Camping selvagem na praia: técnicas, itens e segurança

por Nelson Aprobato Filho

Camping selvagem na praia: técnicas, itens e segurança

Quando rememoro a primeira vez que pratiquei camping selvagem na praia, as lembranças de acampamento que tive no Brasil são inesquecíveis. Era iniciante e dois sentimentos foram marcantes: uma incrível sensação de liberdade e, ao mesmo tempo, uma certa insegurança. Será que as técnicas de camping que conhecia, ou melhor, que estava aprendendo, eram adequadas?

Fomos em um grupo. O local escolhido foi uma praia em Bertioga, no litoral Norte de São Paulo. Essa experiência aconteceu faz muito tempo e havia menos restrições para a prática de camping selvagem na praia. Isso mudou.

O que não se alterou são as técnicas básicas de camping dessa modalidade. Quando acampei em Bertioga, não prestei atenção a uma delas, pois não tinha muitas dicas de acampamento.

Chegamos, vislumbrei um lugar que achei “perfeito” (mesmo iniciante, eu era o mais veterano) e montamos as barracas. Com a beleza das ondas, veio também a maré cheia, que foi enchendo.

Se você me perguntasse: quais são as principais dicas se eu estiver planejando um acampamento selvagem na praia? E seu eu quiser acampar em uma praia deserta? A primeira seria sobre segurança. Em seguida diria a você: antes de montar a barraca, saiba o movimento das marés.

Planeje-se => Hotéis históricos no Brasil

Seguro viagem para contratar no Brasil »

Camping Selvagem na praia: o que preciso saber?

camping na praia
Pensar em todos os detalhes é crucial antes de acampar em qualquer praia.

Como em qualquer modalidade de acampamento selvagem, o camping na praia tem uma série de detalhes que você precisa saber antes de colocar o pé e a barraca na areia. Conhecer certos detalhes, pode evitar tanto que você tenha a barraca levada pelo vento ou pelo mar, como o seu pé (ou outras partes do corpo) incomodado pela natureza selvagem.

Em uma das viagens que fiz para Trancoso, na região sul do litoral da Bahia, eu e um amigo resolvemos fazer a tradicional caminhada até Arraial d’Ajuda.

São doze quilômetros, decidimos ir bem cedo e retornar no final da tarde. Planejamos detalhadamente porque sabíamos que seriam vinte e quatro quilômetros sob o sol do verão da Bahia. Aliás, não deixe de conhecer as praias do litoral Sul da Bahia.

Levamos água e comida leve. Não nos esquecemos nem do protetor solar, dos óculos escuros e muito menos do bom e velho chapéu ou boné que acompanha os praticantes de camping selvagem. Pegamos informações sobre o horário das marés, sobre os trechos que ficam bloqueados e conseguimos dicas importantes sobre os níveis de segurança do trajeto.

Saímos de Arraial e chegamos nas praias de Trancoso, deslumbrados pela experiência da ida e imaginando como seria a volta, caminhando ao pôr-do-sol.

Partimos para a segunda caminhada. Se pela manhã, apesar do calor, uma brisa fresca foi nossa companheira, ao entardecer fizemos duas novas e importantes descobertas para os praticantes de caminhada e camping selvagem na praia:

  • Primeira: no nosso planejamento faltou apenas um item: repelente para insetos.
  • Segunda: quando estávamos planejando a caminhada, nos esquecemos de perguntar se no percurso havia muitos mosquitos ou pernilongos ao entardecer.

Se tivéssemos nos informado, saberíamos que depois de termos caminhado mais de vinte quilômetros, teríamos que fazer um bom trecho correndo, pois bem perto de Arraial fomos surpreendidos por um ataque de mutucas.

Chegamos exaustos na barraca, com os pés doloridos e picados, mas com uma ótima história para contar depois de caminhar (e correr) entre essas duas lindas praias do Nordeste.

Alguns anos depois fiz novamente a mesma caminhada. As mutucas continuavam “morando” próximas a Arraial d’Ajuda, mas eu já sabia delas. Já sabia também, com mais detalhes, o que precisaria no momento em que estivesse planejando um acampamento selvagem.

7 detalhes importantes sobre camping na praia

acampar em praia deserta
Praias desertas exigirão o dobro de sua atenção com o planejamento.
  • Disponibilidade de água doce
  • Praia deserta ou praia com alguma infraestrutura
  • Praias proibidas e praias liberadas para acampamento
  • Segurança em acampamento na praia
  • Técnicas de camping selvagem na praia I: três equipamentos essenciais
  • Técnicas de camping selvagem na praia II: alguns itens para nunca esquecer
  • Técnicas de camping selvagem na praia III – onde montar acampamento

Saber esses sete detalhes com antecedência, ou seja, incluí-los de forma consciente em seu planejamento, é a “fórmula mágica” para que seu camping em praia dê certo, seja prazeroso e que se realize por completo. Confira dicas importantes para planejar uma viagem barata.

Você pode me perguntar: mas não é comum acontecerem imprevistos em camping selvagem? Direi a você: sim, é comum. Mas, se você souber com antecedência esses sete detalhes, será muito mais fácil e rápido resolver os imprevistos.

Disponibilidade de água doce

Pessoalmente, coloquei em primeiro lugar esse detalhe, porque a falta de água doce em um acampamento selvagem numa praia deserta pode significar, em muitos casos, o imprevisto dos imprevistos.

A água doce é fundamental para qualquer modalidade de acampamento, mas para fazê-lo na praia eu digo que é vital. Confira as principais dicas para praticar camping selvagem.

Por uma série de fatores considero o camping selvagem na praia aquele que exige maiores habilidades dos praticantes. Habilidades no momento do planejamento e no momento do acampamento são necessárias, pois a tranquilidade litorânea muitas vezes pode enganar aqueles que não fizeram um bom planejamento.

Uma coisa, que não deixa de ser incômoda, mas que é suportável, é tomar um banho de mar, ficar com sal e areia no corpo e não poder tomar um banho de água doce.

Outra coisa, muito mais do que incômoda, literalmente insuportável, é você estar numa praia deserta, sentir sede e não encontrar uma gota de água doce. Certa vez, em um acampamento que não era em praia deserta, mas que o comércio próximo tinha horário para fechar, senti esse segundo incômodo bem de perto.

Era de madrugada e acordei com uma sede típica do deserto; a reserva de água tinha acabado e o comércio há muito fechara. Pensei comigo mesmo: em se tratando de água havia apenas duas opções: a salgada do mar, ou o gelo derretido da caixa de isopor. Confira quais os melhores lugares para camping selvagem em SP.

Para um camping selvagem em praia nunca deixe de saber se há disponibilidade de água doce no destino escolhido. Água doce potável para beber; se não houver, fique atento ao suprimento que levará. Água doce para tomar banho. Essa pode ser de cachoeira, é até melhor.

Praia deserta ou praia com alguma infraestrutura

Se você quiser praticar camping selvagem é de extrema importância saber se o destino programado é uma praia deserta ou uma praia que tem, nas proximidades, comércio, banheiro, chuveiro…

Se a sua escolha recaiu sobre a segunda opção, a falta de certos itens em sua mochila pode ser mais facilmente resolvida. Foi cozinhar e percebeu que esqueceu o sal? Foi caminhar na praia e não reparou naquela concha cortante? Próximo da praia em que você estava tinha um comerciante que além de sal, vendia antisséptico, algodão e gaze. Confira onde fazer camping selvagem em Santa Catarina.

Mas, numa praia deserta você não terá essa facilidade. Ou você inclui, no checklist de seu planejamento, comida e água suficientes para os dias que vai acampar, ou você passará fome e sede; não tendo comerciante, o seu kit de primeiros socorros deve ser montado com mais atenção.

Praias proibidas e praias liberadas para acampamento

melhores praias para acampar
Assegure-se que a praia escolhida é liberada para acampar.

Imagine a seguinte situação: alguém falou para você que existe uma praia paradisíaca distante a 250 km. Você viu fotos e leu rápidos comentário, o feriadão está próximo e você não quer perdê-lo.

Convida um amigo e uma amiga. Eles aceitam. Fazem um quase planejamento. Na correria, pegam o que dá. Quase que não deu tempo, mas, mesmo cansados, e um pouco estressados, conseguem chegar no primeiro dia do longo feriado. Agora é só aproveitar. Saiba também quais são as melhores praias de nudismo no Brasil e no mundo.

 
Procurando opção de turismo sustentável para viajar no Brasil?

A melhor alternativa é participar de expedições em unidades de conservação com profunda interação com a natureza e imersão nas comunidades locais, através do turismo de base comunitária e voluntariado.

Conheça as vivências organizadas pela Vivalá, negócio social que tem a missão de ressignificar as relações das pessoas com o turismo no Brasil. Algumas vantagens de viajar com a Vivalá:

  • Ajudar a fortalecer pequenos negócios regionais;
  • Vivenciar experiências em comunidades locais;
  • Voluntáriado em comunidades ribeirinhas e indígenas;
  • Reserva flexível e viagens em feriados.
 
   

Ao chegarem são recepcionados por um funcionário da estação ecológica. Estação ecológica? Foi a primeira pergunta, que quase emendou com a segunda: mas não é uma praia paradisíaca e deserta? Ao saberem que sim foi um alívio.

Terceira pergunta: qual o melhor lugar para acampar? Resposta inesperada: é proibido acampar dentro da estação ecológica. Ao saberem disso, desânimo e fim do feriadão.

No Brasil, muitas vezes é difícil saber quais regras valem para cada local sem consultar cada um deles. Escolha o local, no caso uma praia, e mãos à obra; geralmente é mais fácil começar consultando as prefeituras para descobrir os locais permitidos para camping selvagem.

Outra fonte é a internet. É sempre bom saber da reputação, seriedade e profissionalismo do site ou do blog consultado.

Cuidado: você pode encontrar muita opinião desencontrada e desatualizada; as regras são muitas e mudam muito frequentemente.

Segurança em acampamento na praia

acampar na praia
Ficar tão perto do mar não será seguro caso a maré suba.

Quando se fala em segurança em camping selvagem, você deve saber que todo cuidado é pouco.

Se você é aquele tipo de pessoa que sempre quer viajar mais acampando, deve sempre saber muito sobre segurança, para evitar acidentes. Segurança contra a criminalidade. São os dois pilares de sustentação para todo viajante que quer acampar.

Durante um período, faz algum tempo, permitia-se praticar camping selvagem nas praias da Ilha do Mel, no litoral do estado do Paraná.

Acampei nessa bela ilha paranaense em duas ocasiões, sendo que na segunda não atentamos para um item de segurança, que não fazia parte do nosso planejamento, mas estava ligado à infraestrutura do local.

O fato aconteceu no início do retorno e a única forma de entrar e sair da ilha é por pequenas embarcações. A que pegamos era do tipo em que motor fica mais ou menos no centro e os passageiros acomodam-se ao redor; estávamos em um pequeno grupo de amigos e assim que embarcamos, com alguns de nós ainda em pé, o barco começou a se movimentar rumo ao continente.

Nem eu, nem meus amigos, nem os outros passageiros havíamos reparado em um pequeno detalhe da embarcação. Em cima do motor, que era fechado em uma caixa de madeira, subia o cano do escapamento, que era protegido por um material isolante para evitar queimaduras.

A embarcação não era nova e a manutenção não estava em dia. Em determinado momento, depois um pequeno balanço, um de nós se desequilibrou e colocou a mão justamente na parte do escapamento que não tinha proteção.

Você pode me perguntar: foi culpa de vocês, do planejamento de segurança que fizeram? Não, não foi culpa nossa, mas devíamos ter prestado mais atenção nos detalhes de segurança da embarcação para evitar acidentes. Ainda bem que estávamos voltando.

Segurança em camping selvagem em praia também envolve prestar atenção nos índices de criminalidade de cada destino escolhido.

Os dados e informações mudam com muita frequência e nem sempre as fontes são confiáveis; mesmo assim, sempre procure se informar e sempre procure os canais de maior credibilidade.

Certa vez, três amigos foram acampar na Praia Vermelha, uma das principais praias em Ubatuba, em São Paulo. Montaram a barraca na praia e todos resolveram caminhar e entrar no mar com a praia totalmente deserta. Olharam em volta, não avistaram ninguém. Fecharam a barraca com tudo dentro, enterraram as carteiras com os documentos e dinheiro e saíram.

Voltaram para São Paulo de carona, camiseta, bermuda e chinelo. A barraca, para alegria de meus amigos, foi o único objeto poupado. Como disse no início: quando se fala em segurança em camping selvagem, você deve saber que todo cuidado é pouco.

Técnicas de camping selvagem na praia

1) Equipamentos essenciais

Ao acampar numa praia, nunca se esqueça, em seu planejamento, que você terá que montar a barraca – na maior parte das vezes – na areia; portanto lembre-se que a areia é fofa e isso exige técnica.

Saiba que os espeques para fixação de barracas variam conforme o tipo de terreno em que serão utilizados.

Se você não prestou atenção e levou os espeques errados, provavelmente sua barraca será levada pela primeira ventania mais forte, como um guarda-sol mal fixado. Confira também dicas para camping selvagem na montanha.

   

Geralmente na prática de camping selvagem em praia não há muitas opções de sombra. Você fica muito mais exposto ao sol e à chuva do que em outras modalidades; sabendo disso é importante juntar ao seu equipamento uma lona, uma corda e espeques sobressalentes.

Com esses itens, facilmente você monta uma extensão à sua barraca. Se ela for pequena, essa extensão serve como uma espécie de sala, cozinha ou quintal; o mais importante é ter mais uma proteção contra o calor e contra a chuva

2) Itens para nunca esquecer

Além da água doce, alguns outros itens devem ter lugar reservado em sua mochila quando o destino é uma praia, deserta ou não. O sol inclemente, além de água, exige protetor solar, óculos escuros, chapéu ou boné, roupa leve e calçado confortável.

Saiba sempre que perto de praia é comum ter mangue; tanto em praia como em mangue tem muito inseto que pica, mas que não gosta de repelente. Leve-o em quantidade suficiente para os dias que pretende ficar.

O camping selvagem na praia proporciona menos acidentes do que em modalidades como montanha ou mata fechada. Mas nem por isso os imprevistos deixam de acontecer. Conheça também as principais praias do litoral Norte de São Paulo

Tenha sempre por perto um kit de primeiros socorros. Melhor ainda se um dos praticantes que estiver com você, ou você mesmo, souber alguns procedimentos de emergência.

3) Onde montar o acampamento?

Como disse no início desse artigo, antes de montar o acampamento e principalmente a barraca, é importante saber o movimento das marés.

Mesmo sabendo isso, procure sempre os locais mais elevados e, se possível, aqueles com alguma vegetação; mas nunca embaixo de um coqueiro.

Além do terreno proporcionar maior sustentação para a fixação da barraca e maior proteção contra o vento, proporciona também menor sensação de calor.

Entre escolher um local muito isolado e outro com um maior número de barracas, opte pelo meio termo ou por uma maior proximidade. Sempre respeitando as individualidades; pode ser mais seguro e você pode precisar ou proporcionar alguma camaradagem.

Dicas para camping selvagem na praia

  • Raios: a incidência de raios em praias é muito alta. Ao primeiro sinal de tempestade, não hesite: procure o acampamento, proteja-se da melhor forma na barraca e evite se movimentar.
  • Chuva: em acampamento em praia, as chuvas podem também ser fracas, prolongadas, persistentes. Se resistir e resolver ficar e esperar que passe, será uma excelente oportunidade para longas conversas; se o assunto acabar, não desanime, até porque o camping selvagem combina perfeitamente com leitura. Leve seus livros favoritos!
  • Sol: mesmo abusando do protetor solar, você nunca deve se expor intensamente ao sol, pois há um limite muito tênue entre a sensação de bem-estar que ele proporciona e o incômodo que ele pode causar. No prazer de praticar camping selvagem, muitas vezes não percebemos quando estamos ultrapassando esse limite.
  • Areia: o pé na areia na praia é uma sensação gratificante, mas a areia dentro da barraca, principalmente em seu equipamento para dormir, pode se tornar uma tortura. Procure deixar sua barraca sempre organizada, fechada e limpa.
  • Mar: sempre que me perguntam sobre os maiores riscos em camping em praia, uma das coisas que sempre respondo é: use o mar com moderação. E nunca deixo de acrescentar: sua beleza e atração podem ser fatais.; mas, usando com consciência, é sempre uma experiência mais do que gratificante.
  • Comida e bebida: quando você estiver planejando um acampamento selvagem em uma praia, no verão, lembre-se de dois princípios: alimentação leve e hidratação constante. E nunca se esqueça dessa fórmula: praia deserta + mar + comida pesada + excesso de álcool + color excessivo = muito mais do que uma simples ressaca, para usar um termo que também pertence ao universo das praias.
  • Ressaca do mar: em minhas dicas para acampamento em praia, sempre ressalto a necessidade de dar importância às ressacas; elas não são tão frequentes, mas acontecem. Ao escolher um local para o acampamento, leve-as sempre em consideração e tenha sempre uma estratégia de ação rápida caso apareçam.
  • Lixo: uma das regras básicas do camping selvagem é não deixar nos locais nenhum tipo de lixo industrializado; isso vale também para o acampamento em praia. Se você gosta ou se interessa pela modalidade, provavelmente respeita o meio ambiente natural. Se encontrar algum que não é seu, retire-o da praia.
  • Animais e plantas: acampar em praia é uma oportunidade única para conviver com essas criaturas únicas, porém jamais interferir. Pode ser perigoso para você e danoso para eles.
  • População local: se você praticar camping selvagem em praia, muito provavelmente conhecerá pessoas que moram nas proximidades. Fazer novos amigos abrirá um leque de descobertas para você; descobertas, inclusive, que podem ser valiosas para aprimorar suas técnicas de camping selvagem.

Vale a pena fazer camping selvagem na praia

Durante um período da minha vida, o prazer de acampar era tanto que podia ser comparado com o prazer do cinéfilo. Escolhia o “filme” e partia.

Várias vezes saí para acampar às três horas da tarde de um sábado, tendo que retornar no dia seguinte; acampava-se por algumas horas. Nesse caso sempre escolhíamos lugares conhecidos.

Não há dúvidas que vale a pena fazer camping selvagem na praia sempre que houver um planejamento bem feito. Se você planejar em detalhes os itens segurança, hidratação, alimentação, informação e técnicas de camping em praia, dificilmente seu acampamento se transformará num “castelo de areia”.

Para finalizar, recomendo o artigo sobre os destinos de ecoturismo no Brasil, com dicas fundamentais para se aventurar nos principais destinos naturais brasileiros.

E você, onde pretende praticar camping selvagem na praia? Já se aventurou em algum e tem mais alguma dica? Deixe sua resposta nos comentários!

Até + !!!

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Nelson Aprobato Filho

ESCRITO POR

Nelson Aprobato Filho

Nelson Aprobato Filho, doutor em História e há muitos anos envolvido no universo que mescla leitura e escrita, viagens e paisagens; pessoas, fauna e flora. Esse universo, que se recria e se completa constantemente, vem sendo formado por experiências e trocas estabelecidas nos planos pessoal e profissional, no Brasil e no exterior

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Hotéis Fazenda

Veja as melhores opções de hotéis fazenda no Brasil

#02
Icone
Atrações

Explore os lugares turísticos mais famosos entre os turistas

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#05
Icone
Principais Praias

Descubra quais são as praias mais incríveis para curtir o dia

#06
Icone
Lua de Mel

Todas as dicas para você planejar a lua de mel dos sonhos

#07
Icone
Ecoturismo

Explore os principais destinos para fazer ecoturismo

#08
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#09
Icone
Lugares Baratos

Confira a lista de destinos econômicos para viajar no Brasil

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Hotéis Fazenda

Veja as melhores opções de hotéis fazenda no Brasil

#02
Icone
Atrações

Explore os lugares turísticos mais famosos entre os turistas

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#05
Icone
Principais Praias

Descubra quais são as praias mais incríveis para curtir o dia

#06
Icone
Lua de Mel

Todas as dicas para você planejar a lua de mel dos sonhos

#07
Icone
Ecoturismo

Explore os principais destinos para fazer ecoturismo

#08
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#09
Icone
Lugares Baratos

Confira a lista de destinos econômicos para viajar no Brasil

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do post

  1. igor

    Excelente artigo! Sabe dizer se existe um mapa de praias desertas do Brasil onde é possível fazer camping?

  2. Polly Batista

    Oi, Igor. Que bom que gostou! Talvez, esses posts te ajudem, pois ainda não temos um só sobre praias desertas: Camping Selvagem em SP e Melhores praias do Brasil. Boa sorte!