sexta-feira , 26 / maio / 2017
Início / Américas / América do Sul / Argentina / Cursos de espanhol em Bariloche: vale a pena estudar? Quais escolas?

Cursos de espanhol em Bariloche: vale a pena estudar? Quais escolas?

Quando a gente pensa em Bariloche a primeira coisa que vem à cabeça é a estação de ski, fato! O que pouca gente sabe é que além de um bom destino turístico, a cidade é uma ótima opção para quem deseja estudar espanhol na Argentina. Ela abriga várias escolas de idiomas, que oferecem cursos de espanhol variados para estudantes de todos os níveis, do iniciante ao avançado.

Já pensou que delícia, passar uma temporada na cidade, curtir tudo o que o destino tem para oferecer, e ainda fazer um curso de espanhol em Bariloche? Para ajudar, separei algumas dicas para quem deseja embarcar nessa, mostrando que é possível fazer um intercâmbio barato e de qualidade.

Encontre as melhores opções de cursos de espanhol em Bariloche »
Ganhe 5% de desconto usando o código “QueroViajarMais”

 

Sobre Bariloche

Cursos de Espanhol em Bariloche
A cidade de Bariloche | Foto: DoNotLick, via Wikimedia Commons.

O primeiro passo para fazer a escolha correta de um destino de intercâmbio é pesquisar tudo sobre ele. Então, preparei um pequeno guia sobre Bariloche, que se chama oficialmente San Carlos de Bariloche. Localizada na Cordilheira dos Andes, a cidade pertence à província argentina de Río Negro e tem cerca de 130 mil habitantes. Com uma paisagem cinematográfica, tipicamente andina, está cercada por montanhas com picos nevados, matas e lagos.

São vários os passeios possíveis em Bariloche, mas sem dúvida, o mais famoso é a estação de ski Cerro Catedral. O espaço tem mais de 103 km de pistas e é o maior complexo de ski da América Latina.

 

Como chegar e como se locomover

Quando viajar para Bariloche?

Para chegar à cidade, o visitante pode ir de ônibus, carro ou avião. Os ônibus partem, em sua maioria de Buenos Aires e a viagem é de 21 horas.

Como a distância entre Buenos Aires e Bariloche é grande, o meio mais indicado é mesmo o avião. Duas companhias aéreas voam para cidade, são elas a Aerolíneas Argentina e a Latam. Uma dica importante é que existem voos diretos do Brasil pela Gol, Azul e Latam.

Uma das vantagens de estudar em Bariloche é que a cidade é pequena. Assim, é muito fácil se locomover dentro dela e dificilmente você terá problema com trânsito em seus deslocamentos.

 

Passaporte, documentação e moeda

Para quem vai ficar por até 90 dias não é necessário visto para entrar na Argentina, e consequentemente na cidade de Bariloche. Para uma temporada maior, é necessário solicitar o visto para a embaixada.

Para entrar no país é necessário apenas a carteira de identidade brasileira com menos de 10 anos de emissão ou o passaporte com validade maior que seis meses. Apesar de não ser obrigatório, é sempre mais seguro o passaporte. A moeda circulante na cidade é o peso argentino. Com a atual cotação, com 1 real, você compra 4,64 pesos.

Leia também => Dinheiro no exterior: espécie, crédito ou cartão pré-pago?

 

Vai viajar e ainda não contratou seu Seguro Viagem?

Qual a melhor época para ir

É comum pensar em Bariloche somente no inverno, como um destino para quem deseja curtir o frio e a neve. Sem dúvida este é um período maravilhoso para se conhecer a cidade, principalmente para os brasileiros que não conhecem neve, mas não é a única alternativa.

Intercâmbio de espanhol em Bariloche
Vista dos lagos ao redor de Bariloche. No centro o Hotel Llao Llao.

Durante o verão (dezembro a março) Bariloche também fica linda! A paisagem se transforma, as montanhas ficam verdinhas, e o melhor é que, com as temperaturas mais agradáveis é possível fazer caminhadas, trilhas pela mata e passeios ao ar livre pelas ruas da cidade. As temperaturas durante o verão oscilam entre 14°C e 20°C e o sol brilha por mais tempo, se pondo às 22 horas. Uma das vantagens desta época é que os preços são mais atrativos, pois a alta temporada é no frio.

Estudar espanhol em Bariloche

Já no inverno (junho a setembro), as temperaturas caem bastante. A média é dos 2,5ºC, mas podem atingir os 8°C em dias mais quentes e -3°C nos dias de inverno intenso. Como falei lá em cima, é o período para quem deseja curtir frio, neve e esquiar nas montanhas. Os preços são mais caros que no verão. As demais estações do ano são de transição e dependendo da época que viajar, se no início ou no fim de cada uma, pode pegar sol ou neve.

Para quem pretende ficar uma temporada maior, é interessante dividir o tempo entre o período mais frio e o mais quente, pois assim é possível conhecer a cidade em ambas as estações.

 

Gastronomia

Uma das melhores coisas em Bariloche é a gastronomia. Além dos tradicionais cortes de carne argentinos, a gastronomia local é deliciosa e tem como base peixes como a truta e o salmão. Um dos destaques é o chocolate; a cidade abriga diversas fábricas e lojas de chocolates e doces.

As medialunas (como são conhecidos os croissants) e o doce de leite argentino são outras tentações que você encontrará por lá. Em resumo, quem for ficar uma temporada em Bariloche e quiser manter o peso, muita atenção 😉

 

Principais cursos de espanhol em Bariloche

Cursos de espanhol em Bariloche

A cidade de Bariloche abriga várias escolas de idiomas, que oferecem diferentes tipos de cursos de espanhol. As opções vão variar de acordo com a idade, conhecimento prévio da língua, número de alunos que deseja na sala, carga horária, entre outros.

Para quem está decidindo qual curso fazer, não deixe de pesquisar pela na Courconnect (Ganhe 5% de desconto usando o código “QueroViajarMais”), que tem uma grande variedade de cursos, em diferentes escolas e não cobra tarifas de intermediação.

Separei alguns dos principais cursos de espanhol em Bariloche:

 

Curso super intensivo

O curso super intensivo é dado em um ritmo intenso. O objetivo é o que o aluno alcance um alto nível de proficiência em espanhol, em um curto espaço de tempo. A carga horária varia de acordo com o pacote contratado pelo estudante, mas geralmente é de 37 horas semanais. A sala tem entre 3 a 9 estudantes e existem turmas voltadas para os diferentes níveis, do iniciante ao avançado.

 

Curso intensivo

O objetivo do curso intensivo é desenvolver as suas competências comunicativas nas quatro principais habilidades do idioma: falar, ler, ouvir e escrever. Ele é dado em turmas pequenas, de 3 a 9 alunos e a carga horária é de 25 horas semanais.

 

Personalizado

Os cursos personalizados são montados de acordo com a necessidade de cada aluno, levando em consideração seu nível de domínio do idioma, idade, para qual finalidade deseja apreender a língua, tempo, entre outras. A carga horária média é 10 horas por semana.

 

Imersão

A imersão é outra opção de curso de espanhol em Bariloche. Nesta metodologia, são mescladas aulas particulares e aulas em grupo. O objetivo é que o aluno saia com um profundo conhecimento sobre a cultura. A média da carga horária nesse modelo é de 31 horas por semana.

 

Espanhol e esqui

Os cursos de espanhol + esqui são ótimas oportunidades para aprender e se divertir ao mesmo tempo. As aulas seguem o mesmo padrão dos outros tipos de cursos, mas com excursões inclusas para esquiar nos finais de semana.

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Guilherme Tetamanti

Paulistano de 35 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Confira Também

Vale a pena estudar espanhol em Salamanca

Vale a pena escolher Salamanca para estudar espanhol?

Uma das perguntas mais frequentes que recebo dos leitores, seja comentários no blog, contatos por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *