Cadastre seu email para receber nossas atualizações!
Início / Europa / Irlanda / Dublin / Como se locomover e o transporte público em Dublin

Como se locomover e o transporte público em Dublin

Depender do transporte público em Dublin, na Irlanda, é uma daquelas situações que não dá saudade alguma do Brasil. É tudo muito simples, independentemente do meio escolhido. Sem contar que o trânsito não é dos mais pesados e existe respeito nas ruas.

Os meios de transporte público em Dublin resumem-se à frota de ônibus, ao metrô de superfície, chamado Luas, e ao trem que corre pela costa, o Dart. Procurando como se locomover em Dublin de outra maneira? Por aqui se usa muito a bicicleta. Além disso, você pode explorar a caminhada, já que a cidade é propícia para quem gosta de se deslocar a pé.

Vai viajar? => Veja quanto custa o seguro viagem obrigatório para a Europa

Chip de celular na Europa: internet ilimitada com a EasySIM4U »

 

Transporte público em Dublin

Como se locomover em Dublin
Ônibus, metrô, trem e bicicleta são populares em Dublin | Foto: Carlos Fernandes.

Antes de você conhecer os detalhes sobre os meios de transportes em Dublin, apresento o Leap Card. Trata-se de um cartão que poderá ser utilizado para pagamento de passagens.

Ele pode ser carregado nas máquinas espalhadas pela cidade, o que facilita a vida de todos. Você verá mais à frente o motivo. Além disso, ele oferece desconto nas passagens, geralmente de 20%. Agora que você já conhece o Leap Card, vamos ao que interessa.

Claro, para saber qual meio de transporte vale mais a pena para você, primeiro é preciso definir onde é melhor se hospedar em Dublin. Dependendo da região, número de dias e seu roteiro, você poderá até mesmo fazer tudo a pé.

 

Ônibus (Dublin Bus)

Como funciona o transporte público em Dublin
Ônibus têm aquecimento para dias mais frios | Foto: Carlos Fernandes.

A empresa Dublin Bus é a responsável por esse transporte muito utilizado na capital irlandesa. Os ônibus de dois andares dificilmente estão cheios. Se você for descer em um ponto mais distante, vale a pena ficar na parte de cima e usar o trajeto como turismo para apreciar a beleza da cidade.

O respeito ao usuário começa já no ponto. Há painéis digitais mostrando as linhas disponíveis naquela parada e o tempo que falta para cada veículo chegar. Tudo atualizado em tempo real.

Os ônibus estão adaptados para deficientes físicos, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção. Há um sistema hidráulico dianteiro que faz o carro baixar, alinhando-o com a calçada. Há ainda aquecimento interno para os dias frios do inverno.

Outro aspecto interessante é que é costumeiro cumprimentar o motorista quando subimos em um ônibus e agradecê-lo quando descemos. Fica a dica!

Vale a pena pegar ônibus em Dublin
Painéis digitais mostram linhas disponíveis | Foto: Carlos Fernandes.

Esse transporte público em Dublin possui outras particularidades: não há cobradores. O próprio motorista recebe o pagamento da passagem, apenas em moedas. Não é devolvido troco, se necessário.

O condutor registra o pagamento e, no caso de troco, você receberá um ticket para retirar o valor devido na sede da empresa no centro de Dublin. Portanto, é bem interessante possuir o Leap Card.

Vai viajar e ainda não contratou seu Seguro Viagem?

O valor da passagem varia de acordo com o número de pontos que você vai passar, custando entre 1,50 e 3,30 euros. Quanto menor for sua viagem, menor o valor a ser pago. Há desconto para portador do Leap Card. Você terá que dar ao motorista seu cartão e dizer para onde vai. Ele descontará apenas o número de paradas que você irá passar até descer.

 

Luas

Como funciona o Luas em Dublin
Luas é uma espécie de metrô de superfície | Foto: Carlos Fernandes.

O Luas (que significa velocidade, em irlandês) é um transporte público de Dublin também conhecido como metrô de superfície. Pensando em termos de turismo, é uma excelente opção para se deslocar nas regiões mais próximas ao centro.

Caso você esteja se preparando para estudar na Irlanda e está preocupado em como se locomover em Dublin, saiba que o Luas te ajudará bastante a chegar em destinos mais distantes também.

Assim, como no ônibus, o Luas não possui cobrador. Para pagar a passagem você terá que comprar o ticket em uma máquina existente nas estações. Ou utilizar o Leap Card, passando-o no scanner que existe nessa mesma máquina.

Como funciona o metrô em Dublin
O Luas é uma boa opção para turistas circularem | Foto: Carlos Fernandes.

Daí você me pergunta: e se eu não comprar o ticket e usar esse transporte público em Dublin sem pagar? Bom, existem fiscais trabalhando dia e noite nas estações do Luas e eles costumam entrar de surpresa no “vagão” para verificar se as passagens foram pagas. Seu ticket ou o Leap Card serão utilizados para verificação. Se você for pego sem ter pago, receberá uma multa de 45 euros.

As estações do Luas também possuem painéis digitais mostrando o tempo que falta para os trens chegarem. O trem também é aquecido para os dias frios do inverno. Se quiser subir ou descer em uma estação, o usuário terá que apertar um botão na porta para ela abrir.

Os valores das passagens também dependem do trajeto a ser percorrido, variando de 2 a 3,30 euros, apenas para um trecho. E de 3,60 a 5,70 ida e volta. Há desconto para pagamento com Leap Card.

 

Dart

Como funciona o Dart em Dublin
Transporte leva você a cidades próximas de Dublin | Foto: Carlos Fernandes.

O Dart (Dublin Area Rapid Transit) é um trem que corta a costa de Dublin e liga a cidade a lugares afastados. Dentre eles, destacam-se: Malahide (um vilarejo com um belo castelo), Dalkey (onde ficam as casas do Bono e do The Edge, do U2), Bray (um vilarejo com uma praia tranquila) e Howth (vila portuária com um belo cenário e um cliff que oferece uma agradável caminhada).

Os tickets são vendidos nas máquinas disponíveis nas estações. As indicadas para quem está no centro são: Pearse Street, Tara ou Conolly. Os valores das passagens também variam de acordo com o trajeto. Elas custam cerca de 6,50 euros ida e volta para os locais citados. O Dart será uma mão na roda para o turismo nos arredores de Dublin.

 

Como se locomover em Dublin

Principais meios de transporte em Dublin
Ciclistas têm faixa exclusiva em Dublin | Foto: Carlos Fernandes.

Dublin é mais uma cidade europeia onde o ciclista tem espaço nas ruas e ciclovias. São muitos deles pelas ruas, todos usando colete reflexivo e capacete. Inclusive utilizam os braços para “darem seta”. E são bastante respeitados pelos automóveis.

Aos turistas, vale a dica do Dublinbikes, um sistema de aluguel de bicicletas que oferecem bikes espalhadas pela cidade.

Não indico o uso de carro alugado para se locomover em Dublin. Apenas para viajar pela Irlanda, se for o caso. Sem contar que a mão inglesa e o volante no lado direito atrapalham nossa vida.

Planejando alugar um carro na Irlanda?
Compare preços e faça sua reserva no portal RentCars.

 

Passear a pé é uma tarefa maravilhosa, sendo possível conhecer muitos dos principais pontos turísticos de Dublin. Sem chuva, claro! As regiões centrais, bem como as que rodeiam, podem ser conhecidas durante uma agradável caminhada. Procurem o ônibus ou o Luas para rotas mais afastadas dessa área. O Luas é mais fácil de se entender quando não se conhece a cidade. E aproveitem o Dart para as dicas citadas anteriormente.

E se você tem outras dicas sobre transporte público e como se locomover em Dublin, compartilhe com a gente seus comentários.

 

Confira os últimos artigos sobre a Irlanda:

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Carlos

Carlos Fernandes, 39 anos, é jornalista e publicitário viciado em rock and roll, futebol europeu, NBA e arquitetura e história medieval. Já viveu em Dublin, na Irlanda, onde ficou cara a cara com Bono Vox na noite de Natal e fez figuração em um filme de Daniel Radcliffe. E morou também em Santiago, no Chile, onde se viu no meio de um terremoto de dois minutos de 8.3 na escala Richter. Tanto na Irlanda e no Chile, quanto em outros países que visitou, aprendeu que essas surpresas são riquezas para sempre.

Confira Também

Roaming de celular na Europa

Roaming internacional de celular na Europa: Vivo, Tim, Claro e Oi

Ninguém quer fazer uma viagem para o exterior e ficar sem telefone e acesso à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *