporte: eu vou ficar no Villagio em Little Italy, e percebi que as coisas sao meio distantes. O transporte é simples lá? Me envie dicas se tiver. Obrigada.

  6. Guilherme Tetamanti

    Oi Natália, É Vantaggio, não??? É super fácil sim. Não tem metrô, mas com bondinho e ônibus vai p qquer canto da cidade, praias, etc. Eu andava muito a pé, a região é boa demais e perto de tudo. Fui em setembro também. Foi irado!! Aproveite e se precisar, só perguntar. Até + !!!

  7. André

    Fala Guilherme, meus parabéns!! Estou armando uma viagem (vou sozinho mesmo) para San Diego.. em setembro.. passar uns 15 dias... To curtindo demais essas suas dicas... Adorei saber sobre o celular... Sucesso para você!!

  8. Guilherme Tetamanti

    Fala André, Cara, San Diego é das minhas cidades preferidas no mundo. Como vai sozinho, recomendo ficar em albergue, um muito bom é o USA Hostel. Vários eventos e bem legal pra conhecer gente. Obrigado pela visita...fico feliz que gostou. Abraços

  9. Tchê Inverno

    Tirar as etiquetas das roupas é sempre uma boa ideia! Antes de viajar você tem que ter a consciência que realmente irá comprar roupas novas (até mesmo porque o preço é encantador), por isso é sempre bom deixar a mala mais folgada. Abraços.

  10. Guilherme Tetamanti

    É verdade!!! Muita gente vai só com a roupa do corpo, nem mala leva. Obrigado pela participação. Até + !!!