sexta-feira , 26 / maio / 2017
Início / Europa / Escócia / 11 dicas de ouro para você que planejou viagem para a Escócia

11 dicas de ouro para você que planejou viagem para a Escócia

Está planejando sua viagem para a Escócia? Ou está pensando seriamente em viajar para esse incrível país? Se a resposta é sim para qualquer um das perguntas, com certeza muitas dúvidas devem existir em sua cabeça. E foi pensando nisso que oferecemos aqui no blog esse artigo com 11 dicas de ouro para você que está embarcando para a Escócia.

O país ainda não está presente logo de cara no roteiro de viagem de muitos brasileiros pela Europa, mas deveria estar. A Escócia é linda, possui uma história riquíssima e oferece aos visitantes atrações turísticas fantásticas, que certamente farão você se encantar com a visita.

Planeje sua viagem => Onde se hospedar em Edimburgo: melhor região e hotéis

Entenda de vez como funciona o seguro viagem para Europa »

 

As melhores dicas da Escócia

Se decidiu por visitar esse país, aproveite as melhores dicas para aproveitar sua viagem para a Escócia. Separei as 11 pontos essenciais, com tudo o que você precisa saber antes de embarcar para lá.

 

1) Leve roupas de frio

Dicas de viagem para a Escócia
Castelo de Edimburgo no inverno | Foto: Scott Marsland, via Wikimedia Commons.

A Escócia é um país frio, assim como o clima das vizinhas Inglaterra e Irlanda. Se você vai viajar para a Escócia no inverno, saiba que terá temperaturas negativas e a máxima costuma ser de 6ºC. E mesmo no verão, essas temperaturas não serão das mais altas, podendo chegar a apenas 20ºC.

Outro ponto importante é a chuva frequente, uma característica da Grã-Bretanha. Sendo assim, reserve roupas e calçados que possam molhar sem comprometer seu passeio. E se sua aventura se estender para as montanhas, a dica de roupas pesadas é reforçada.

Leia também => Dicas de compras em Edimburgo: o que vale a pena comprar?

 

2) Dinheiro na Escócia

Como sabemos, a moeda da Escócia é a libra esterlina. Para fazer a troca da moeda, a indicação são as casas de câmbio, especialmente as localizadas nos aeroportos. Ou então aquelas que não estão próximas aos centros turísticos, já que costumam ter cotações maiores.

Os cartões de crédito internacionais são aceitos normalmente, mas somos taxados com o imposto IOF de 6,38% por cada operação internacional. Leia sobre como levar dinheiro em viagem internacional.

Vai viajar e ainda não contratou seu Seguro Viagem?

 

3) Visite as Highlands

Viagem para a Escócia

As Highlands (Terras Altas) formam uma zona montanhosa ao norte da Escócia, toda cercada de belíssimas paisagens. É uma região que remete aos clãs escoceses dos séculos 18 e 19 e tem como ponto principal da história do país o levante jacobita, retratado no seriado “Outlander”. Sua capital é Inverness, e essa região esconde o famoso Lago Ness, que dá origem à lenda do Monstro do Lago Ness.

10 melhores hotéis na Escócia para fazer sua viagem valer a pena »

 

4) Transportes na Escócia

Locomover-se em Edimburgo é a coisa mais fácil que existe, pois é uma das capitais européias mais compactas. A melhor maneira de se conhecer a cidade é a pé, mas se você aceitar a dica de visitar as Highlands, por exemplo, alugar um carro será certamente mais viável. Porém, não se esqueça de providenciar a permissão internacional para dirigir.

No caso de visitar outras cidades como Glasgow, e se dirigir na mão inglesa não te anima muito, saiba que o trem é tiro certo. O país possui uma malha ferroviária excelente, e ainda te dão a opção de esticar a viagem até a Inglaterra ou o País de Gales. Cidades como Manchester e Liverpool podem entrar na seu roteiro facilmente. A principal empresa ferroviária é a ScotRail.

Planejando alugar um carro na Escócia?
Compare preços e faça sua reserva no portal RentalCars.

 

5) Divida bem seu roteiro pela Escócia

Blogs de viagem sobre a Escócia

Essa dica é importante porque não é indicado reservar muitos dias para conhecer Edimburgo. A cidade é pequena e os principais pontos turísticos de Edimburgo estão concentrados em duas regiões vizinhas: Old Town e New Town. Três dias na capital está de ótimo tamanho, dois dias aproveitados intensamente também.

Se sobrar alguns dias em sua viagem, não esqueça que a Inglaterra, o País de Gales e a Irlanda estão logo ao lado. Lembre-se também que passagens promocionais podem ser encontradas na companhia aérea low cost irlandesa Ryanair.

 

6) Visite Edimburgo

Edimburgo é a capital da Escócia, apesar de não ser a maior cidade do país (Glasgow é a maior). Mesmo assim, é em Edimburgo que você encontrará as atrações turísticas mais importantes e visitadas do país, como o Castelo de Edimburgo e a Royal Mile, uma das ruas mais belas de toda a Europa. A cidade possui uma magnífica arquitetura gótica e opções originais de diversão.

Leia também => Vida noturna em Edimburgo: pubs, baladas e tours

 

7) Transporte do aeroporto ao centro de Edimburgo

Uma das opções é tomar o ônibus Airlink (Service 100) na saída do aeroporto. Eles rodam 24 horas por dia e te levarão até Old Town e New Town, regiões onde se concentram os pontos turísticos da cidade e onde estão a esmagadora maioria dos hotéis e hostels.

Outra opção certeira é o TRAM, o VLT local. Ele demora por volta de 50 minutos para ligar o aeroporto ao centro da cidade.

Saiba mais => Como ir do aeroporto ao centro de Edimburgo

 

8) Tomadas elétricas na Escócia

Dicas da Escócia

A corrente elétrica na Escócia é de 220V. Dica de ouro para quem pretende levar qualquer aparelho elétrico e eletrônico. A tomada por lá é do tipo G, ou seja, possui três pinos grossos, sendo um na vertical e dois na horizontal. É a mesma tomada usada em todo o Reino Unidos e na Irlanda.

Os adaptadores universais resolvem essa questão. Mas, na verdade, o grande problema com esse assunto é o modelo de tomada brasileiro.

 

9) Cuidado com as comida típicas escocesas

Blogs sobre a Escócia
Foto: Biology Big Brother, via Wikimedia Commons.

É a mais pura verdade que experimentar os pratos típicos de um país faz parte do turismo. O que acontece na Escócia é que esses pratos costumam não ser apetitosos para nós brasileiros. O Haggis, a comida mais popular do país, por exemplo, consiste em um bucho inteiro de carneiro recheado com vísceras em uma massa de farinha de aveia.

Se você topar a parada, bom apetite. Caso contrário, aprecie o prato clássico da culinária britânica: o Fish & Chips. Um peixe frito com batatas fritas wedges, bem acompanhados por uma cerveja local, será mais certeiro.

Leia mais => Dicas de restaurantes em Edimburgo e comidas típicas da Escócia

 

10) Visite o Castelo de Edimburgo

Dicas de turismo na Escócia

Mesmo que você tenha, em uma suposição, apenas poucas horas em Edimburgo, não deixe de visitar seu castelo. A construção é gigantesca e há inúmeras dependências dentro do castelo, como o Museu da Guerra Nacional da Escócia, que inclui um grande número de artefatos militares.

Por todo o local é possível encontrar canhões que eram capazes de disparar munições de 150kg. Entre outras atrações, estão as jóias da Coroa Escocesa, que abrange a Coroa, a Espada e o Cepto.

Saiba mais => Visita ao Castelo de Edimburgo, a maior atração da Escócia

 

11) Não planeje sua viagem para a Escócia

Essa pode ser uma boa dica, e por que não? Se você é do tipo que gosta de aventuras, não faça planos. Comece pela capital Edimburgo e depois siga de acordo com suas intuições. Pesquise sobre aluguel de carros, rotas de trem na Europa e caia na estrada. Talvez essa seja uma das melhores destas 11 dicas de viagem para a Escócia.

Caso você tenhas outras dicas, deixe aqui seus comentários e compartilhe conosco suas experiências pelo país!

 

Últimos artigos sobre a Escócia:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Carlos

Carlos Fernandes, 39 anos, é jornalista e publicitário viciado em rock and roll, futebol europeu, NBA e arquitetura e história medieval. Já viveu em Dublin, na Irlanda, onde ficou cara a cara com Bono Vox na noite de Natal e fez figuração em um filme de Daniel Radcliffe. E morou também em Santiago, no Chile, onde se viu no meio de um terremoto de dois minutos de 8.3 na escala Richter. Tanto na Irlanda e no Chile, quanto em outros países que visitou, aprendeu que essas surpresas são riquezas para sempre.

Confira Também

Dicas de restaurantes em Dublin

Comidas típicas da Irlanda e dicas de restaurantes em Dublin

Nada melhor que começar dizendo que as comidas típicas da Irlanda podem conter sua tradicional …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *