sexta-feira , 22 / maio / 2015
Fique Atualizado
Início / Ásia / Indonésia / Bali, a ilha dos deuses na Indonésia

Bali, a ilha dos deuses na Indonésia

A Ilha de Bali e seus templos são cercados de misticismo e magia devido a devoção de seu povo por sua religião. O Hinduísmo, que atualmente está presente somente nessa região da Indonésia, veio da cultura trazida pela junção de povos indígenas e indianos. Quando foi colonizada pela Alemanha, na metade do século passado, os europeus ficaram tão fascinados com o que encontraram que fizeram grandes esforços para preservar a cultura tradicional da ilha.

Viajar para a Indonésia, é um mundo de possibilidades, ainda mais para os viajantes que procuram vivenciar a cultura, pois existe grande diversidade entre as ilhas desse imenso país. Bali, é a ilha com mais infra-estrutura turística, mas há muito para ver em todos os lados.

Planeje sua viagem => Dicas de hotéis e onde ficar em Bali

Aluguel de Carros | Passagens Aéreas | Passeios na Indonésia | Seguro de Viagem

Como chegar e onde ficar no 1º dia

Existem diversas opções de passagens aéreas para a ilha, com chegada no aeroporto de Dempassar, em Kuta. As mais comuns são saindo de Singapura e Austrália, pois há maior oferta de voos.

Kuta é a maior e mais estruturada cidade de Bali, talvez de toda a Indonésia, com diversas lojas muito baratas e com vida noturna bastante agitada. Também existem muitas lojas, principalmente marcas de surf então aproveite o restante da ilha e deixe para fazer as compras depois…reservar um ou dois dias no final da viagem é o ideal, devido a sua proximidade do aeroporto.

O que fazer em Bali

O que fazer na Indonésia / Ilha de Bali
Sol nascendo visto no alto do Monte Batur.

Existem diversas agências de viagem que disponibilizam passeios na ilha, mas muitos deles só consomem nossa grana. Como sou adepto do “faça você mesmo”, recomendo alugar um carro ou moto e seguir viagem, apenas tome cuidado com a mão invertida nas ruas e rodovias.

Praias

  • As melhores e mais conhecidas estão no sul da ilha. Siga pela auto estrada sentido Padang (cenário do filme “Comer, Rezar, Amar”) e Uluwatu (com uma “direita” interminável que vicia os surfistas). Ali perto conheça o Pura Luhur, um dos principais templos da ilha.
  • Ainda no sul, fica a praia de Nusa Dua, mais procurada por famílias. É um local dominado pelos grandes hotéis e preços absurdos. Uma cerveja pode custar 15 dólares.

Ubud

Localizada no centro da ilha, a cidade concentra grande diversidade cultural. São diversos templos, parques nacionais e a população é bastante receptiva. Noshotéis, pergunte sobre o passeio para “escalar” o vulcão no Monte Batur, partindo da cidade de Kintamani. A saída do hotel é por volta das 2 da manhã mas o café da manhã e o nascer do sol visto lá de cima são sensacionais.

Dessa ilha da Indonésia, partem diversos “fast boats” para viagens em outras ilhas locais, como Gili Trawangan, em Lombok. Apesar de a internet ser o melhor dos guias, recomendo adquirir um guia de viagem tradicional, para utiliza-lo nos passeios.

Pensando em viajar para a Indonésia?

Viajar para Indonésia é sem dúvida o sonho de muitos viajantes. Conhecer paraísos na Tailândia, Filipinas e Indonésia não pode faltar no roteiro de viagem dos turistas que pretendem passar suas férias em praias paradisíacas, com muita sombra e água fresca.


Fazendo sua reserva através dos links parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, VOCÊ NÃO PAGA TAXAS EXTRAS, e dessa forma monetizamos nosso trabalho. Se houver dúvida, leia as políticas do blog, ou deixe um comentário.

Planeje sua viagem => Dicas de hotéis e onde ficar em Bali

Aluguel de Carros | Passagens Aéreas | Passeios na Indonésia | Seguro de Viagem


Quando criei o projeto viagem de volta ao mundo em 365 posts sabia que a viagem seria o estalo para transformar toda a minha vida. Ainda não tive a noção exata da dimensão de tudo, mas já consigo ter uma boa ideia de como funciona a rotina de um viajante. Este é o 253º artigo, veja também outras curiosidades sobre a viagem:

Gostou do artigo??? Deixe seu comentário, dúvida ou dica para ajudar outros viajantes!!!

Até + !!!

Sobre Guilherme Tetamanti

Paulistano de 33 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais | CLIQUE AQUI para receber novidades por email.

Confira Também

programa-lado-h

Participação no Programa Lado H, com Edgar Piccoli

Fala galera, É com imensa satisfação que disponibilizo o vídeo do bate-papo que tive com ...

2 Comentários

  1. Oi Guilherme!
    Vou pra Bali em setembro, queria umas dicas suas.
    Estou começando a montar a progaramação da trip.
    Além de Bali, Lombok, Ubud e Gili, quais as ilhas que valem a pena conhecer?? Tenho quinze dias por aí.
    Queria saber tbm os detalhes, de Bali e dessas ilhas, onde ficar, o que fazer, tudo que vc souber de lá, se puder me ajudar será ótimo!
    Valeu!
    Beijão
    Ju

    • Oi Juliana,

      Bom, como tem 15 dias, recomendo focar somente em Bal e Gili Trawangan, que é fantástica…esqueça Lombok.

      Em Bali, não deixe de conhecer Uluwatu, Padang, Ubud e o passeio para ver o sol nascendo no vulcão Kintamani. Não reservei nenhum hotel com antecedência, somente na chegada em Kuta. Procure algum com boas recomendações e que seja na região conhecida como Legian.

      Já em Gili, se quiser passar uns dias muuuuuito bem, fique no Villa Ombak, o melhor hotel da ilha.

      Obrigado por participar, Até + !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>