Início / Américas / América do Sul / Argentina / Cidades nos arredores de Buenos Aires que valem a visita

Cidades nos arredores de Buenos Aires que valem a visita

Existe vida além da capital da Argentina? Sim! Há cidades nos arredores de Buenos Aires muito bacanas, charmosas e cheia de atrações para todo o tipo de viajante. Alguns quilômetros de distância de Buenos Aires, você pode fazer um agradável passeio de barco pelo rio Tigre, visitar museus e uma das maiores igrejas gótica da América Latina, construções históricas, castelos. Dá também para dar um “pulo” no vizinho Uruguai, apenas cruzando um rio.

Já deu para perceber que as cidades perto de Buenos Aires também abrigam diversos passeios dignos de sua atenção. Quer conhecer esses destinos próximos de BUE e saber o que fazer nos arredores de Buenos Aires? Confira neste artigo ótimas opções.

Planeje sua viagem => Onde ficar em Buenos Aires

Melhor seguro viagem para América do Sul »

 

Arredores de Buenos Aires: o que ver

Arredores de buenos aires
Arredores de Buenos Aires oferecem muitas atrações.
  • Tigre
  • San Isidro
  • Villa Ocampo
  • La Plata
  • Colônia Del Sacramento

 

Tigre

Passeios pelos arredores de Buenos Aires
Cidade possui diversos canais que funcionam como se fossem ruas.

Tigre é uma cidade simpática e acolhedora, que fica nos arredores de Buenos Aires, na Argentina: são cerca de 30 quilômetros de distância da capital argentina. O carro-chefe entre as atrações encontradas na cidade, sem dúvida nenhuma, são os passeios de barco, mas há outros locais interessantes para conhecer.

Cortada pelo rio Tigre, a cidade possui diversos canais que funcionam como se fossem ruas. As casas costumam ter píer e muitos moradores não têm carro, apenas barco. Há também um barco-hospital, barco-escola e até barco-supermercado.

 Há passeios com diversos trajetos e durações variadas, sendo alguns mais curtos com duração aproximada de 45 minutos até outros mais longos, que chegam a ter 2 horas de percurso, como esse passeio de barco pelo Delta do Tigre.

O “ponto final” do passeio é o Delta, ponto de encontro entre os rios Tigre e da Prata (este último divide a Argentina do Uruguai) e um dos cinco maiores deltas do mundo, além de ser um dos pouco que não deságua no mar.

No caminho até o delta é cheio de diversas ilhotas que possuem pequenos parques. Essas ilhotas, inclusive, são excelentes locais para um piquenique aproveitando a natureza que o local disponibiliza. Em Tigre há também o Puerto de Frutos, local de onde parte a maioria dos barcos, mas que também abriga uma feira de móveis. Veja as opções de hotéis em Tigre, na Argentina.

 

Outros passeios em Tigre

Atraçoes nos arredores de Buenos Aires
Opção de passeio é o Museo de Arte | Foto: Roberto Fiadone, via Wikimedia Commons.

Dá para ir aos arredores de Buenos Aires já com o ingresso antecipado para o passeio em Tigre garantido por valores a partir de 1650 pesos argentinos (aproximadamente 176 reais) ou comprar diretamente no porto.

Dentre as atrações culturais, o destaque é o Museo Naval de La Nación, que contém 4 mil peças entre diversas réplicas de barcos e navios, todas conservadas em caixas de vidro. Há também alguns modelos de aviões antigos e armas que foram usadas na Guerra das Malvinas.

O ingresso custa 20 pesos e o museu funciona de terça a sexta, das 8h30 às 17h30, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h30 às 18h30.

Outras opções de passeio em Tigre são o Museo de Arte de Tigre (MAT) e o Museo de La Reconquista, este último é dedicado a contar a história por trás da reconquista de Buenos Aires, depois das invasões britânicas por volta de 1806.

O MAT funciona de quarta a sexta, das 9h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados, do meio-dia às 19h. O ingresso custa 50 pesos. Já o Museo de La Reconquista funciona de quarta a domingo ,das 10h às 18h e o ingresso custa 20 pesos.

 

Como chegar a Tigre

Cidade turística próxima a Buenos Aires
Estação de Tigre | Foto: Alejandra Belen Melis, via Wikimedia Commons.

É possível chegar a Tigre por meio de passeios programados que saem da capital de ônibus ou mesmo de bicicleta. Outra opção são os ônibus coletivos, a linha 60 liga Buenos Aires a Tigre. A tarifa de ônibus custa 10 pesos para trajetos de até 10 quilômetros e chegam a 11,75 para distâncias acima de 30 quilômetros, que é o caso de Tigre.

Uma opção bacana é ir de trem. Para isso, basta pegar o trem na Estação Retiro, Linha Mitre, e ir direto a Tigre em cerca de 1 hora. Dá também para sair da estação Olivos, também na Linha Mitre, e baldear para o Tren de La Costa. Essa viagem demora um pouco mais, cerca de 1h30.

As tarifas de trem, assim como as de ônibus, variam conforme a distância. Na Linha Mitre, por exemplo, a tarifa custa 6,75 pesos até 12 quilômetros percorridos e 10 pesos para viagens cerca de 24 quilômetros. Importante lembrar que os intervalos são maiores aos fins de semana e que tanto para ônibus quanto para trens é preciso ter o cartão SUBE (explico com obtê-lo no artigo de como se locomover em Buenos Aires).

Imperdível => Excursões em Buenos Aires

 

San Isidro

Lugares bonitas perto de Buenos Aires
Catedral foi construída em 1895 | Foto: HistoriaSabugo2, via Wikimedia Commons.

Às margens do Rio de La Plata, apenas 21 quilômetros de distância de Buenos Aires, está a cidade colonial de San Isidro. A principal atração é a Catedral de San Isidro, que serviu de cenário para uma das cenas mais bonitas do filme “O filho da noiva” (2001), indicado a melhor filme estrangeiro e ganhador do melhor filme pelo júri popular no Festival de Gramado.

Ainda com dúvidas sobre as atrações turísticas?
 

A catedral, que tem estilo neo-gótico, começou a ser construída em 1895 e ficou oficialmente concluída em 1906. Sua torre tem pouco mais de 68 metros de altura, semelhante a altura do Obelisco, em Buenos Aires. Fica localizada na Plaza Mitre, no centro histórico de San Isidro. A cidade é uma das paradas desse passeio de barco pelo Delta do Tigre.

Na cidade, há uma das feiras de artesanato mais antigas da Argentina. Ela é realizada na Plaza Mitre desde 1971, sempre aos fins de semana. Outra atração é o Museo Municipal Pueyrredón, que contém uma coleção de documentos, pinturas e mobiliário antigo argentino.

O museu funciona de terça a quinta, das 10h às 18h, sábados e domingos, das 14h às 18h (de março a outubro) e das 15h às 19h (de novembro a fevereiro). A entrada é gratuita.

 

Outras atrações de San Isidoro

Cidades perto de Buenos Aires que vale a pena conhecer
Feira de artesanato na Plaza Mitre | Foto: Tomas Manrique, via Wikimedia Commons.

Em San Isidro também há o Museo del Juguete, que se dedica a conservar tradições de jogos ao longo da história. O local conta com jogos e atividades de todos os tipos, desde jogos de tabuleiro aos modernos eletrônicos, e é perfeito para levar as crianças pelo seu apelo lúdico e educativo.

O Museo del Juguete fica na Calle General Lamadrid, 197. Funciona de quarta à sexta, das 11h às 17h, e aos sábados e domingos, das 13h às 17h. O ingresso custa 5 pesos.

Outra boa opção é conhecer o Hipódromo de San Isidro, um dos maiores da América Latina. Atualmente, o hipódromo também é palco, anualmente, do Festival Lollapalooza. Para aproveitar tudo isso, confira os hotéis em oferta em San Isidro.

 

Como chegar a San Isidro

Localizada no caminho entre Buenos Aires e Tigre, San Isidro é abastecida pelas mesmas linhas de trem. Para chegar a cidade, basta pegar o trem na Estação Retiro, Linha Mitre. Dá também para sair da estação Olivos, também na Linha Mitre, e baldear para o Tren de La Costa.

Dá para pegar, próximo à Casa Rosada, o ônibus 152 que segue em direção a Olivos – cidade também nos arredores de Buenos Aires. Aqui, vale reforçar o lembrete que para utilizar os transporte coletivos, como ônibus e trem é preciso ter o cartão SUBE.

Oportunidade => Espetáculos e musicais em Buenos Aires

 

Villa Ocampo

Argentina fora de Buenos Aires
Ponto de encontro de intelectuais | Foto: Beatrice Murch, via Wikimedia Commons.

Considerada patrimônio mundial pela Unesco, a Villa Ocampo vale certamente uma visita. O palacete de estilo italiano, hoje um museu, era a casa de veraneio da família Ocampo – uma das mais nobres do arredores de Buenos Aires no século 19.

Foi doada para a Unesco em 1973 pela escritora argentina Victória Ocampo, considerada até hoje uma das principais escritoras do país e militante dos direitos e do voto feminino, que recebeu a casa da tia e morou lá a partir da década de 1940.

Junto com a irmã, Silvina Ocampo, fundadora da editora Sur, a primeira a publicar o até então desconhecido Jorge Luís Borges, e diretora do Teatro Colón, transformou a casa em ponto de encontro de intelectuais. Ícones como os escritores Antoine Saint-Exupéry (autor de “O Pequeno Príncipe”), Aldous Huxley (autor de “Admirável Mundo Novo”), do poeta Pablo Neruda, do arquiteto Le Corbusier, entre outras personalidades.

Vai viajar e não contratou seu Seguro Viagem?
 

 

O que ver na Villa Ocampo

Pontos turísticos famosos perto de Buenos Aires
Casarão contêm objetos das irmãs | Foto: Roberto Fiadone, via Wikimedia Commons.

A visita à Villa Ocampo inclui a biblioteca com mais de 12 mil livros em vários idiomas e que tem uma vista lindíssima para o Rio de La Plata, além de outros cômodos do casarão que contam a história de Victória. Inclusive, com objetos pessoais, como os óculos de aro branco que eram sua marca, e documentos. A decoração das salas também é original.

O espaço ainda possui uma lojinha com livros e souvenirs, e um restaurante que serve refeições e chás com vista para o maravilhoso jardim. O museu fica na Calle Elortondo, 1837, em Beccar. Funciona de quarta a domingo, das 12h30 às 19h. O ingresso custa 90 pesos. As visitas guiadas acontecem às sextas em dois horários: 15h e 17h, e aos sábados, domingos e feriados em três horários: 14h, 16h e 17h.

 

Como chegar a Villa Ocampo

Para chegar a Villa Ocampo, pegue o trem na estação Retiro, na Linha Mitre, em direção a Tigre. Desça na estação Beccar, caminhe 7 quarteirões em direção a Calle  Uriburu, próximo ao Rio de La Plata, até a Calle Elortondo.

Pelo Tren de La Costa, baldeação que começa na estação Olivos, também na Linha Mitre, caminhe 5 quarteirões para a Calle Juan Bautista La Salle até a Uriburu. Qualquer que seja sua opção, a forma de pagamento será feita com o cartão SUBE. Não se esqueça!!

Confira => Tours guiados para visitar a Casa Rosada

 

La Plata

Como chegar a La Plata de Buenos Aires
Catedral da Imaculada Conceição | Foto: Gustavo Marcelo Farias, via Wikimedia Commons.

Também bem próximo à capital da Argentina, são aproximadamente 56 quilômetros de distância, se encontra a capital da província de Buenos Aires, a cidade de La Plata, que pode ser conhecida em uma excursão turística para La Plata.

Antes que você fique confuso, vamos explicar: Buenos Aires é um distrito federal ou ciudad autônoma, como eles chamam, como a cidade de Brasília. Assim ela é a capital do país. Mas, além da cidade de Buenos Aires, existe a província, que é formada por diversas cidades. É como se São Paulo e as cidades da Região Metropolitana fossem uma província.

E, no caso da província de Buenos Aires, sua capital é La Plata. A cidade, inclusive, foi criada para isso. Ela foi fundada no final do século XIX (1882) para servir de capital da província, logo após Buenos Aires ter sido elevado a distrito federal. Confira opções de hospedagem em La Plata.

 

O que ver em La Plata

Visitar La Plata de Buenos Aires
Museu tem mais de 3 milhões de peças | Foto: Jpbarletta, via Wikimedia Commons.

Dentre suas atrações está o Museo De La Plata, que é o maior museu de Ciências Naturais da América Latina e foi fundado em 1884. O acervo do local conta com mais de 3 milhões de peças das áreas arqueológicas, antropológicas, geográficas, geológicas, entre outras.

Entre suas peças, tem como destaque seus fósseis de mamíferos, como um mastodonte, peças do Império Inca e egípcias do templo do faraó Ramsés II e ainda três múmias com cerca de 3 mil anos de idade. Além de uma biblioteca com mais de 32 mil volumes.

O museu fica no Paseo del Bosque, sem número. O funcionamento é de terça a domingo, das 10h às 18h. O ingresso custa 50 pesos, mas é gratuito às terças e também para crianças menores de 12 anos e idosos. As visitas guiadas são de terça a sexta (15h), sábados e domingos (11h, 13h, 14h e 16h) e feriados (14h às 16h).

Pensando na viagem e não sabe como começar?
"Quero Viajar Mais", o livro, por R$ 14,95 »
Ganhe 10% OFF no Seguro Viagem + bônus!
 

Outro destaque é a Catedral de Imaculada Conceição, que é a maior construção gótica da América Latina. A torre com 112 metros de altura é um belo mirante, onde dá para observar toda a região. Ainda na catedral, há um museu contando a história da sua construção.

 

Mais sobre La Plata

Passeio nos arredores de Buenos Aires
Estádio é o mais moderno da Argentina| Diego Soto, via Wikimedia Commons.

A cidade também é muito conhecida por sua Universidade Nacional de La Plata que recebe alunos de todos os cantos do mundo e pelo Estádio Único de La Plata, considerado o mais moderno da Argentina. Lá são realizados os jogos do time Estudiantes e também shows internacionais como o ex-beatle, Paul McCartney.

Uma opção para crianças pequenas (até 10 anos) é a República de Los Niños, uma cidade com todas as construções normais, como casa, igreja, ruas, comércio, mas em tamanho miniatura. São 35 prédios.

Além de um parque de diversão com carrossel, pedalinho, barco pirata, entre outros brinquedos. A República de Los Niños fica na Calle Manuel Gonnet e funciona de segunda a sexta, das 10h às 18h, e aos sábados, domingos e feriados das 9h às 19h. O ingresso custa 20 pesos.

 

Como chegar a La Plata

Para chegar até à cidade de La Plata, o viajante pode optar pelo ônibus. O percurso é de aproximadamente 1 hora. Você pode pegar as linhas Costera e Plaza, que saem da Rodoviária do Retiro, uu a Linha 129 que passa no Centro de Buenos Aires. Se a opção for o trem, basta optar pelo Ramal Roca saindo da estação Constituición. Não se esqueça que o transporte público nos arredores de Buenos Aires utiliza o bilhete único local (cartão SUBE).

 

Colônia Del Sacramento

Excursões nos arredores de Buenos Aires
Colônia Del Sacramento é considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

Apesar de não estar situada na Argentina, o que separa a uruguaia Colônia Del Sacramento dos arredores de Buenos Aires é apenas o Rio de la Plata. São 50 quilômetros entre as duas cidades. Colônia é uma das cidades mais charmosas da República Oriental do Uruguai e considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Tem até excursão até Colonia del Sacramento de Buenos Aires

O centro histórico da Colônia é parte essencial de seu espetáculo, a cidade foi fundada em meados do século XVII e conserva boa parte da arquitetura da época, assim como as ruas de pedras – que fazem muito viajantes a compararem com Paraty, no Rio de Janeiro. Não deixe de visitar a Calle de los Suspiros e o Farol, que são cartões postais da cidade e ajudam a compor o clima do local. Além dos diversos mirantes no Rio de La Plata localizados na cidade. Saiba tudo o que fazer em Colonia del Sacramento.

Há ainda alguns museus que contam a história da cidade e a influência nas colonizações espanhola e portuguesa, como o Museo de Azulejos, que possui mais de três mil peças em cerâmicas. A casa que abriga o museu foi construída em 1750 por portugueses e ainda possui paredes e pisos originais. Localizado na Calle Misiones de Los Tapes, funciona de terça a domingo, das 12h15 às 17h45. O ingresso custa 15 pesos e permite visitar vários museus.

 

Como chegar a Colônia Del Sacramento

A principal forma de se chegar até a cidade é de barco. Esse serviço é oferecido basicamente por três empresas: Buquebus, Colônia Express e SeaCat. As três empresas oferecem diversos horários e preços, que variam de acordo com o dia e a categoria escolhida. Algumas, ainda possuem free shop que funciona durante o trajeto.

Demais => Passeios pelo Puerto Madero

 

Conheça cidades perto de Buenos Aires

Passeios que valem a pena perto de Buenos Aires

Talvez, em sua primeira viagem à capital portenha, nem mesmo sobre tempo para conhecer os arredores de Buenos Aires. Mas, sem dúvida alguma, caso seu tempo permita, passear pelos arredores de Buenos Aires irá valer cada minuto.

Os museus, que contam grande parte da história do país, e suas catedrais e cidades coloniais têm o poder de nos levar em uma viagem pelo tempo.

Tem alguma sugestão de cidade nos arredores de Buenos Aires? Conte nos comentários.

 

Confira mais artigos sobre a Argentina:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Carolina Brusarosco

Jornalista, pós-graduada em Jornalismo Literário, sagitariana e cheia de paixões distintas. De origami a astronomia, de pets a romances de Jane Austen. Uma das maiores paixões é escrever sobre turismo. Sonha em fazer o Caminho de Santiago de Compostela, conhecer todos os continentes e (quando tiver) levar seus filhos para mochilões mundo afora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *