Início / Dicas / Como evitar o golpe da cesárea? Malas mais seguras no aeroporto

Como evitar o golpe da cesárea? Malas mais seguras no aeroporto

Quer saber duas palavras que não combinam com viagem: estresse e insegurança. Quer saber uma que resume ambos sentimentos? Mala! Quando despachamos nossa bagagem sempre rola aquela dúvida se vamos vê-la novamente ou encontrá-la do jeito que esperamos. Para prevenir algumas situações desagradáveis, existem algumas formas para deixar as malas mais seguras quando partimos para o aeroporto. Afinal, como evitar o golpe da cesárea?

Alguns deles são bem práticos e até baratos, outros mais caros. O mais importante é evitar que sua bagagem vire alvo fácil para os criminosos que tentam dar o golpe da cesárea. Essa ação consiste em abrir o zíper da mala com um objeto fino, tipo uma caneta, sem violar o cadeado. Descubra agora como você pode proteger a sua bagagem e viajar mais tranquilo.

Planeje sua viagem => Seguros Promo, o melhor comparador de seguro viagem

Viajante ensina como visitou 46 países com até 60% OFF em passagens aéreas »

 

Veja como evitar o golpe da cesárea

Como evitar o golpe da cesárea?

O golpe da cesárea é uma investida criminosa praticamente perfeita, pois você só perceberá o furto bem depois, quando for abrir a mala no hotel ou em casa.

O golpe da cesárea acontece assim: o bandido usa um instrumento fino para abrir o zíper da mala, mesmo que ela esteja com cadeado (se usado da forma errada). Dessa forma, ele tira o que lhe interessa e depois é só fechar, como se nada tivesse acontecido.

Embora existam algumas medidas que podem amenizar os riscos, praticamente todas as bagagens são passíveis de violação. Porém, a ideia é dificultar a ação do criminoso que tem pouco tempo para realizar o furto, quando escolherá as malas mais vulneráveis.

Veja agora alguns itens para deixar sua mala mais segura e evitar o golpe da cesárea.

 

Lacres da companhia aérea

Lacre de mala gratuito no aeroporto
Lacre semelhante ao das cias aéreas.

Durante o check-in, você pode pedir para o atendente lacrar sua mala com o lacre da própria companhia. É de graça e dá uma sensação maior de segurança. Porém, isso pode não influenciar em nada em relação ao golpe da cesárea. E eu explico porquê.

Para dificultar a violação, as cabeças do zíper precisam se encontrar em um ponto fixo. Do contrário, mesmo com o lacre da companhia aérea, ainda é possível abrir a mala sem deixar rastros por meio do golpe da cesárea.

Outro agravante é que as pessoas que roubam as malas trabalham na própria empresa e podem ter um esquema de acessos a lacres novos, daí é só cortar os seus, abrir, furtar e depois colocar novos lacres. Por falar em esperteza, leia 7 dicas certeiras para o turista não entrar em roubadas.

Contudo, se essa for a sua melhor opção antes do embarque, peça para que o lacre ser preso na alça da mala, mesmo que para isso, seja preciso mais de um item. Lembre-se: a ideia é dificultar.

 

Capa de malas

Como proteger minha mala de arranhões
Capa para mala | Foto: Aliexpress.

No mercado são comercializadas as capas de mala, que são uma espécie de roupinha em tecido que deixa somente as rodinhas e alças para fora. Ela não é a opção mais barata, mas pode ser reutilizada e ainda protege o equipamento contra arranhões.

Na prática, a capa também não evita que o golpe seja dado, mas dificulta. Nesse sentido, a roupinha cumpre o seu papel, pois durante a ação criminosa o bandido precisa fazer tudo muito rápido para não ser descoberto, assim sendo nada que o faça perder tempo vai o atrair.

O preço médio de uma capa de mala varia bastante. Os modelos mais caros custam entre R$ 119 e R$ 159, e os mais baratos vêm da China por até R$ 12,99. A dica para torná-la mais barata é fazer a sua.

Para isso, é só comprar um tecido tipo nylon ou qualquer outro que estique bem, levar para costura e ter uma capa exclusiva para você!

 

Plástico protetor

Colocar plástico na mala no aeroporto
Malas plastificadas | Foto: Protec Bag.

Certamente você já viu nos aeroportos o sistema de plastificar as malas. Inicialmente, a ideia é proteger o item contra danos que a logística da viagem acaba provocando. Porém, é uma boa iniciativa para conter o golpe da cesárea.

Isso porque o material utilizado para embalar é um plástico fino que gruda na bagagem, e várias camadas são colocadas ao redor da mala. O sistema funciona para inibir a ação do ladrão e ainda identifica rapidamente se alguém a desenrolar.

Em contrapartida, essa prevenção contra o golpe da cesárea é cara. O serviço oferecido nos halls dos aeroportos custa, em média, R$ 45.

Uma alternativa caseira seria você enrolar papel filme na sua mala, mas para dar conta do volume teria que comprar aqueles rolos com muitos metros, que sai mais ou menos por R$ 15 ou R$ 38, com 100 e 300 metros respectivamente.

Leia também => Dicas para evitar problemas no embarque dos voos

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

 

Lacres numerados

Como funciona o lacre numerado
Lacre numerado | Foto: Sealbag.

Essa é uma solução para deixar sua mala mais segura e evitar o golpe da cesárea, desenvolvida por alguns fabricantes de acessórios para viagem. O lacre numerado é vendido em pacotes que custam, em média, R$ 40 com 10 unidades.

Esse lacre, como o próprio nome já diz, vem como uma numeração que o identifica se for trocado, por exemplo. Ele prende as cabeças do zíper a algum ponto fixo da mala (como a alça), impossibilitando o acesso do ladrão à parte que ele manipularia, usando apenas cadeados comuns.

Esse sistema não impede o golpe da cesárea na mala, pois o restante do zíper ainda consegue ser aberto, contudo o criminoso não consegue mais fechar o zíper, o que pode deixá-lo receoso em cometer o furto.

E se você também se preocupa com a organização da mala vai gostar de descobrir maneiras inteligentes de arrumar a sua mala para viajar.

 

Cadeado TSA

Mala ideal para ir para os Estados Unidos
Lacre homologado pela TSA.

Esse lacre com a tecnologia TSA, Transport Security Administration ou Administração de Segurança no Transporte, é voltado para quem viaja bastante para os Estados Unidos.

Pensando na viagem e não sabe como começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, por R$ 14,95 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 

A princípio, ele é um cadeado comum, entretanto possui uma chave mestre utilizada por agentes fiscalizadores norte-americanos.

A abertura de malas acontece com frequência nos aeroportos dos EUA, especialmente quando o raio-X não mostra todo o conteúdo da bagagem.

Quando os fiscais julgam a abertura da mala necessária e está fechada com outros tipos de lacres, eles são quebrados pelos agentes, que não repõem o lacre comum. Dessa forma, as malas seguem desprotegidas todo o restante da viagem.

No entanto, se a mala estiver com um cadeado TSA interno ou externo, os agentes abrirão a mala com a chave mestre, deixam uma cartinha de aviso, e a travam normalmente.

Para saber se o cadeado é homologado pela TSA, verifique se ele tem o símbolo representado por um quadrilátero vermelho com fundo branco. Esse cadeado custa, em média, R$ 28, e uma mala com ele embutido a partir de R$ 299.

E se você é ligado em tecnologia, não deixe de ler também sobre os aplicativos que quebram um galhão em viagens.

 

Dicas práticas para evitar furtos da sua mala

Como embarcar a mala em segurança

Além dos itens para deixar sua mala mais segura e evitar o golpe da cesárea, algumas atitudes também diminuem a vulnerabilidade de situações como essa.

Veja essas dicas práticas para evitar, ou pelo menos diminuir os transtornos causados pelos roubos e furtos de mala:

  • Não deixe nada valioso dentro da mala de porão, como joias, eletrônicos ou dinheiro;
  • Faça um seguro viagem que dê cobertura contra danos à bagagem;
  • Tire foto dos seus pertences de dentro da mala;
  • Tire foto também da parte externa para provar as condições que ela estava, caso sofra escoriações graves durante a viagem;
  • Leve algumas peças de roupas na bagagem de mão para emergências, caso não receba a sua mala imediatamente;
  • Nas viagens em família, troquem peças de roupas uns com os outros, pois se uma pessoa ficar sem mala, ao menos pode recorrer a algumas peças na mala de terceiros;
  • Enquanto estiver no aeroporto, fique de olho na sua mala. Atenção quando for ao banheiro, fazer check-in ou tirar um cochilo durante a espera;
  • Se possível, tenha uma mala diferenciada, que iniba caso alguém queira furtá-la;
  • Mas caso sua mala seja mais neutra, identifique-a com adereços ou adesivos que a localizem rapidamente em meio às demais;
  • Se você pagou caro pela mala, guarde o recibo para comprovar o valor da peça;
  • Não se distraia na esteira enquanto espera sua mala, nem na saída dos aeroportos, enquanto espera pelo táxi ou pega seu carro.

Você já sofreu algum prejuízo com suas malas durante uma viagem? Conte a sua experiência nos comentários.

 

Leia os últimos posts do blog:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Polly Batista

Penso que todas as coisas são parte de mim. Procuro pelo mundo pedaços da minha alma escondidos em cada novo destino, cada pessoa, cada cultura, cada monumento. Os lugares me revelam o quanto sou pequena, ignorante e humana e, ao mesmo tempo, o quanto somos ricos, parecidos e divinos. Me sinto grata em redescobrir isso em cada viagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *