Início / Top 10 / 10 coisas que aprendi viajando sozinho

10 coisas que aprendi viajando sozinho

Sempre recebo perguntas de gente querendo saber sobre como viajar sozinho em tal país, se é perigoso ou se determinado lugar é recomendável para quem pretende desbravar o mundo por conta própria. Dúvidas de viajantes que ainda não tiveram o prazer de provar sensações que somente uma viagem solo podem proporcionar.

Não direi que tudo são flores, mil maravilhas. É provável que numa viagem curta não hajam pontos negativos, mas para quem pretende passar um ano inteiro viajando sozinho, existem alguns pontos que devemos considerar. Saudades, saúde, alimentação!!!

Leia também => Dicas para encontrar as melhores ofertas de hotéis no Booking

As 10 principais dicas e segredos para acumular milhas aéreas

Talvez minha experiência possa ajudá-lo a planejar melhor sua viagem, levando em consideração alguns argumentos para saber se vale a pena partir para o mundo sozinho ou procurar por uma boa companhia.

 

Antes só do que mal acompanhado

Mirante em Koh Tao.

É clichê, mas também a mais pura verdade, principalmente para quem pretende passar bastante tempo viajando. Imagine querer fazer uma trilha para ver o sol nascendo no topo de uma montanha, mas seu parceiro não topar. Ou então alguém que não sabe lidar tão bem com o dinheiro como você. Várias situações, por mais simples que possam parecer, irão formar uma bola de neve no decorrer da viagem. Sozinho, você faz seus horários e toma suas próprias decisões.

Já viajei com amigos de longa data, daqueles que escolhemos para toda a vida. Mesmo assim, tive atritos durante viagens. Tome cuidado quando for considerar viajar sozinho ou não…seu melhor amigo da vida real, pode atrapalhar a viagem dos seus sonhos.

 

Sempre sofro com despedidas

Fiquei 12 meses viajando, passei por 18 países e dezenas de cidades. Devo ter feito uma centena de amigos. Descobri que sempre sofro com despedidas.

Realmente me entrego para novas amizades, deve ser por isso que resolvi nomear o blog assim: “A Gente Só Conhece os Amigos, Viajando com Eles”. Numa viagem estou sempre no módulo mais aberto de mim mesmo. Não tenho a máscara do trabalho, nem preciso agir com o cuidado que a vida cotidiana exige…apenas sou quem realmente sou. Acredito que a maioria dos viajantes são assim e estão abertos ao desconhecido, novos cheiros, lugares e principalmente amizades.

Amigos de viagem são mais intensos, exatamente por estarem nas versões mais verdadeiras de cada um. Também são mais rápidos e partem de nossas vidas deixando apenas boas recordações.

Leia também => Saiba as reais vantagens de contratar um seguro de viagem

 

Todos temos algo em comum

Camisas de futebol na Tanzânia.

Não importa a nacionalidade, religião ou condição social, todas as pessoas possuem algum interesse em comum. Claro que a grande maioria das pessoas com quem me relacionei estavam viajando e isso já bastava para iniciar uma boa conversa, mas o mundo é muito mais parecido do que imaginamos.

Quando percebi isso, começou a ficar mais fácil interagir não só com viajantes, mas também com a população local de cada lugar.

 

Albergues são para todos

Nunca havia me hospedado em albergues antes da viagem de volta ao mundo, não por preconceito, mas por falta de costume. Hoje sou defensor fervoroso desse tipo de hospedagem, ainda mais com tantas histórias que marcaram esse ano viajando. Conheci casais de jovens e gente na melhor idade, grupos de amigos e amigas, viajantes que estavam sozinhos por poucas semanas, meses ou anos.

O albergue é para todos os públicos, não somente mochileiros que precisam economizar dormindo num quarto compartilhado. Em muitos lugares é possível ter os mesmos privilégios de bons hotéis, com a vantagem de interagir com um monte de gente diferente. Isso abriu bastante meus horizontes.

 

Viajar sozinho não significa estar só

O que aprendi viajando sozinho.

Talvez o maior receio de quem pretende viajar sozinho pela primeira vez, seja o medo de ficar só. Isso pode facilmente ser evitado, principalmente para quem estiver aberto ao novo, disposto a encarar experiências diferentes e atento ao que acontece ao seu redor.

É fato que ficar hospedado em albergues facilita fazer novas amizades, mas não se resume a isso. Conheci muita gente em passeios, festas e até mesmo em bares. É incrível como me adaptei e perdi o medo de iniciar uma conversa com um estranho qualquer. A internet também é uma ferramenta sensacional. Existem encontros do Couchsurfing em centenas de cidades do mundo e também redes sociais para compartilhar refeições, como Eat With, Meal Sharing e Share Your Meal. Assim é possível fazer amizades e ainda conhecer um pouco mais afundo a cultura local.

 

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

A solidão sempre bate na porta

Apesar de tantas opções para fazer amizades, certamente haverão momentos que a solidão pode aparecer. Depois de uns 8 meses viajando, comecei a perceber que faltava alguém para compartilhar o que estava vivendo. Não sei se a palavra certa é solidão, uma vez que sempre fazia novos amigos. Senti falta mesmo de amigos de longa data, minha família, pessoas que não precisavam de apresentação.

Depois de algum tempo fiquei cansado de contar minha história, dizer meu nome, o que faço, etc. Acho importante para o planejamento de uma longa viagem sozinho, combinar a visita de amigos. Porque não juntar as férias daquele grande amigo, com o seu mês na Nova Zelândia???

 

Compartilhar não é apenas no Facebook

O que aprendi viajando sozinho.

Por mais divertido que seja ver uma foto com centenas de curtidas no Facebook, me fez muita falta compartilhar experiências reais durante a viagem. Esses dias encontrei um amigo que fiz na Tailândia, onde ficamos juntos por um mês. Foi incrível poder reviver momentos, lembras histórias e rir dos perrengues de viagem.

Viajar sozinho foi uma experiência boa demais, que me fez crescer e aprender muito sobre a vida. Aprendi que é preciso dividir a felicidade, para ser multiplicada.

 

É muito bom ser brasileiro

Chega a ser engraçado a maneira como sou recebido nos lugares por onde passo. Acho que todo o mundo já conhece um pouco do alto astral dos brasileiros, sempre dispostos a um passeio no parque, museu, dia de praia ou noite de diversão. Além disso, estamos acostumados a interagir sempre com gente diferente…sei lá, essa é minha opinião.

Receber um sorriso e saber do interesse das pessoas logo após dizer que sou brasileiro, é uma prova disso. Somos um povo muito bem visto em várias partes do mundo, isso abre portas importantes quando estamos viajando sozinhos.

 

Pensando na viagem e não sabe como começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, por R$ 14,95 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 

É mais caro viajar solteiro

Festa em Queenstown.

Sinceramente não gosto de estar sozinho, tenho coceira só de ficar algum tempo sem trocar ideias com alguém. Viajando solteiro, estava sempre disposto a cair na balada, não importando o dia da semana. Aliás, isso pouco importa para um viajante. Gastei muita grana com festas, bares e casas noturnas.

Em boa companhia, há também o prazer de cozinhar. Mesmo ficando em albergues, muitas vezes tive que fazer minhas refeições sozinho, o que acabava sendo em restaurantes…isso aumentou bastante minhas despesas em alguns países.

 

Viajar é a melhor escola

Depois de tudo o que vivi a partir do momento que decidi partir para uma volta ao mundo, sei e sinto que sou uma pessoa melhor. Sou mais confiante, comunicativo, sei lidar melhor com adversidades e estou ainda mais aberto para novas oportunidades que aparecem. Tenho mais amigos, melhorei meu nível de inglês, cozinho melhor e ainda tiro onda com minhas fotos e vídeos da viagem.

Enfim, viajando abri minhas portas para o mundo e acabei descobrindo muito sobre mim. Percebi que não preciso de muito dinheiro para viver bem, mas ter planos para melhorar minha qualidade de vida é essencial.

 

Planejando uma viagem sozinho?

Quando criei o projeto viagem de volta ao mundo em 365 posts sabia que a viagem seria o estalo para transformar toda a minha vida. Ainda não tive a noção exata da dimensão de tudo, mas já consigo ter uma boa ideia de como funciona a rotina de um viajante. Este é o 319º artigo, veja também outras curiosidades sobre a viagem:


Fazendo sua reserva através dos links parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, VOCÊ NÃO PAGA TAXAS EXTRAS, e dessa forma monetizamos nosso trabalho. Se houver dúvida, leia as políticas do blog, ou deixe um comentário.

Artigo => Dicas para encontrar as melhores ofertas de hotéis no Booking

Aluguel de Carros | Passagens Aéreas | Passeios e Tours | Seguro de Viagem


Pesquisando sobre como viajar sozinho? Ainda tem dúvidas? Gostaria de contar suas experiências?

Deixe suas dicas e comentários!

Até + !!!

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Guilherme Tetamanti

Paulistano de 35 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

32 Comentários

  1. Oi Guilherme, adorei o seu site. Amo viajar mas atualmente estou sem companhia. Estou pensando em passar 3 semanas sozinha na tailandia mas estou um pouco temerosa. Vc acha tranquilo uma mulher sozinha fazer esse tipo de viagem?! Acha fácil fazer amizade por la?

    • Oi Nicole,

      Vi muitas mulheres viajando sozinhas na Tailândia e sudeste asiático, em geral é bem seguro sim.

      Quanto a fazer amizades, é bem fácil, ainda mais com tantos albergues e mochileiros viajando pelo país.

      Abraços

  2. Estou prestes a fazer algo como vc fez. Havia planejado para dps de agosto do ano q vem, mas devido a algumas adversidades no trabalho posso vir a antecipar. Vou ler td q escreveu para já ir planejando meus passos. Obrigada por compartilhar isso conosco.

    • Oi Ludmila,

      Bom que a ansiedade vai durar menos kkkk

      Isso mesmo, aproveite que tem bastante conteúdo aqui e pergunte sobre qualquer coisa que precisar. Quando estava planejando minha volta ao mundo, não consegui muita ajuda e acabei cometendo erros que poderiam ter sido evitados.

      Obrigado pela visita 😉

  3. Planejei minha viagem anual de verão europeu como todo ano , sempre vou sozinha
    2014 seria , ibiza /formentera/santorini/istanbul/capadócia
    Qdo um amigo nao muito próximo me pediu p ir junto, pensei q seria bacana dividir experiência ja q ele nao parecia chato , e economizaria tbm, bom ,no final acabei pegando asco da mesquinharia e egoísmo dele e a amizade acabou ali mesmo!
    Pior q nem curti muito minha viagem anual ! NUNCA MAIS CONVIDO QUEM NAO CONHEÇO!!

    • Oi Denise,

      Verdade, ir com alguém que não conhece o perfil é difícil. Um ótimo amigo do dia-a-dia, pode ser um mala durante a viagem, ter gostos diferentes, outro ritmo.

      Tem que selecionar mesmo, ou melhor ir sozinho.

      Obrigado por compartilhar 🙂

  4. Adorei seu texto!! Vou compartilhar em breve na fanpage do meu blog (Profissão Turista). Parabéns tb pelo site! Muito legal!!! Sucesso!

  5. Olá Guilherme! Venho te seguindo pelo facebook e acabei de ler seu texto. Muito bom! São aspectos que já pensei. Parabéns pela coragem de vender tudo, largar tudo para realizar um sonho tão grande. Espero que você continue com seus textos que nos fazem pensar e de certa forma viajar ao mesmo tempo

  6. Parabéns pelo seu site. Acabei chegando aqui nem sei como, e agora estou lendo seus textos e me reconhecendo em muitos dos seus relatos. Esse tópico “sempre sofro com as despedidas”, e o “eterna saudade dos amigos de viagem” resumem bem o que sinto nas viagens. São tantas pessoas diferentes, com histórias de vida tão sensacionais, tão diferentes da minha. Há algo realmente de mágico nas viagens (para quem sabe viajar de coração aberto). Abraço, e muitas viagens para vc!!

  7. Olá! Parabéns Pelo Artigo Muito Bom!!
    Com Certeza A Despedida é A Pior Parte!!

  8. Oiiee..to indo pra Africa do Sul ficar um mes.. to meio receosa por achar q são pessoas bem diferentes.. queria saber se é um lugar seguro..

    • Oi Larissa,

      Cape Town é uma cidade incrível, uma de minhas preferidas no mundo. Pessoas diferentes irá encontrar em todos os lugares, mas essa é a intenção de um intercâmbio 🙂

      Sobre segurança, basta ter os mesmos cuidados que tem no Brasil. Não perambular onde não conhece, principalmente a noite. Não ostentar seus pertences, jóias, celular, etc.

      Se joga…rsrsrs

  9. Ola li o seu blog, e adorei é muito esplanador! Me diz que hotel,ou host, ou albergue indica em San Diego?E uma pergunta, como vc faz para dividir o quarto e saber que a pessoa ao lado não vai te roubar tudo?Obrigada!

  10. É sempre muito bom ler blogs de viagens, ver as barbadas e perrengues q acontecem com qqr viajante… Antes eu viajava mais sozinha sem pensar duas vezes, ultimamente tenho ficado mais receosa… Mas realmente, cia de viagem é quase um jogo na loteria… Rsss Mas ainda assim estou disposta a planejar novas viagens e arriscar na loteria…. Rssss

  11. Sensacional Gui! Muito lá de dentro, muito verdade. Compartilho dessas ideias!

  12. Faz tempo que não viajo sozinho, mas sinto que é legal porque vc se entrega totalmente ao lugar e às pessoas que conhece na viagem. E também às vezes sinto que você pode se tornar quem você quiser, simplesmente deixar de ser um pouco aquele que todos conhecem, simplesmente uma nova pessoa em um novo lugar. Tudo bem, pode ser bom, mas também desconcertante, mas é uma experiência única! Abs.

  13. Parabéns pelo post! Realmente nem sempre os melhores amigos são os melhores companheiros de viagem. Já passei por discussões pela minha mania de acordar cedo para aproveitar o dia. rs
    Ainda não fiquei tanto tempo fora, o próximo plano está perto de se concretizar. Espero que volte tão renovada o quanto vc descreveu.
    Abraços!

  14. Olá! Também sou fã de viajar sozinha!
    Dá uma sensação de liberdade total, e realmente é tudo mais caro para quem vai sozinho…
    mas eu me viro. Fico em Hostel, ando de transporte público e bato muita perna.
    Adorei o post.

  15. Muito bom esse texto Guilherme. Também fiz um texto sobre as coisas que aprendi viajando e os pensamentos são bem semelhantes !!! Adoro viajar sozinho também !!!
    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *