Cadastre seu email para receber nossas atualizações!
Início / Top 10 / 100 coisas que pensei DEPOIS que terminei minha volta ao mundo

100 coisas que pensei DEPOIS que terminei minha volta ao mundo

No começo de 2011, quando comecei a viver esse sonho de encarar de fato o planejamento de uma viagem de volta ao mundo, mal conseguia imaginar como essa experiência transformaria minha vida. Enfim, a viagem terminou, aprendi um milhão de coisas e depois de 17 meses que voltei ao Brasil, continuo sem conseguir imaginar o quanto mudarei daqui pra frente, ainda por causa desta mesma decisão.

É fato que estou diferente, mais culto, menos consumista e principalmente com a incrível sensação de ter realizado aquilo que desejei. Apesar de ter sido bem difícil voltar ao mundo real, como contei no artigo sobre as vantagens e desvantagens de um período sabático, hoje posso dizer que mudei o status da minha vida…eu não ESTOU feliz, hoje eu SOU feliz. Ainda mais depois de uma frase que insiste em povoar meus pensamentos: “o melhor lugar para se estar, é aquele em que estamos neste exato momento”.

Planeje sua viagem => Dicas para encontrar melhores ofertas no Booking.com

As 10 principais dicas e segredos para acumular milhas aéreas

Não estou aqui para mostrar como minha vida é perfeita, pois ela não é. Quero sim contar um pouco do que passou por minha cabeça a partir do momento que coloquei os pés no Brasil, para tentar ajudar a quem por ventura passará ou esteja passando pela mesma situação. Ahhh, aproveite para ler o artigo com as 100 coisas que passaram pela cabeça DURANTE a volta ao mundo.

 

100 pensamentos

1) Obrigado, com todas as minhas forças, por esse ano espetacular.

2) Será que conseguirei me readaptar ao mundo real?

3) Como é bom deitar na minha própria cama.

4) Não sabia que teria tanto prazer em comer novamente arroz e feijão. Claro, feito por minha mãe.

5) Rever as pessoas que amo, amigos e família, foi a melhor parte de voltar pra casa.

6) Pode parecer chatice, mas as cervejas nacionais são um lixo. Ainda mais depois de descobrir que os fabricantes substituem quase 50% do malte por milho, para baratear o produto. Ingredientes: “cereais não maltados”, que merda. Brasileiro é enganado o tempo todo.

7) Eu poderia ter viajado uns três anos, ao invés de um, com a grana que gastei. Porém, será que teria aproveitado tanto? Nãããão!!!

8) O problema é que EU QUERO viajar mais alguns anos.

9) É engraçado que a grande curiosidade da maioria das pessoas é para saber sobre os perrengues de viagem.

10) Que p… vontade de comer um Pad Thai, uma versão de yakisoba vendido em toda a Tailândia, desde barraquinhas de rua (para mim os melhores) até ótimos restaurantes.

Pad Thai.
Pad Thai.

11) Apesar dos amigos que já fazem parte de mim, sempre terei vontade de conhecer novas pessoas, suas histórias e fazer mais amigos de verdade.

12) Finalmente entendi que a rotina tem seu lado positivo, principalmente para a saúde. Se alimentar direito, praticar exercícios e conviver com as pessoas que mais gosto…isso é essencial.

13) Hoje vejo meus amigos com o carro do ano, juntando grana para comprar a primeira casa e com a vida encaminhada, pensando em economizar para a aposentadoria. Eu gastei tudo, cada centavo que tinha para realizar esse sonho. Aprendi que o desapego material é um dos caminhos para ser feliz, mas mesmo assim preciso do meu canto!

14) Ter o blog e a chance de conhecer pessoas tão viciadas por viagem quanto eu, me ajuda a matar as saudades da volta ao mundo e a planejar outras viagens.

15) Esses viciados, têm muito mais paciência para ouvir minhas histórias do que pessoas normais. Falando nisso, não deixe de ler o post do meu amigo Rafa, sobre os 10 sinais de que você está viciado em viajar.

16) Achei que ficaria sossegado por um tempo, mas parece que a vontade de viajar aumentou umas 365 vezes.

17) São Paulo é uma cidade ótima por vários motivos, principalmente pelos amigos, família, oportunidades e por haver um milhão de coisas diferentes para fazer todos os dias. Porém, depois de ver tanta coisa e visitar lugares tão incríveis, é muito difícil pensar em viver com essa péssima qualidade de vida.

18) Em todos os lugares que vou, qualquer que seja o grupo de pessoas, o assunto quase sempre acaba no turismo.

19) Adoro poder ajudar outras pessoas que estão começando a planejar suas viagens.

20) Depois de tanto tempo conhecendo praias paradisíacas no mundo inteiro, é difícil não querer morar no litoral.

Leia também => Saiba as reais vantagens de contratar um seguro de viagem

100 pensamentos da volta ao mundo.
Praia em Koh Phi Phi / Tailândia.

21) O tempo passa muito, mas muito mais rápido agora que não estou viajando. Afinal, os dias se parecem todos iguais.

22) Ainda falta muito para a próxima viagem? ( Isso penso todos os dias 🙂 ).

23) Saudades dos amigos que fiz em San Diego. Queria ter curtido mais tempo junto com eles. Aliás, saudades de todas as pessoas que conheci na viagem, que fizeram parte desse sonho.

24) Um dia terei meu próprio hostel, no litoral.

25) Sempre me perguntam qual foi o lugar que mais gostei. Sempre respondo: “Você precisa conhecer os pontos turísticos da Nova Zelândia“.

26) É bem difícil juntar dinheiro e gastá-lo em algo diferente de passagens aéreas, hotéis e passeios.

27) Tenho raiva de mim mesmo por não ter documentado a viagem inteira também em vídeo.

28) Hoje eu sei que não há dinheiro no mundo que pague uma experiência tão rica quanto essa.

29) Tanta gente diz que é preciso de muita coragem para largar tudo e dar a volta ao mundo. Porém, é mais fácil do que muita gente pensa.

30) Nunca esquecerei da sensação que tive ao ver plâncton luminoso no Camboja.

Plankton luminoso.
Plankton luminoso.

31) Viajar é a melhor maneira de aproveitar nosso tempo.

32) Foi muito bom descobrir como reagiria diante de situações inusitadas e desconhecidas…hoje consigo lidar melhor com tudo o que acontece de inesperado e diferente em minha vida.

33) A alegria e disposição de conhecer o novo é o que faz a gente vencer o medo.

34) Viajar sozinho foi essencial para conhecer tanto sobre mim e também para estar aberto ao desconhecido. Porém, sinto muita falta de alguém para compartilhar tantos momentos e relembrar histórias da viagem.

35) As pessoas vêem as pingas que tomo, mas não os tombos que levo.

36) Vivenciar na pele tantas experiências me ensinou mais sobre mim mesmo, sobre as relações humanas, políticas, a respeito de vários aspectos que regem o mundo e podem (ou não) melhorar nossa qualidade de vida.

37) Não existe nada melhor do que o ócio criativo, para aparecerem novas ideias e conseguir inspiração.

38) Ainda bem que aprendi a dar menos importância ao que os outros pensam sobre mim.

39) Não imaginei que tantas portas se abririam por causa dessa decisão de partir para uma volta ao mundo.

40) Depois de conhecer tantos lugares e culturas diferentes, quero viajar mais pelo Brasil.

Vai viajar e ainda não contratou seu Seguro Viagem?
Nascer do sol no acampamento da Korubo.
Sol nascendo no Jalapão.

41) Muitas vezes acho um saco fazer programas que não me tragam algo novo. Para repetir um bar, por exemplo, tem que ser para valer a pena.

42) Por mais que fale bem outros idiomas e achar incrível conhecer gente do mundo inteiro, adoro a simplicidade da amizade com pessoas que falam português.

43) Ficar em casa é um tédio. Não nasci pra isso.

44) Porque será que tanta gente julga como sorte a minha oportunidade de partir para uma volta ao mundo?

45) É caro se divertir no Brasil.

46) É impossível ver uma foto, um avião ou qualquer outro símbolo viajante e não ficar com vontade de cair na estrada no exato momento.

47) São Paulo tem muito mais a oferecer do que poderia imaginar.

48) Sempre bate uma inveja booooua das viagens alheias.

49) Teletransportando em 3, 2, 1…

50) Não importa onde e quantos tenha visto, o pôr-do-sol continua sendo o momento que mais gosto no dia.

Pôr-do-sol em Tibau do Sul.
Pôr-do-sol em Tibau do Sul / RN.

51) Quero aquele tênis, camiseta, mochila que são bons para viajar. Quase tudo o que compro é pensando nisso.

52) Engraçado que agora só aumentou a minha necessidade de sempre ter algo novo para experimentar.

53) Uma das perguntas que mais ouvi: “Você comeu muita coisa diferente?”. Sim, comi feto de pato, rabo de rato, estomago de porco e até insetos fritos nas ruas de Bangkok.

54) Sinto falta de aeroportos, rodoviárias e afins. É um momento meu e fico com uma baita inspiração pra escrever.

55) Sinto falta dos temperos asiáticos.

56) Quero tentar não me preocupar com o tempo novamente.

57) Voei 37 vezes durante a volta ao mundo, mas sempre ficarei desconfortável dentro de um avião.

58) Viajar é o que me faz sorrir.

59) É um jogo de paciência ter sempre que brigar com a vontade de viajar.

60) Me arrependi de não ter ficado mais tempo no sudeste asiático.

Passeio de barco em El Nido / Filipinas.
Passeio de barco em El Nido / Filipinas.

61) Depois de tantas histórias que vivi, talvez agora esteja pronto para escrever um livro.

62) Ultimamente estou com cada vez mais vontade de viajar sem rumo, para realmente explorar o desconhecido.

63) Aprendi a viajar com muito pouca bagagem e mesmo assim volto de viagens sem ter usado alguma roupa. Bom demais viajar mais leve, basta ter roupas fáceis de lavar e secar, além de equipamentos menores e mais práticos.

64) Sinto saudades de todos os dias parecerem ser sábado.

65) Quero logo ter meu canto para decorar com tudo que trouxe das minhas viagens. Quadro com os tickets das atrações turísticas, quadros, bolachas e tampinhas de cerveja.

66) Minha cidade ficou diferente ou fui eu quem mudou tanto assim?

67) Muitas vezes me sinto um peixe fora d’água quando não estou falando sobre viagens. Vicio??? Imagina!!!

68) Agora que falo bem inglês e espanhol, tenho menos chances para praticar.

69) Pelo menos agora consigo entender os diferentes sotaques mundo afora.

70) A melhor coisa que fiz foi aprender a trabalhar com uma boa máquina fotográfica. Minhas fotos me ajudam muito a matar as saudades dos países que visitei.

Fotografando no Kruger Park / África do Sul.
Fotografando no Kruger Park / África do Sul.

71) Hoje em dia é muito mais fácil embarcar numa viagem que sei ser um perrengue, pois são essas que trazem as melhores histórias.

72) Por mais que eu tente descansar, acho um saco passar um final de semana em casa sem fazer nada. Isso ficou ainda mais forte depois de conhecer tantos lugares alucinantes.

73) Meu souvenir preferido da viagem é a tatuagem de bambú que fiz em Koh Phi Phi, famosa ilha da Tailândia.

74) É uma pena que o Brasil não tenha a infra-estrutura turística existente ao redor do mundo, mesmo se comparado a países com piores condições.

75) Quando comecei a planejar minha volta ao mundo não sabia que conheceria tanta gente que estava com planos parecidos. Isso é bastante comum para europeus, mas é bom saber que essa cultura está cada vez mais conquistando brasileiros.

76) Abrir as portas para o novo é a melhor maneira de conseguir inspiração. Sinto falta de ter isso com mais frequência!!!

77) Comprei passagem para…

78) Preciso terminar meus projetos sobre a viagem: livro, vídeo e a série de 365 posts.

79) O bom de ter visto tanta coisa e conhecido gente tão diferente, é que agora procuro sempre enxergar tudo com novos olhos.

80) Por mais lugares que eu conheça, sou cada vez mais apaixonado pelo sul do Brasil.

Guarda-do-Embaú / SC.
Guarda-do-Embaú / SC.

81) Aliás, agora meu objetivo é conhecer todo o Brasil.

82) Deveria ter aprendido mais receitas locais pelo mundo, para matar as saudades dos sabores que descobri. Nada que a internet não resolva!

83) Quanto mais o tempo passa, mais sei que não existem barreiras para realizar um sonho, mesmo que pareça impossível.

84) Não há nada que me motive mais do que alguém participando e comentando no blog.

85) É ótima a sensação de ser menos consumista e conseguir nem olhar para vitrines. Compro somente o necessário, o resto é para viajar!

86) Adoro poder sentar numa mesa de bar e conversar com propriedade sobre as peculiaridades de diferentes culturas.

87) Por mais que eu seja prevenido e goste de planejar um pouco as viagens, adoro dar chances ao imprevisível.

88) É muito bom receber ajuda numa situação difícil, mas é prazeroso demais poder ajudar. Ainda mais no meu caso, que posso ajudar alguém a planejar uma viagem, ou melhor, a incentivar um período sabático.

89) Por mais tentador que pareça o convite para uma viagem, prefiro escolher apenas aquelas que estarei em boa companhia. Sim, ter um mala por perto estraga tudo!

90) Alguns dos destinos brasileiros que visitei ultimamente, como Jalapão, Caraíva e a Praia da Pipa, estão entre os lugares que mais gostei de conhecer em todo o mundo.

Lua crescente logo após o sol se pôr.
Lua crescente logo após o sol se pôr / Caraíva.

91) É um prazer sempre que recebo uma mensagem dizendo que de alguma forma minha história motivou os planos de viagem de alguém. É essa satisfação que me motiva a seguir com o blog.

92) Já ouvi alguns amigos dizerem que não entendem como aguentei tanto tempo viajando. Acho que a grande maioria das pessoas não suportaria mais do que um mês.

93) Não consigo gostar do frio. Acho que nunca pagarei para viajar para algum destino de inverno. Claro, até que me provem o contrário!

94) Ai ai, sempre bate aquela eterna saudades dos amigos de viagem.

95) Virei referência entre conhecidos, amigos e família…adoro dar dicas e foi por isso mesmo que criei o blog. Porém, os agentes de viagem fazem um trabalho muito melhor que o meu 😉

96) Agora falta pouco para satisfazer meus desejos de viagem. Preciso só de uma volta ao mundo de bike, outra de carro e finalmente cruzando os oceanos num veleirão.

97) Pode ser apenas uma viagem durante o final de semana, mas ainda fico com frio na barriga de ansiedade para ela começar.

98) De uma coisa já sabia, mas escrevendo esse artigo percebi que realmente a volta ao mundo sempre fará parte de mim.

99) Tomará que eu consiga tirar do papel minha próxima grande viagem, o mais breve possível.

100) Querida Volta ao Mundo, foi uma prazer conhecê-la.

 

Se identificou com meus pensamentos?

Quando criei o projeto viagem de volta ao mundo em 365 posts sabia que a viagem seria o estalo para transformar toda a minha vida. Ainda não tive a noção exata da dimensão de tudo, mas já consigo ter uma boa ideia de como funciona a rotina de um viajante. Este é o 343º artigo, veja também outras curiosidades sobre a viagem:


Fazendo sua reserva através dos links parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, VOCÊ NÃO PAGA TAXAS EXTRAS, e dessa forma monetizamos nosso trabalho. Se houver dúvida, leia as políticas do blog, ou deixe um comentário.

Planeje sua viagem => Dicas para encontrar melhores ofertas no Booking.com

Aluguel de Carros | Passagens Aéreas | Passeios e Tours | Seguro de Viagem


Pesquisando sobre período sabático? Ainda tem dúvidas? Gostaria de compartilhar suas histórias?

Deixe seu comentário abaixo!!!

Até + !!!

Vai viajar? Comece a planejar sua viagem!

seguro viagem

Nunca se esqueça do Seguro Viagem! Além de ser obrigatório para entrar nos países da Europa, é essencial a contratação caso você tenha viagem marcada para qualquer lugar do mundo. Veja como o seguro me salvou na Alemanha, quando precisei de internação devido a uma infecção alimentar. Também precisei usar meu seguro viagem nos Estados Unidos, logo quando estava curtido uma das ilhas do Hawaii…acabei economizando R$ 2.000,00. Sem contar que auxilia quando há extravio de bagagem ou qualquer outro imprevisto. Utilize o comparador da Seguros Promo, que faz a pesquisa entre as melhores seguradoras para você economizar tempo e dinheiro. Por serem parceiros do blog, nós recebemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Ao contrário, leitores do blog ganham 5% de desconto usando o cupom QUEROVIAJARMAIS5. O pagamento pode ser feito em até 12 x no cartão, ou com + 5% off no boleto bancário!

celular no exterior

Saia do Brasil com internet 4G (Confira o comparativo entre os chips)

reserva de carros

Compare os melhores preços para alugar um carro na Rent Cars => Saiba mais

Cadastre seu email para receber nossas atualizações!

Sobre Guilherme Tetamanti

Paulistano de 35 anos e muita história pra contar. Amo e odeio a selva de pedra, e por isso faço de tudo pra viajar. Sou empresário, administrador de empresas e criador de algumas lojas virtuais. Vendi tudo em 2011 para realizar o sonho de fazer uma viagem de volta ao mundo e praticar fotografia, uma de minhas paixões. Sempre fugi das aulas de redação, mas a vontade de viajar, fazer novas amizades e compartilhar minhas andanças, me motivaram a criar o Quero Viajar Mais.

Confira Também

Como levar dinheiro ao exterior?

Dinheiro em viagem internacional: espécie, crédito ou cartão pré-pago?

Se tem um fator que todo mundo tem dúvida na hora de planejar uma viagem, …

85 Comentários

  1. Danielle Domingos

    Oi Guilherme! Adorei o blog. Parabéns pelos textos e obrigada por compartilhar suas experiências 😉

  2. Nossa, que incrível!! Admiro muito pessoas como vc, que largam tudo e embarcam assim no desconhecido. Também AMO viajar – sozinha – e estou planejando minhas próximas férias com muito carinho (embora ainda não saiba de onde tirar toda a grana, rsrs)… mas enfim… a pior parte é que realmente quase ninguém tem paciência pra ouvir as muuuuuitas histórias que a gente tem pra contar depois, né, rsrs. Descobri seu blog ontem e já to vendo que vai me ajudar demais, porque não consigo parar de ler os posts!!! Abraços!

    • Oi Jaque,

      Pooo que legal, adoro quando alguém encontra e comenta nesses posts da volta ao mundo. Eu meio que larguei tudo com algum planejamento, fiz o blog, trabalhei durante a viagem, mas foi realmente ir de encontro ao desconhecido. Mudou minha vida em todas as maneiras, hoje até virou profissão kkkkk

      Tomara que o blog siga te incentivando a viajar mais 🙂

      Abraços e obrigado pela visita

  3. Edson Caeiro

    ola Guilherme, parabéns pelo blog e pela iniciativa de viver para viajar e viajar para viver!
    Com suas dicas consegui descobrir melhor a “Africa do Sul” que até então não tinha vontade de visitar, mas depois de suas dicas; descobri e vou planejar uma viagem.
    abraço !

  4. Caraca Guilherme, você não tem IDÉIA como eu me identifiquei com voce. Quando voce disse que o assunto não é turismo e voce fica se sentindo um peixe fora da agua, eu percebi na hora que voce pensa igual a mim! Muito bom saber que tem pessoas que são tao viciadas em viagem asssim, qualquer assunto meu acaba em turismo tambem! Sou de SP e estou partindo para a trip dos meus sonhos em janeiro do ano que vem com passagem só de ida para Tailandia! Estou criando um site/blog também e com certeza voce me incentivou demais! Eu estou com um frio na barriga toda hora que penso que vou embarcar para o desconhecido. Mas agora lendo seu post eu fico muito mais confortavel. Tenho 21 anos de idade e tenho certeza que essa será uma das melhores experiencias da minha vida! Muito obrigado por compartilhar tudo isso com a gente! Quem sabe não marcamos um breja em algum bar novo por aí? Com certeza tenho muita coisa para perguntar e voce para me aconselhar! Abracos e sucesso meu parceiro!

    • Oi Caio,

      Fico feliz que o artigo tenha te incentivado de alguma forma. Sei bem como é essa ansiedade antes de uma trip tão maluca hehehe. Fico assim só de pensar na possibilidade de uma próxima volta ao mundo!!

      Aproveite o momento, é realmente único na vida!

      Bora sim marcar a breja.

      Abraços e boa viagem

  5. ANDRESSA BERTO

    Guilherme…Adorei seu post e estou lendo todo seu blog!!!
    Inspirador seria a palavra certa!!! Estou na fase de planejamento da minha viagem também. Sou agente de viagens e desde que me conheço por gente, viajo (sozinha, com familia ou com amigos). No ano passado me preparava para passar uma temporada nos EUA, quando descobri um câncer e o tempo foi meu melhor aliado nesse período de tratamento. Agora as coisas estão bem e retomo meus planos, mas dessa vez optei por começar pela Europa.
    Obrigada….

    • Oi Andressa,

      Poxa, você não sabe como é bom receber um comentário desses 🙂 É o real motivo que leva um blogueiro a seguir escrevendo!

      Fico feliz que esteja melhor e batalhando por realizar esse sonho. Volte aqui para contar quando tudo estiver certo!

      Abraços, eu que agradeço.

  6. Carla Susana Ribeiro da Silva

    Compartilho de TODOS esses pensamentos… Todos passam pela minha cabeça desde que voltei, há um mês, de um intercâmbio social na Colômbia… Que experiência incrível, que país encantador, indico fortemente um roteiro pelo “Eje Cafetero”!! Fazer uma viagem como essa sempre foi um sonho e depois que parti para realizá-lo e diante de tantas coisas que vi e vivi, a sensação que dá é de que nada é impossível se a gente acredita e se dedica para isso!!

    A nostalgia bate e a vontade que dá é de fazer as malas e viajar novamente…

    E já estou planejando a próxima: Guatemala!

    Parabéns pelo site!!! Me senti muito identificada e acolhida nos meus anseios! Ps.: encontrei esse site em um desses momentos de nostalgia em que pelo menos ler sobre o assunto já é bem prazeroso, uma vez que “money que é good nós não have” para sair por aí!

    • Oi Carla,

      Sou apaixonado por esse post, exatamente porque consigo me conectar com pessoas que agora sentem algo que vivi no passado, mas ainda assim surge quando volto de alguma viagem 🙂

      O jeito é não parar kkkk

      Obrigado pelo comentário

  7. Amei e me identifiquei com a maioria dos pensamentos. Confesso alguns inveja pela coragem de abdicar de tudo e bater perna pelo mundo. Sou portuguesa e tb eu una viciada em viagens. O que mais gosto na vida é planear as minhas viagens e ajudar os outros a planearem as deles. Ainda não tive coragem de deixar o trabalho, mas depois de ler este post, é um passo que está cada vez mais perto… Boas viagens e continue a inspirar ?

    • Oi Catarina,

      É realmente um grande passo largar um emprego formal para começar um período sabático, mas também é sensacional, uma mudança de vida.

      Fico feliz que meus textos sirvam de inspiração e torço muito para que você consiga realizar seus sonhos de viagem 🙂

      Obrigado pela visita

  8. li todos os os 100, mas na metade chorei juro!, por que tenho tudo isso como um grande desejo, sonho que não sei se um dia irei realizar.
    Mais é emocionante se identificar com os sonhos de outras pessoas, eu trabalho com turismo, mais é difícil viajar e trabalhar e não sentir aquele encantamento pelos locais que tem um turista, trabalhando você nem percebe as belezas das paisagens!
    Espero que antes que eu chegue a idade da minha vó (92anos)rsrs eu tenha meu ano sabático!!!.
    Parabéns pelo blog e por botar em pratica o sonho!

    • Oi Camila,

      É muito legal saber que um artigo escrito há tanto tempo ainda desperta esse tipo de sentimento no leitor.

      Não dizem por aí que a vida é sem graça quando não sonhamos? Pois é, cada um tem seu tempo, oportunidades e você precisa abraçar a ideia com força e seguir em frente. Se o problema for grana, economize no salão de beleza, restaurantes, telefone. Só não deixe o sonho morrer 😉

      Obrigado pelas palavras, isso é um combustível para seguir com o blog!

      Abraços

  9. Parei no 66º pensamento e me recuso a continuar! Acredito fielmente que passo pelos mesmos dilemas que você. Também sou de SP, morei um ano na europa, visitei 24 países by myself e só tenho 23 anos, depois que voltei já fui ao Chile e 1 x por mês fujo daqui pra algum lugar no brasil. Sei bem como são essas coisas e conto os minutos pra minha próxima viagem! Se tudo der certo, desembarco na ásia no fim do ano pra outro mês por ai 🙂
    Também planejo antes dos 4.0 fazer uma volta ao mundo! tirando a europa, onde já passei um pouquinho! who knows? haha

    Adorei o post, vou continuar seguindo o blog! bjs

    • Oi Juliana,

      Poooo, com 23 eu não tinha saído do Brasil kkkk. Minha primeira viagem pra fora foi com 26, mas também não parei mais.

      Também queria ir pra Ásia no fim do ano, mas surgiu uma oportunidade na Grécia e ficarei 3 meses na Europa. Vai pra onde??

      Beijos e obrigado 🙂

  10. por que san diego e nao los angeles para estudar de graca

  11. Diana V Real

    Sim, me identifiquei com boa parte dos seus pensamentos nesse artigo. A minha dúvida e curiosidade, ficaram no item que vc menciona: “63) Aprendi a viajar com muito pouca bagagem e mesmo assim volto de viagens sem ter usado alguma roupa. Bom demais viajar mais leve, basta ter roupas fáceis de lavar e secar, além de equipamentos menores e mais práticos.”. Vi que tem um artigo de 2011 que fala de como organizar, mas seria legal mesmo saber que tipo de roupas e equipamentos vc tem como preferidos para te atenderem a todo momento. Para frio ou calor. E não tem problema dar apenas sua experiência como homem. Já serve de base para mim! Grata por todo seu tempo, dedicação e histórias, são inspiradoras mesmo. Tenho uma experiência no uso do AseanPass que não encontrei na internet, pretendo escrever sobre. Tem interesse em publicar?

  12. Guilherme, e
    Super, hiper e Mega bacana seu blog!!!
    Estarei viajando para Los Angeles, Vegas, Canyon e San Diego e estava aqui pelo google a procura de dicas em San Diego e achei seu blog.
    Por fim, li tudo sobre sua volta ao mundo que voce fez, quem sabe um dia terei coragem….rss!
    Mas enquanto isso agradeço por voce compartilhar suas aventuras de viagem!
    Parabens!

  13. Estou adorando ler seu blog, muito bom!

  14. Oiiii,
    Amei seu site, visito sempre.
    Voltei de uma viagem de dois meses e peguei um vírus.
    Esse vírus está se espalhando para o meu corpo inteiro
    “virús de mochileira viajante”.
    Isso quer dizer que logo vou partir para uma trip dessa
    que vc fez.
    Escreva, escreva, escreva, tô lendo, tô lendo, tô lendo.
    Beijos
    DANIELA

    • Hahahahaha,

      Gargalhando aqui Dani. Adorei o “tô lendo, tô lendo, tô lendo”.

      Realmente esse vírus é contagioso, ainda bem que é coisa boa!!!

      Beijo grande e obrigado 🙂

      • Gui, tem outro lugar que a gente possa bater papo?
        Tô cheiinha de perguntinhas, muitas dúvidas foram tiradas
        aqui, mas queria muito conversar.
        Me manda por email.
        bjs

  15. José Zanini

    Guilherme, li essa sua matéria “100 coisas que pensei DEPOIS que terminei minha volta ao mundo” e foi super prazeroso ver que você tem gostos e, ao saciá-los, cultivou conhecimentos semelhantes a muitos que eu sinto e cultivei.
    Conversar trocando idéias reflexivas é uma gostosa aula da vida, e ler você, Guilherme, é lapidar, e muito, esse maior sonho da minha vida: perceber, entender as lições da natureza, inclusive da natureza humana!!!!!!
    “Conheço” você há pouco tempo, e, quem sabe um dia cruzamo-nos pessoalmente em um de nossos berços preferíveis!!!!!

    • Oi José,

      Um prazer para mim é saber que consigo passar muitas das coisas que aprendi viajando. Melhor ainda receber um comentário bacana, me motiva bastante a escrever mais.

      Um grande abraço

  16. É a primeira vez que comento aqui, mas já acompanho o blog há algum tempo. Assim como vc, amo fotografia, viagens e por do sol, e foi assim que conheci o blog. Acabei de voltar do Sudeste Asiático e peguei muitas dicas nos seus posts, principalmente porque fui sozinha. E agora posso dizer que é mesmo mto mais fácil do que a gente pensa! Esse mundão é incrível!!!! 🙂

    Tive vontade de comentar pq fiquei bem menos tempo viajando que vc, mas me identifiquei com muitos pensamentos que vc enumerou! Por que a readaptação é tão difícil? Voltei semana passada e está sendo um tédio ficar em casa! Eu so penso em viajar de novo!!!!! Vicia mesmo isso… Rs
    Muito legal vc compartilhar suas experiências aqui. Vou continuar acompanhando, pra relembrar minha viagem e reunir informações pra próxima!!! Parabéns pelo seu trabalho e dedicação!!!! 🙂

    • Oi Paula,

      É sempre uma delícia quando alguém comenta quando volte de viagem…sinto sua empolgação kkkkk

      Porque é tão difícil??? Poderia dar dezenas de explicações…aliás, acabou de me dar ideia para um artigo :). Será que consigo encontrar 100 motivos???

      Obrigado por acompanhar, isso que me faz seguir com o blog!!!

      Abraços

  17. Caramba… que inspirador esse post! Viajar é mesmo a melhor coisa! E estou me preparando pra uma saída dessas. Vou aproveitar e ver as outras histórias que vc compartilha aqui! Obrigada por dividir com a gente tanta coisa boa! Abraços!:D

  18. Katia Cristina da Fonseca

    Por favor.. vocês podem me enviar todos os seus comentários, perguntas e sugestões que escrevem para o meu e-mail ???

    Quero muito planejar minha viagem pelo mundo e quero pensar em tudo e ter o maior conhecimento que puder.

    Desde já, agradeço.

    Grata.

    Katia.

    • Oi Katia,

      Já cadastrei seu email para receber os novos artigos, agora você só precisa confirmar a inscrição no email que receberá.

      Sobre os comentários no blog, você consegue receber essas respostas apenas nos artigos que comentar, da mesma forma que está recebendo essa resposta agora.

      Fico muito feliz que você queira receber tudo 🙂 É a primeira vez que acontece aqui no blog!!!

      Obrigado

  19. Amo viajar e ter alguém que compartilhe do mesmo prazer não tem preço. Adoro planejar nos mínimos detalhes cada dia da viagem. Quando termino, mesmo antes de fazer a viagem planejada já começo a pensar na próxima hahaha meu marido diz que sou louca, mas é mais forte que eu. Não ficarmos 1 mês sequer em casa, nem que seja pra viajar bem “ali” …

  20. Li cada tópico praticamente duas vezes.. e parece que já tinha cada um na minha cabeça. Mesmo assim, tive que parar para controlar a emoção.. A voz na minha cabeça que falava até baixinho passou a gritar que tá na hora 😀 Obrigado demais por escrever cada impressão.. engraçado que nas ultimas 5 eu li de baixo pra cima, pois nao queria que acabassem.
    Já tinha visitado várias vezes a página, mas só agora vi que a somos parecidos e isso me deixa honrado (e esperançoso que vou conseguir minha volta ao mundo também) eu só fiquei com ciúme quando você falou de Pipa.. ali é meu e ninguém toca. hahaha Muito obrigado mesmo.. Muito sucesso e muitas milhas pela frente!

    • Hahahah, que legal Elton,

      Talvez por isso o post tenha feito sucesso, os viajantes pensam parecido.

      Eu que agradeço por você ter compartilhado sua experiência lendo o artigo, é importante demais para qualquer blogueiro.

      Pela sua empolgação, certeza que sua volta ao mundo chegará!!

      Valeu, grande abraço

  21. Ler o que você escreveu me deu um alivio… me sinto com a alma dividida em amar estar aqui e tudo que é de lá… dos temperos, pessoas , e lugares que eu conheci e que sinto tanta falta.
    Bom saber que existem pessoas que sabem no que nos transformamos quando o bichinho da viajem nos pica.

    um abraço

  22. Ímpossível não ter motivação ao ler essas postagens, parabéns pelo blog.

  23. Reginaldo Tech

    Olá meu amigo!
    Acabei de ler este seu post, e realmente são coisas pelo que estou passando, kkkk
    Faz 5 meses que eu e minha esposa retornamos de nossa volta ao mundo, e realmente esta muito difícil a nova adaptação a vida normal, voltar a rotina noooossa como é dificil kkkk.
    A vontade que temos é de largar tudo novamente e sair por ai,mas infelizmente temos nossas obrigações e $$$$ é curto kkkk.
    Mas já estamos pensando em outras viagens!!! Em fim o vicio da viagem realmente esta empreguinado em nosso sangue.
    Pensei que depois desta viagem eu iria acalmar, mas pelo contrário, hoje vejo o quanto ainda preciso aprender e conhecer!!!
    E o tempo todo fico me questionando a vida que levamos aqui em SP, se isso pode ser chamado de vida, hj sei o quanto mudei internamente, e vivo em uma luta constante, mas em fim agradeço todos os dias a Deus por nos ter proporcionado a esta experi6encia.
    Cara quando der, vamos marcar de nos encontrar para tomar umas e outras e jogar conversa fora.
    Um forte abraço.

    • Fala Reginaldo,

      Bem isso o que você falou…mesmo com esse desconforto que bate na volta, ter a chance de viver uma experiência dessa é mesmo para agradecer.

      Me adiciona no face e marcamos sim uma breja…sempre tem encontros de viajantes.

      Valeu, abração

  24. Thiago Mourthé

    Engraçado como você consegue passar toda a empolgação e emoção de ser um viajante viciado! Ainda não fiz uma volta ao mundo mas esse excelente post só me animou, além de me fazer perceber que sim, ñ sou o único que vive em função da próxima viagem! Assim como eu, percebi que vc vibra ao programar a nova viagem, a próxima oportunidade de quebrar a rotina: seja numa volta ao mundo, seja num bate volta de alguns dias! Obrigado pelo ótimo blog! Um abraço!!!

    • Ae Thiago,

      Cada comentário que recebo me dizendo que consigo transmitir o quanto gosto de viajar, me motiva a escrever mais. Sou viciado mesmo e quando não estou numa viagem maior, fico decepcionado quando não posso viajar num final de semana. Como você disse, sempre busco alguma maneira de quebrar a rotina.

      Eu que te agradeço por ler e participar do blog!!!

      Abração

  25. Guilherme, muito obrigado pelo post! Em maio, completamos um ano de retorno ao Brasil, após uma viagem de volta ao mundo. Ainda não consegui me readaptar 100%, mas lendo seu post percebi que não sou o único a enfrentar este desafio. O que aprendi é que o esforço para voltar a rotina é gigante e os resultados, inesperados. A verdade é que mudamos meu amigo. Não foram as pessoas ou ambiente que sofreram mutação não, fomos nós. A parte boa da história é saber que podemos contar com outros viajantes como voce para compartilhar esta incrível experiência. Um grande abraço , Daniel

    • Oi Daniel,

      Sempre bom saber que um artigo chegou em alguém que passou pela mesma experiência 🙂

      Mudamos muito sim, afinal são tantos novos olhares que seria impossível continuar com os mesmos pontos de vista…isso é uma das coisas mais bonitas de poder viajar por tanto tempo.

      A maior alegria que tenho com o blog é exatamente o que você comentou, poder contar com a amizade de outros viajantes…gente que me entende hehehe

      Obrigado pela visita, vou fuçar seu blog!!! Grande abraço

  26. Muito legal Guilherme! Compartilho de vários pensamentos destes, queria discutir cada um, mas acho que o comentário ia ficar meio grande, melhor deixar para uma mesa de bar. Amo viajar e estou sempre pensando na próxima viagem, mas é bom ter onde colocar todas as lembranças, estou curtindo esta fase agora. Como gaúcha minha contribuição é: frio tem belezas singulares! Alasca e Antártida são sonhos de viagem. Os trekkings na Patagônia são ainda as minhas melhores recordações. 😉 Pense nisso!! Beijos

    • Oi Carol,

      Sonho também em conhecer esses lugares de frio, mas eu sofro hahahaha. Quero muito fazer a Patagônia, Antártida, Canadá, Islândia, Noruega, Suécia, Finlândia…tantos destinos. Preciso me preparar muito bem!!!

      Valeum, beijos 🙂

  27. oi guilherme,amo viajar,é o que mais me encanta.
    gostaria de saber qual seu blog para poder le-lo.
    entrei aqui casualmente procurando informaçoes sobre o hawai e quero saber muito mais
    um abraço

  28. Maria Cecilia

    Olaaa!! Adorei seu blog!!
    Estava lendo mil posts diferentes!! Morro de vontade de fazer uma RTW! To na fase de planejamento, principalmente financeiro. Lendo seu blog me deu mais vontade de ir!!!
    Beijos

    • Oiee,

      Sempre bom saber que esse trabalhão que tenho com o blog incentiva outras pessoas 🙂

      Tem que planejar mesmo, deixar de gastar com tudo o que é desnecessário!! Dê sempre notícias para saber quando você embarca!

      Beijos

  29. Guilherme Lages

    Salve, xará!

    Só posso dizer que depois que tomei a decisão de partir para uma RTW, seu blog e suas histórias foram e são uma grande fonte de inspiração para a minha jornada que irá se iniciar agora no dia 14/05.

    Muitas dicas valiosas obtive aqui em seu espaço e espero que eu possa ajudar e inspirar tantas pessoas como você faz.

    Forte abraço!

    • Fala brother!!!

      Que massa saber disso. Boa viagem, boa sorte, boas vibrações!!! Qual o roteiro, quanto tempo de viagem??

      Abração

      • Guilherme Lages

        Cara, to saindo agora dia 14/05.
        A ideia é 1 ano de trip.

        O roteiro base é esse:

        CAMINHO DE SANTIAGO DE COMPOSTELA
        PORTUGAL
        ESPANHA
        IRLANDA
        ESCÓCIA
        INGLATERRA
        HOLANDA
        TURQUIA
        REPUBLICA TCHECA
        CROÁCIA
        EGITO
        TANZÂNIA
        TAILÂNDIA
        LAOS
        CAMBOJA
        VITENÃ
        INDONÉSIA
        NOVA ZELÂNDIA
        FIJI
        HAVAÍ
        PERU
        BOLÍVIA
        CHILE
        URUGUAI
        ARGENTINA

        Vamos ver o que o caminho nos reserva e isso pode ir mudando hehehehe

        • Nossa que inveja, kkkkkkkkkk
          Depois conta tudo, kekekeke

        • Demais seu roteiro Guilherme, de verdade uma volta ao mundo.

          Seria demais se pudesse escrever sobre a viagem aqui no blog!!! Vai publicar em algum lugar? Face, Instagram? Deixe seus contatos.

          Boa viagem, aproveite!

          • Guilherme Lages

            Cara, eu to criando uma página no face pra isso.
            Instagram será o meu pessoal mesmo que vai jogar as fotos para a fanpage do Facebook também.

            Eu ia fazer um blog, mas não tive tempo hábil para estruturar um (sou analista de sistemas, casa de ferreiro espeto de pau hahaha).

            Mas de repente se for possível poderia sim escrever em seu blog.

            Me manda um e-mail certinho sobre isso que podemos ver 🙂

            Obrigado e abraços

          • Passa aqui o Insta e Fanpage.

            Abs

  30. Guilherme, suas postagens definem bem o que sinto quando viajo…bacana vc compartilhar todos esses momentos incríveis da sua volta ao mundo.

    Passei por alguns países (20 países) a trabalho e todos os dias depois que voltei lembro de muitos momentos que vivi e morro de saudades…

    Incrível como viajar se torna um vício… e depois que nos abrimos para o mundo, conseguimos ter a percepiçao do que realmente vale a pena nessa vida, em meio tantas dificuldades do nosso cotidiano.

    Parabéns pelo blog e virei sua fá pela coragem de ter aberto mão de tantas coisas em busca de um sonho que com certeza valeu muito a pena…um grande abraço, Ana Claudia

    • Oi Ana,

      Ainda bem que consigo escrever de uma maneira que o leitor se identifique e embarque junto no que pensei. Ainda mais com um vício tão bom 🙂

      Obrigado pelas palavras. Espero que sempre poste artigos que te agradem!!

      Beijos

  31. Lígia da Hora

    Ola Guilherme…

    compartilho de cada uma das frases , mesmo nao tendo feito a volta ao mundo…..

    Sou engenheira, e tbm faço tudo p fugir da selva de pedra e conhecer lugares, culturas e pessoass…..

    a minha motivação maior para trabalhar, eh juntar dnheiro para as proximas ferias!

    Viagem = melhor investimento!!!

    Aloha!

  32. Invejável a sua experiência e um sonho meu que espero um dia realizar. Parabéns e continue realizando seus sonhos e despertando outros em nos , leitores.

  33. Oi, Guilherme
    Eu já estava com saudades de suas post. hehehehe
    Acabei de vir de SP, fui tirar o Visto, heheheh, adivinha pra quê??
    E aproveitando para dar um rolezinho, conhecer a tão famosa Av. da Liberdade. Parecia que eu estava no Japão,China, menos no Brasil, hehehehe.
    Enfim, lendo um pouco mais sobre sua volta ao mundo…sei que tenho que ir…
    Abs.
    Tania

  34. Muiiito bom Guilherme! Curioso de saber o que vou sentir no regresso da minha volta ao mundo! Entretanto, vou partilhar este artigo pelos meus leitores! Abraço!

  35. E ai Guilherme, blz?

    Achei seu blog através da publicação de ontem no site UOL, e to curtindo muito teu blog.

    Vai demorar um pouco para eu lê-lo todo, mas terei imenso prazer em fazê-lo!

    Sou Goiano, conheço algumas regiões do Brasil e, recentemente resolvi
    largar Goiânia e partir rumo a Floripa, cidade que jamais tinha sequer ido antes. E cá estou, feliz da vida. Fazem três meses já que estou aqui. Estou quase voltando para minha cidade, vim só ficar uns meses mesmo. Eu nunca tinha mudado de cidade e está sendo uma experiência maravilhosa!

    Com certeza seus textos vão me inspirar mais ainda quem sabe a fazer um mochilão por ai, coisa que ainda não fiz,e além do mais você escreve muito bem, jeito envolvente!

    Vou continuar lendo! Espero que você sempre poste coisas novas, ou o que vier à sua cabeça, mesmo que você não esteja em viagem!

    Sucesso brother! :]

    • Fala Juliano,

      Legal que achou pelo UOL, a repercussão tem sido ótima.

      Você foi logo escolher uma das cidades que mais gosto no mundo, também já passei bons meses por aí!! Quem sabe um dia fico de vez!!

      Sobre o blog, agradeço suas palavras e fico feliz em saber que te motivo de alguma forma. Isso ae, encare mesmo um mochilão!!

      Valeu brother, grande abraço

  36. Gui, dos amigos de viagem (11) foi um prazer te conhecer! Não sabia que você tinha visto plâncton luminoso (30) no Camboja, morri de inveja!!! rsrs Também não sabia que quer escrever um livro (78).. Achei um máximo e super apoio, você escreve muito bem! Pra não dizer que não sabia de nada, eu sempre soube que quer ter um hostel no litoral (24) e compartilho da mesmo vontade, embora ainda não tenha decido se quero um hostel, pousada ou camping. hehehe

    Como sempre, ótimo post!

    Enquanto espera suas próximas viagens, sorria (58) pelo simples fato de poder sonhar e realizar.

    Beijo grande!

  37. Boa, Gui! Adorei o post, com alguns itens em especial..
    Ah, e quando bater essa saudade do Pad Thai, me avisa que, modestia a parte, eu faço um bem bom, e vendem todos os ingredientes na Liberdade! 😉
    Beijos

  38. Fernanda - AL

    84) Não há nada que me motive mais do que alguém participando e comentando no blog.

    100 FRASES eu não teria lido se não fosse tão inspirador. Toda vez que leio esse blog me desconecto de tudo, como se nós tentássemos ter a mesma sensação que você teve em todos esses lugares lendo suas postagens. Parabéns Guilherme! Abração 🙂

    • Oi Fernanda,

      Que bom ler isso!!!

      Demorei uns 10 dias para escrever esse post, foi bem difícil pensar em tudo, mas fico feliz com o retorno. Saber que por alguns minutos consigo transportar alguém para outro lugar, é legal demais.

      Obrigado, beijos

  39. Eu entro aqui todos os dias e hoje fiquei muito feliz por ver a postagem nova. Já que no item 84 você escreveu que gosta quando comentam, eis o meu comentário simples, porém cheio de <3

  40. Barbara Hasse

    O melhor, dos melhores! É lindo ver a tua inspiração ao escrever sobre a volta ao mundo e ver como ela te trouxe o enorme conhecimento que tu tens hoje. Se as pessoas soubessem o que a viagem faz com elas acredito que todos seriam muito mais felizes, menos consumistas com certeza, mas muito mais felizes (as lojas que me perdoem! hahaha). O teu blog faz com que as pessoas queiram sentir exatamente o que tu sente e elas sempre irão querer, se depender do teu blog e das tuas palavras. Como sempre, um excelente post. Obrigada por compartilhar tuas experiências, é de uma riqueza sem fim.
    beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *