Camping Selvagem na montanha: dicas e como fazer o seu

por Nelson Aprobato Filho
Curtiu o artigo?

Camping Selvagem na montanha: dicas e como fazer o seu

Praticar camping selvagem na montanha requer não só habilidades diversas, mas, principalmente, resistência física e atenção redobrada. Como disse em outro post, é diferente de acampar em praias desertas, que exige somente habilidades dos praticantes.

Resistência para enfrentar intempéries climáticas, subidas e descidas íngremes e longas. Atenção para os detalhes. Para todos os detalhes. Dos grandes aos mínimos.

Dos lugares para acampar no Brasil, um dos mais interessantes que conheci é a Pedra Grande, em Atibaia, São Paulo. Essa é uma das mais lindas cidades do interior de SP. Na segunda vez que me aventurei, minha resistência física e minha atenção aos detalhes foram colocadas à prova como em nenhuma outra situação. Começo este post pela narração dessa experiência.

Hoje não é permitido acampar na Pedra Grande, mas as dicas servem para outros destinos. Sempre existirá uma montanha no caminho de quem acampa, e sempre haverá lugares para acampar de graça.

No Brasil, é possível encontrar lugares para camping selvagem no Rio Grande do Sul, na Bahia, Rio de Janeiro ou na Chapada dos Veadeiros. Procure também pela região de Belo Horizonte ou a antiga cidade paulista de Sorocaba.

Se estiver planejando um acampamento selvagem e se o seu destino for uma montanha, você é meu convidado para ler e comentar esse texto.

Planeje-se => Melhores carros para viajar pelo Brasil

Seguro viagem no Brasil »

 

Camping selvagem na montanha: o que preciso saber?

Para praticar camping selvagem na montanha é preciso saber que você estará sempre aprendendo. Mesmo se achar que já sabe tudo, esteja sempre preparado para aprender algo mais.

Quando fui para a Pedra Grande, no Estado de São Paulo, pela segunda vez, muitos anos atrás, achava que já sabia tudo sobre acampar em uma montanha. Não sabia. Enganei-me, mas aprendi. Saiba mais agora!

CLIQUE AQUI para agendar os melhores passeios no Brasil »

 

Minha experiência em Pedra Grande

camping selvagem na montanha

Eu e um grupo de três pessoas resolvemos acampar durante um final de semana. Começamos a caminhada montanha acima às 22 horas. Até a metade do percurso, o nosso rendimento estava muito bom e dentro do planejado. Mas, a partir dali, as coisas começaram a mudar.

Quando falo em “coisas”, refiro-me especificamente às “coisas climáticas”. De um clima ameno e agradável, começamos a ser fustigados por um vento forte e frio. Mas já tínhamos subido mais da metade. Não valeria a pena recuar.

Além de frustrante, se desistíssemos não saberíamos como seria aquela nova experiência. Após o replanejamento para considerar como seria um camping selvagem na montanha, com possível vento, resolvemos continuar.

Será que não seria melhor desistir? Sugeri. Os outros três responderam juntos: não! Continuamos, mas poderíamos ter tido alguns problemas. Por isso, quem faz acampamento selvagem deve fazer um seguro viagem para esportes radicais.

 

A montanha de Pedra Grande

atibaia sao paulo

Se você já percorreu as trilhas de subida para a Pedra Grande, provavelmente lembra de como elas são. Não são de grande dificuldade, nem muito longas. Você deve recordar-se também em que ponto da montanha você atinge o cume.

Eu divido a Pedra Grande em três setores.

  • Platô principal: Onde se concentra a maior parte dos visitantes. É da extremidade desse platô, que dá vista para a cidade de Atibaia e outras cidades da região, que os praticantes de voo livre realizam suas decolagens.
  • Lado direito: É a parte mais alta, formada por várias rochas, incluindo a Pedra Rachada. Esse era o local preferido para o camping selvagem na montanha. Além de sombra, tem uma vegetação rasteira e partes do solo é de terra, o que facilitava a montagem das barracas.
  • Lado esquerdo: a formação rochosa assemelha-se a uma “crista”. Tem mais ou menos um metro de largura. A trilha que optamos por subir termina à esquerda dessa formação. Para atingirmos o platô central e o segundo setor, tivemos que atravessar essa “crista”.

 

Ensinamentos de camping selvagem na montanha

camping selvagem na montanha

Vista e percorrida de dia, a travessia não oferece grandes riscos. Mas, se for encarada em uma noite escura e com fortes ventos, a situação pode ser um pouco mais crítica. Foi essa a situação que enfrentamos ao iniciar a travessia. O vento estava tão forte que, em determinado momento, a única forma de não sermos arrastados foi nos deitarmos no chão.

Ficamos nessa posição até que o vendaval diminuiu de intensidade. Na primeira chance, sem enxergarmos quase nada, nos segurando uns aos outros, quase agachados, conseguimos atravessar a “crista”. Atravessamos sem que nenhum de nós tenha sido lançado montanha abaixo. Mas foi por pouco.

Naquele momento relembrei aos meus amigos a sugestão que eu havia dado no meio da trilha: teria sido melhor desistir do acampamento. Essa é a primeira, das quatro principais sugestões que você precisa saber se você estiver planejando um acampamento selvagem na montanha.

 

Planejando acampar na montanha

  1. Saiba o momento de desistir
  2. Resistência física
  3. Atenção redobrada
  4. Comece gradativamente

Para todo praticante de camping selvagem na montanha, essas sugestões representam quase um manual de sobrevivência. Uma espécie de lista que você deve entender na íntegra, porque é na íntegra que ele realmente funciona.

Isso significa que os quatro itens estão em total correlação uns com os outros. É como um daqueles relógios mecânicos. Sem uma das inúmeras peças, ele simplesmente para.

 

1. Saiba o momento de desistir

saber desistir

Voltemos ao nosso segundo acampamento na Pedra Grande. Além da mudança brusca do clima, que comentei acima, logo no início da subida um dos componentes do grupo lembrou que tinha esquecido sua lanterna. Como até aquele momento o céu estava aberto e a lua quase cheia, achamos que não teríamos problemas em continuar.

Primeiro de nossos erros comuns de viajantes. O segundo erro foi não respeitar a mudança climática. Se o tempo já não estava bom no meio da subida, quando chegamos na “crista” literalmente levamos uma topada do vento. No topo da montanha tínhamos a impressão de que o vento vinha de todos os lados.

Primeira tentativa de montar a barraca: uma ventania quase levou barraca e espeques. Segunda tentativa: os espeques dessa vez ficaram, mas as costuras da barraca não resistiram. Terceira tentativa: encontrar um abrigo na própria montanha. Encontramos um quase abrigo.

Mas, logo sentimos outra falha em nosso planejamento. Ao invés de sacos de dormir, levamos colchonetes. Sentimos muito frio e decidimos preparar uma refeição. Não preciso descrever as tentativas para acender o fogareiro. Jantamos barras de cereal. Passamos o resto da madrugada cochilando nesse improvisado abrigo.

O acampamento selvagem que era para durar um final de semana, se resumiu a algumas horas repletas de ventania. Mesmo exaustos, conseguimos retornar bem. Essa foi a experiência de camping selvagem que mais aprendi. O principal aprendizado, sem sombra de dúvidas, foi saber a importância de saber desistir.

 

2. Resistência física

camping selvagem na montanha

Os erros que cometemos na Pedra Grande só não tiveram mais consequências porque estávamos bem fisicamente. Sabíamos disso no momento que planejamos o acampamento. Você pode me perguntar: mas mesmo sabendo antecipadamente que minha condição física está boa, eu não posso ter algum problema durante a viagem? Sim, pode.

Mas se a sua resistência estiver boa, será mais fácil resolver o problema. Camping selvagem na montanha é, com certeza, das modalidades de acampamento aquela que exige mais condição física dos praticantes. Se tiver alguma dúvida quanto a isso, melhore seu condicionamento físico antes e faça o planejamento com segurança.

Geralmente, para atingir o topo da montanha, você terá que subir longas, acidentadas e íngremes trilhas. Para retornar, terá que descê-las. Portanto, montanha, trilha e acampamento só se completam com uma boa resistência física. Não se esqueça que trilha na montanha muitas vezes se transforma em escada.

Algumas vezes, em escada sem degraus e sem corrimão. Lembre-se também que você estará subindo ou descendo por horas com uma pesada mochila nas costas. Assimile: não raramente você poderá fazer tudo isso sob um sol escaldante, um escuro absoluto, uma chuva incessante, um frio cortante e um vento estonteante. Experiência inesquecível.

Certa vez, em Visconde de Mauá, Rio de Janeiro, senti um certo cansaço antes de começar, mas fui. Parada para almoço. Imediatamente depois de comer, uma indisposição estomacal que me derrubou. Mas todos comeram a mesma comida! O problema não foi a comida, foi a minha condição física que não estava boa.

   

Consegui, com muita ajuda, retornar para o acampamento, mas levei isso como um aprendizado. Além de se preparar e saber que está com boa condição física, é preciso ouvir o seu corpo, uma vez que mesmo preparado algum fator externo (clima e comida, por exemplo) podem atrapalhar seu desempenho.

 

3. Atenção redobrada

atenção na montanha

Com as experiências que tive, aprendi, entre outras coisas, que camping selvagem na montanha é, antes de tudo, a fina arte da atenção redobrada. Geralmente, os praticantes de camping selvagem são pessoas que têm uma espécie de percepção aguçada. Alguns são detalhistas ao extremo.

Esse nível de atenção espraia-se por duas vertentes principais. Atenção para as questões de segurança e para os deslumbrantes macro e micro detalhes do mundo natural. Se você já foi à Chapada dos Veadeiros, sabe do que estou falando. Em uma das trilhas que fiz, com uma guia local, essas duas vertentes da atenção ficaram totalmente evidenciadas.

A guia era muito experiente e em todo o percurso chamava a atenção para uma pedra solta ou lisa, para um caminho ou outro a seguir. A natureza na Chapada dos Veadeiros é de profundos contrastes. Você está caminhando em uma trilha. A trilha é amena, amena é a subida. Atravessa igarapés e veredas. Um alívio poder molhar os pés!

Você continha caminhando e subindo. De repente, sem aviso, do minúsculo das flores do serrado seu olhar é abruptamente fisgado por um gigantismo estonteante. Você olha ao longe e vê, incrustada na montanha, uma cachoeira ou uma formação rochosa com quase duzentos metros de altura.

Belezas naturais para serem observadas com precaução. Quando falo em atenção redobrada para camping selvagem na montanha gostaria que você nunca, nunca mesmo se esquecesse, que eu também estou falando de segurança. É diferente estar em um camping selvagem na praia e cair. Cair em uma trilha de montanha é possivelmente muito mais desastrosa.

 

4. Comece gradativamente

camping selvagem na montanha

Outra questão central que você precisa saber para praticar camping selvagem na montanha é começar gradativamente. Se você é iniciante e está procurando lugares para acampar no Brasil, procure escolher os destinos de pequena ou moderada dificuldade e vá com alguém mais experiente.

Essas primeiras subidas e descidas servem como treinamento. Com o tempo você perceberá que melhorará suas técnicas de acampamento e seu condicionamento físico. As técnicas de camping selvagem em montanha são próximas de muitas técnicas de alpinismo. Nenhum alpinista iniciante começa escalando o Monte Everest.

Existe também uma diferença entre acampar na montanha ou em locais com montanhas próximas. Para os iniciantes, a segunda opção muitas vezes é a mais apropriada. Acampa-se na planície, mas se tem nas palmas das mãos e nas plantas dos pés uma montanha logo ali.

Outra opção são os locais para camping semi-selvagem em serras e montanhas. Geralmente, são propriedades particulares, que cobram um tipo de diária, e oferecem pouca ou nenhuma infraestrutura. Parece ruim, mas é exatamente isso que você está procurando: natureza.

Na região serrana do Rio de Janeiro, próximo a Petrópolis, é possível encontrar lugares como esse. Podemos dizer que é um tipo de camping selvagem mais “domesticado”.

 

Dicas para camping selvagem na montanha

Se sua próxima viagem é um camping selvagem na montanha, fique atento. Leve em consideração essas dez dicas práticas que todo campista montanheiro deve conhecer.

1. Mãos vazias

É importante sempre você lembrar que acampar em montanha é acampar no irregular. Tanto nas trilhas de acesso, como nos locais de acampamento, você frequentemente usará as mãos como apoio.

Por isso, elas serão essenciais para os trechos de quase escalada, além de providenciais em possíveis quedas e escorregões. Sendo assim, você não deve carregar nada nas mãos durante a trilha.

 

2. Mãos vazias, mas em algumas situações com luvas

Se as trilhas de acesso do destino escolhido forem muito acidentadas e íngremes, é muito aconselhável você usar luvas resistentes.

As luvas protegem as mãos de cortes e arranhões. E também proporcionam a você uma maior aderência para os trechos das trilhas com maior grau de dificuldade.

 

3. Pés bem calçados

tenis para trilha

Tanto nas trilhas que dão acesso à montanha, como na montanha propriamente dita, seus principais pontos de equilíbrio são os seus pés. Tê-los bem calçados e bem protegidos é um dos primeiros passos para um camping selvagem na montanha dar certo.

Opte sempre pelos calçados apropriados para montanhas e longas caminhadas íngremes. Haverá bem menos chances de você escorregar. E, assim como em peregrinações, use o tênis antes de fazer a trilha para que ele esteja laceado e não machuque seu pé.

 

4. Headlamp

A lanterna de cabeça, ou headlamp, é um equipamento extremamente versátil. Ela é utilizada principalmente por exploradores de cavernas. As lanternas de cabeça têm duas características principais que superam as lanternas de mão.

A primeira é que o foco de luz acompanha os movimentos da cabeça e o foco do olhar. A segunda é que ela deixa as mãos totalmente livres.

 

   

5. Mochila bem presa ao corpo

Em um camping selvagem na montanha, ter a mochila bem presa ao corpo, em certas circunstâncias, pode ser questão vital. Ao percorrer as trilhas de acesso ou fazer caminhadas no topo da montanha, mesmo com a atenção redobrada, desequilíbrios podem acontecer.

Uma mochila solta pode aumentar esse desequilíbrio e transformá-lo em queda. As quedas em montanhas são sempre mais arriscadas.

 

6. Olhos bem abertos de dia

camping selvagem na montanha

Ter sempre os olhos bem abertos durante o dia é uma dica importante para você aproveitar cada detalhe da natureza que envolve uma montanha. Ver os horizontes que se perdem de vista, ou ver os detalhes de uma planta ou inseto, são experiências únicas.

Mas, manter sempre os olhos bem abertos é também uma das dicas mais importantes para manter sua segurança e integridade físicas. Uma “insignificante” pedra solta na trilha pode ocasionar lesões.

 

7. Lanterna sempre ligada à noite

Jamais se aventure na montanha à noite sem uma lanterna. Com ela bem ligada, seus olhos bem abertos e sua atenção constantemente redobrada, você terá poucas chances de passar por situações de imprevisto ou riscos para sua segurança.

 

8. Equipamentos

Além dos sacos de dormir, luvas, calçados e lanternas, reserve um lugar na mochila para:

  • Kit de primeiros socorros
  • Agasalhos, roupas leves e capa de chuva
  • Óculos escuros e bonés ou chapéus
  • Protetor solar, labial e o repelente
  • Cordas e espeques sobressalentes
  • Sacos de lixo — desça a montanha com o lixo que produziu.

 

9. Guia, não desconsidere essa opção

Em meus posts, você já deve ter percebido que insisto na questão segurança. Para o acampamento em montanha eu redobro essa insistência. Nessa penúltima dica chamo atenção para mais dois itens.

Se eu fosse você, nunca iria sozinho, convidaria pelo menos três pessoas. Em algumas montanhas ou trilhas eu contrataria um guia experiente. Se quiser, é melhor procurar por alternativas para viajar sozinho.

 

10. Suprimentos

camping selvagem na montanha

Deixei essa dica por último que é para você se lembrar bem dela. Alimentação e água são quesitos centrais para qualquer planejamento de camping selvagem. Quando falo de montanha, esses quesitos transformam-se em questões capitais.

Muitas montanhas não têm água e os pontos comerciais, quando existem, estão no pé, e não no topo da montanha. Não conte com eles, pois, se descer, provavelmente não subirá novamente.

 

Vale a pena fazer camping selvagem na montanha?

Parodiando o poeta Fernando Pessoa eu diria: camping selvagem na montanha vale a pena, se sua condição física não for pequena; se seu grupo e o seu planejamento não forem pequenos também.

Em meu primeiro post disse que para qualquer modalidade planejamento é essencial, sendo a principal dica para camping selvagem o planejamento é a dica das dicas. Tudo que escrevi naquele texto é útil se você estiver pensando em acampar numa montanha.

Vale a pena você dar uma olhada. Você já acampou em montanha? Se não, sugiro que acampe. Acampar é também a arte de contar boas histórias, trocar inesquecíveis experiências. Conte as suas. Terei muito prazer em ler.

E você, onde pretende fazer camping selvagem na montanha? Já se aventurou ao menos uma vez e tem mais alguma dica? Deixe sua resposta nos comentários!

Até + !!!

 

CATEGORIAS
ESCRITO POR

Nelson Aprobato Filho

ESCRITO POR

Nelson Aprobato Filho

Nelson Aprobato Filho, doutor em História e há muitos anos envolvido no universo que mescla leitura e escrita, viagens e paisagens; pessoas, fauna e flora. Esse universo, que se recria e se completa constantemente, vem sendo formado por experiências e trocas estabelecidas nos planos pessoal e profissional, no Brasil e no exterior

Organize sua viagem

10 dicas para você
planejar sua viagem

Separamos as principais ofertas dos nossos parceiros para você economizar.
Clique nos itens abaixo e confira:

Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Icone
Passagens Aéreas

Compre passagens com até 35% off e pgto parcelado

#01
Icone
Onde Ficar

Reserve o hotel pelo Booking, com cancelamento grátis

#02
Icone
Passeios e Tours

Reserve atividades e atrações ao redor do mundo

#03
Icone
Seguro Viagem

Até 20% off e pagamento em até 12x sem juros

#04
Icone
Aluguel de Carro

Reserve com desconto em até 12x sem juros

#05
Icone
Pacotes

Viagens nacionais e internacionais em até 12x sem juros

#06
Icone
Tours Nacionais

Reserve atividades com pagamento em até 10x

#07
Icone
Chip de Internet

A melhor conexão 4G no exterior, pelo menor preço

#08
Icone
Problema com Voo?

Seja indenizado pelo atraso ou cancelamento

#09
Icone
Câmbio

Precisa de moeda estrangeira e gostaria de receber em casa?

#10
Quero Viajar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *